1. Spirit Fanfics >
  2. VOCÊ (Imagine Park Jimin) >
  3. O N E

História VOCÊ (Imagine Park Jimin) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


E aí moranguinhos belezinha??

Hoje eu vim de primeiro capítulo do imagine. Espero que gostem bastante!!

Me desculpem qualquer erro!!

Música do capítulo: Calvin Harris: Feel So Close.

Capítulo 2 - O N E


Fanfic / Fanfiction VOCÊ (Imagine Park Jimin) - Capítulo 2 - O N E

High School University Seul (HSUS) - 12h30 AM

– Você já parou pra pensar que daqui a exatos quatro meses nos formamos? - Bae-Hana, minha melhor amiga, pergunta.

Nós duas estavamos sentadas em baixo de uma árvore comendo vim lanche antes de irmos pra casa.

– Na verdade não, eu ando tão parada no tempo que nem sei que dia da semana estamos! - sorrio e dou uma mordida em meu almoço. Hana parece ficar horrorizada com minhas palavras.

– Como S/N? O que mais se fala nesse colégio nos últimos dias são sobre a formatura e o baile! - reviro os olhos com seu drama típico - Tenho certeza que nem seu vestido você viu!

– E quem disse que eu vou? - pergunto arqueando uma sobrancelha.

– Ah não, nem vem. Eu aceito que você não queira sair comigo e os amigos do meu namorado, agora, dizer que você não vai ao baile? - ela nega com a cabeça - Não, eu não caio nessa. Você vai e não se fala mais nisso!

Suspiro fundo e começo a observar a entrada da escola. Não adianta discutir isso com Hana, ela é uma pessoa persistente de mais e sempre consegue o que quer.

– Olha, depois resolvemos isso tudo bem? - olha pra ela - Temos bastante tempo até lá, posso mudar de ideia alguma hora. Esqueceu que eu sou indecisa e sempre faço as escolhas de última hora?

– Vou acreditar em você… Mas não pense que irei desistir de te comverser!

Sorrio com seu geito falar. 

Me mudei para Seul, fazem exatos sete anos, conheci Hana dois anos depois que cheguei aqui. Ela foi a única pessoa que se aproximou de mim, já que naquela época estrangeiros não eram muito bem vistos mas graças a Deus hoje em dia eles nem ligam mais pra nós.

– Queria tanto que você fosse a uma das corridas comigo. - ela faz um bico e olha pra mim - Não entendo porquê se nega tanto a ir!

– Apenas não e minha praia! - dou de ombros e desvio de dei olhar. Se ela soubesse…

– Praticamente sua família inteira mexe com carros e você não. Não entendo isso!

Dou um sorriso fechado - Nem sempre é bom entender as coisas!

Aqui na Coréia não e muito bem visto uma milher mecher com carros. Hana diz isso pois minha família e brasileira, eles não estão aqui pra sofrer algum tipo de preconceito. As pessoas podem ser bem más quando querem.

De repente sinto um cutucão em meu braço vindo de Hana, quando olho pra ela, a vejo apontar com a cabeça em alguma direção.

Olho pra frente e vejo Kim Jennie vindo em nossa direção com seus saltos vermelhos.

Estudo com Jennie a dois anos. Ela é considerada a garota mais bonita da escola junto de sua amiga Jisso. Acho quê vocês conhecem a velha história da garota popular e mesquinha, pois é, Kim Jennie não é nada disso, na verdade e uma grande amiga e ouvinte. Jisso também não fica pra trás, tem um coração enorme. Adoro elas.

– E aí Kim! - sorrio a cumprimentando. Ela solta um risadinha.

– Aconteceu alguma coisa Jennie? - Hana pergunta vendo ela se sentar no gramado a nossa frente.

– Então meninas, como faz duas semanas que nossas queridas aulas voltaram. Eu tava pensando em dar uma festa na minha casa. - ela sorri empolgada - Na verdade a Nosso teve a ideia e eu concordei.

– Quando vai ser? - Gaba pergunta interessada.

Revirei os olhos e voltando a comer os últimos pedaços do meu lanche. Não gosto ir em festas, então só prestei atenção na conversa das duas.

– Hoje noite! - ela estende um cartão da mão entrega para Hana - O convite de vocês duas estão aí dentro.

– Eu topo! - Hana responde sem demora - Nós estaremos lá hoje a noite.

Olho pra Hana brava.

– Espero ver vocês lá então meninas! - Jennie se levanta - Ah, Hana, eu convidei seu namorado e a turma dele!

– Nossa, sério? - pergunta confusa - Você os conheçe?

– Na verdade a Jisso conheçe o Taehyung! - ela sorri maliciosa - Ela tá ficando com ele e como eu sabia que seu namorado era amigo dele , os convidei.

– Ok, até a noite! - Hana acena.

– Até garotas!

Ela pisca e sai pelo gramado verde. Olho de volta pra Hana e procura de respostas.

– Eu não vou e nessa festa, nem adianta tentar!

Digo séria. Ela não vai conseguir me levar.

– É o quê veremos!


(…)


Gangnam - Seul (21h45 PM)

Olho para a grande casa a minha frente.

Realmente, não foi uma boa idéia vir aqui.

Hana discutiu a tarde toda comigo pra mim vir a festa da Jennie. Ela queria apresentar seu namorado pra mim, acho que eu era a única na escola toda que nunca tinha ouvido nem visto seu namorado. Infelizmente não tive muitas opções, minha mãe e meu pai praticamente me expulsaram de casa pra vir aqui. Eles concordam com a Hana por eu não ser uma adolescente normal.

Olhando agora para casa eu penso o quão essa ideia pode ser ruim. As festas na casa da Jennie são consideradas as mais divertidas, mas se "divertidas" são o novo termo para "drogados e bêbados", então prefiro meus estudos.

Era a primeira vez que ia a uma das festas dela, eu normalmente ficava em casa lendo ou estava na oficina junto do meu pai. De fato a cada era uma mansão enorme.

O gramado estava lotado por pessoa bebendas que dançavam ao som de Calvin Harris, na verdade aquilo era mais um sexo ao vivo do que uma dança.

Não tinham tantos estrangeiros, apenas dois que pude ver entre o grupo de pessoas. Um parecia ser alemão, ele era loiro e tinha olhos claros, o outro que estava ao seu lado tinha a pele escura e dreads no cabelo. Ele pareciam ser bem amigos.

Me desligo dos dois estrangeiros e volto meu olhar pra Hana. Ela parece realmente animada por ter vindo.

– Não foi uma ideia boa ter vindo Hana! - a fito preocupada. Esses lugar não eram pra mim, estava na cara que aquele lugar não fazia parte do mundo que eu vivia. Eu gostava de consertar carros e ler livros, não drogas,bebidas e peguetes.

– Concordo com você, quer dizer olha essa roupa, desse jeito não vai pegar ninguém! - ela ri olhando pra mim.

– O que tem de errado com minha roupa? - pergunto sem entender. - Não vejo nada de errado com meu casaco e meu jeans, é tem mais, eu não pretendo pegar ninguém hoje.

Isso na verdade não vem de hoje, Hana sempre implica com as roupas que uso. Eu nunca fui de ter roupas curtas ou escandalosas, apenas conjuntos simples com cores escuras.

– Apenas acho que deveria se vestir melhor. - balança os ombros - Essas suas roupas não mostram sua beleza, na verdade parece uma gorda com essas roupas. - ela sorri e logo depois faz uma careta - Sabia que as vezes tenho a impressão que você é lésbica?

Solto uma gargalhada negando com a cabeça, Hana as vezes é sem noção.

– Vamos entrar logo... - pego em sei braço - Você nem bebeu ainda e já tá falando merda!

Ela ri e eu a puxo para entrar dentro da casa.

Conforme andávamos acabamos por chamar atenção de algumas pessoas. Os coreanos eram estranhos quando viam alguém diferente, é engraçado ver suas reações.

Logo que entramos pela porta. Logo de cara percebo algumas pessoas se pegando em alguns cantos da casa. Isso me faz lembrar um pouco o Brasil, mas desde quê cheguei aqui ouvi dizer que isso é falta de respeito. Talvez eles não ligarem pra isso.

– Olha, eles estão alí. - Hana diz um pouco alto pela música e aponta em uma direção.

Quando olho, vejo um grupo de pessoas jogando um jogo, haviam quatro caras e três garotas, acabei reconhecendo Jisso entre uma delas. Pelo menos alguém além de Hana eu conhecia, não séria tão estranho quando eu pensava.

Conforme nos aproximávamos, vi o jogo que jogavam. Tinha uma mesa quadrada no meio deles e alguns copos vermelhos por cima, conforme eles jogava o pedra, papel e tesoura, a pessoa que perdia bebia do líquido dentro do copo. Era a primeira vez que eu via esse jogo.

Assim que paramos perto deles, um dos garotos que também joga se aproxima de nós e da um abraço em Hana,quando menos espero vejo o garoto beijando Luna.

Fico um pouco confusa com isso mas logo me lembro.

O namorado...

Eles se separam ofegantes e ficam se olhando por um tempo. Hana parece ter se lembrando que estava alí e se vira pra mim segurando a do garoto.

Sua aparência e um tanto intrigante. Os cabelos pretos bagunçados, olhos escuros, alto e com músculos. Seu estilo e bem despojado, ele usa uma camiseta branca de manga curta,uma calça de couro e uma bota preta, os dois braço são cobertos por tatuagens coloridas. Bonito eu diria.

– S/N, esse é o Jeon Jungkook. - aponta pra ele - Jungkook essa é a S/N.

Dou um sorriso fechado - É aí!

– Então você e a S/N que tanto Hana fala! - ele parece surpreso ao me ver - Não sabia que era estrangeira.

– Sou brasileira.

Quando olho pra Hana vejo ela me dar um sorriso amarelo. Acho que ela esqueceu desse detalhe.

– Oh sim, um país muito bonito! - ele sorri. Seus dentes parecem igual a de um coelho, é fofo.

– Vamos, vou te mostrar o resto do pessoal.

Hana me puxa com a mão para o meio da roda deles. Quando me olham, parecem ficar confusos por me ver com Luna.

– Galera essa é a S/N! - sorri abertamente pra eles.

Me sinto um pouco sem graça perto deles. Todos são muito bonitos.

Um garoto de cabelos castanhos e um sorriso adorável acena pra mim.

– É um prazer S/N, sou Jung Hoseok, mas pode me chamar de Hope. - ele toma um o resto de sua bebida e coloca o copo na mesa - Esse aqui e o Yoongi. - abraça o garoto de cabelo verde ao seu lado - E esse é o Jin. - aponta para o outro garoto de cabelos castanhos.

Eles são realmente bonitos. Acho que os mais bonitos que vi até hoje.

– Pode me chamar de Suga! - o esverdeado diz. Ele tem a cara bem séria, mas parece tranquilo.

– Você e brasileira não é? - o acastanhado pergunta sorrindo.

– Sou, como percebeu? - pergunto achando estranho. Normalmente a primeira coisa que perguntam quando me vêem e se eu sou americana.

– Eu sou muito inteligente gatinha! - ele pisca pra mim.

De repente uma garota com cabelos loiros aparece fazendo uma cara feia pra Jin.

– Isso aí é mentira dele! - ela diz - Hana disse uma vez pra nós dois, ele só lembrou pelo sei nome. - ela se aproxima sorrindo e me abraça. - Prazer, meu nome e Roseanne Park, mas pode me chamar de Rosé.

– Prazer... - sorrio sem graça - Acho que todo mundo me conhece por aqui!

Eles soltam um risada e vejo os três garotos voltarem a jogar junto do namorado de Hana.

– S/N essa é Nina! - ela aponta para uma garota ao lado de Jisso. Dou um pequeno aceno pras duas.

A garota e bem bonita tem algumas tatuagem pelos braços e um vestido bem colado, mas não e muito vulgar. Rosé também tem um vestido parecido com o dela, mas ele e tem bastante brilho, ela tem duas tatuagens no braço. Acho que todo mundo tem um tatuagem pira aqui.

– Finalmente a gente tá te conhecendo! - Nina diz sorrindo - Hana sempre fala de você pra gente, mas nunca aparece com você!

– Não reclama, foi o maior sacrifício trazer ela hoje! - Hana responde fazendo um bico e sentando em uma cadeira ao seu lado.

– É a primeira vez que vejo ela em uma festa Nina! - escuto Jisso se pronunciar.

– Você não gosta de festa? - Rosé me pergunta e eu nego - Poisé, eu também não. Eu só venho por causa do meu irmão, ele não gosta de me deixar sozinha em casa.

– E ele tá certo!l. - Nina fala - Da última vez você quase botou fogo no apartamento de vocês querendo fritar um ovo.

Rio vendo Rosé revirar os olhos.

– É cadê ele Rosé? - Hana pergunta olhando pra ela - Ele nunca perde uma festa dessas!

– Ele saio agora de pouco com Taehyung, foram pegar mais bebidas já que o Hoseok perdeu e acabou com as doses. - Jisso diz e olha pra Hoseok.

Ele levanta as mãos em rendição.

– Na verdade ele perdeu no jogo! - Yoongi fala e vejo uma cara feia do mesmo.

– Em minha defesa vocês estão roubando faz muito tempo! - Hoseok tenta se defender.

– Assume que você é ruim de uma vez Hoseok. - o namorado de Hana diz fazendo todos rirem.

– Eu não sou ruim, apenas não tenho sorte!

– É não dá no mesmo? - Yoongi pergunta e as garotas caem na risada.

Logo as garotas começam a puxar assunto comigo querem me conhecer melhor. Rosé e Nina ficarão bem curiosa sobre minha nacionalidade, como Jisso e Hana já sabiam apenas acrescentavam algo sobre mim.

Era até engraçado. As pessoas que eu sempre falei mais na escola foram Hana, Jennie e Jisso, já o resto eu nunca me dei bem. E logo de cara eu tinha me indentificado com Rosé e Nina, as mesmas já me colocaram como amiga sem nem me conhecer.

Eu realmente sentia falta de pessoas acolhedoras como elas.

Nós passos mais de uma hora conversando sobre diversas coisas. Até o momento eu não tinha pegado nada pra beber, já começa a sentir minha garganta seca.

Dei um toque para as meninas, avisando que iria pegar algo pra beber. Jisso me ofereceu um copo de vodka mas fiz uma careta e disse que não bebia.

Me afastei do cômodo em que estávamos e comecei a procurar pela cozinha. Estava tentando passar pelas pessoas até que avisto Jennie conversando com um garota, resolvo me aproximarem e perguntar a onde ficava a cozinha, já que eu não estava achando.

– Jennie? - grito e pego em seu braço e ela vira pra mim. Parece surpresa ao me ver.

– E aí S/N, você veio mesmo. - sorri - Precisa de alguma coisa?

– Pode me dizer onde fica a cozinha? - dou um sorriso sem graça.

Elas assente e aponta me direção do lado de fora da casa.

– A cozinha fica na parte interna da casa. Meus pais e suas idéias malucas! - revira os olhos sorrindo.

– Entendi! - assinto - Obrigada, vou indo.

Ela assente e acena com a mão voltando a conversa com a garota.

Sigo pra fora da casa, quando chegar na parte de trás vejo uma piscina enormes com muita gente dentro, há também pessoa em volta dançando e bebendo. Mais para frente vejo uma porta de vidro e muitas pessoas saírem de lá com copos e bebidas mas mãos, sigo passando entre as pessoas até a cozinha.

Assim que entro, muitos pessoas se viram pra me olhar. Tento não ligar e vou até uma das geladeiras tentar achar uma garrafinha de água.

Não entendo porquê me olham tanto. A roupa não e tão feia assim.

Abro os um dos freezers e não acho nada, resolvo abrir a geladeira, mas também não tem nenhuma garrafinha.

– Tá procurando Água? - alguém atrás de mim pergunta.

Me viro rapidamente e vejo o estrangeiro loiro atrás de mim. Fico confusa com sua pergunta e ele repente.

– Água. Você já olhou em tudo e não achou nada, então eu deduzo que esteja a procura de água!

Sinto minhas bochechas ficarem quentes - Há sim, era água que eu procurava.

– Ainda quer ela? - ele pergunta novamente e fico confusa - A água?

– Sim… eu… quero água sim!

– Beleza, me segue. - ele se vira pra sair da cozinha.

Mas o que aconteceu comigo? Do nada fiquei desconfortável perto dele.

Começo a seguir ele e acobo por ver algumas garotas olharem pra ele. Provavelmente acharam ele bonito.

O garoto segue em direção de um moita e eu fico confusa.

Ele se abaixa e tira dali uma caixa de isopor, fico supresa quando vejo que lá dentro a várias garrafihas de água. Ele é preparando.

– Aqui. - se levanta e me entrega uma garrafa gelada e se abaixa guardando de volta na moita. Olho entre a garrafinha e ele.

– Obrigada é... - eu não sei seu nome. Ele abre um sorriso.

Nossa, ele é realmente bonito.

– Enzo. - ele diz - Enzo Santoro.

Ele parece ser um cara amigável.

– Prazer Enzo... - estendo minha mão ele aperta - Sou S/N.

– Prazer é todo meu. - pisca pra mim - Então, o que veio fazer aqui?

Fico confusa com sua pergunta. O que pessoas fazem quando vem a festas?

Ele solta uma risada quando vê minha reação - Acho que você não vem muito em festas não é?

Solto um risa - Tá tão na cara assim?

– Não muito, quer dizer… - ele fica sem graça e nós acabamos por rir.

– Tudo bem entendi! - abro a garrafinha e tomo um gole grande. - Obrigada pela água, eu realmente tava precisando!

– De nada! - ele coloca as mãos no bolso e morde o lábio - Bom, eu vou indo, meus amigos devem estar se perguntando o porque da minha demora.

Sorrio pra ele - Tudo bem pôde ir, vou fica aqui e tomar um ar.

Ele assente com a cabeça e me olha de cima abaixo - Tudo bem. Até mais S/N….

– Até Enzo!

Ele dá uma última olhada e sai andando para entrar dentro da casa.

Tomo mais alguns goles de água vendo ele desaparecer entre as pessoas.

– Pelo menos simpático ele é! - Dou de ombros e fecho a garrafinha.

Olho em volta e pego meu celular pra ver a hora, vejo que já são onze horas. Passei tanto tempo conversando com as meninas e brincando com os garotos que nem vi o tempo passar.

Suspiro fundo e começo a andar para dentro da casa. Infelizmente eu tive que passar perto da piscina.

Não sei exatamente em que momento foi que aconteceu. Mas me empurrão.

Meu corpo foi literalmente jogado em direção da piscina. Escutei as pessoas gritarem em animação.

Quando eu caí no fundo senti a água e tratar pelo meu nariz e minha boca e rapidamente voltei pra cima tossindo.

Enxuguei meus olhos e tentei controlar minha respiração. Acho que tinha engolido mais água da piscina do que da garrafinha. Retomando os sentidos olhei pra cima pra ver quem me jogou.

– Você tá bem aí coração? - mas o que aconteceu. Coração??

 Olho pra cima e vejo... um garoto?

 Ele estava em pé na beira da piscina rindo enquanto me encarava. Senti a raiva crecer em mim.

– Foi você não foi? - digo irritada e vou em direção da escadinhas saindo de dentro da água.

Ando em direção do garoto que ainda está rindo.

– Desculpa aí coração, eu não tinha te visto. Foi mal...

– Não me chame de coração! - aponto o dedo em direção do seu rosto - E como assim não me vio? Eu passei praticamente ao seu lado babaca! - solto com raiva atraindo alguns olhares em nossa direção.

– Qual é coração é só água, não vai te matar não pode ficar tranquila... - ele ri mais uma ver. Se ele me chamar mais uma vez de coração eu chuto as bolas dele.

Rapidamente arregalo os olhos e coloco a mão no bolso que meu celular estava. Suspiro fundo controlando a raiva e pego ele, quando olho pra ele vejo ele completamente encharcado.

Olho fumante para o garoto a minha frente - Você vai me comprar outro celular!

– Não vou não. - ele nega e ri debochadamen.

– Claro que vai! Você que me empurrou, você que paga!

– Não fui eu que não olhei pra frente. - retruca.

Me aproximo mais dele. Sinto minha mão coçar pra bater na cara dele

– Ou você paga ou eu faço um boletim de ocorrência contra você!

Ele gargalha alto - A é? E depois, vai fazer o quê? - cruza os braços - Dizer pro policial que eu te afoguei na água?

Apena o encaro sentindo meu corpo esquentar.

O garoto é coreano. Ele tem os cabelo pretos e olhos escuros, suas roupas são totalmente pretas. Jeans, calça, camiseta e jaqueta de couro, em seu pescoço e sua mãos vejo alguns desenhos cobertos pela jaqueta.

Ele é muito bonito, na verdade bonito até de mais. Desgraçado.

Fecho os olhos rapidamente e respiro fundo retomando minha postura e abro meu melhor sorriso.

– Tudo bem, me desculpe, eu fui a culpa e não te vi no caminho! - dou um sorriso torto.

– Ainda bem que você sabe coração... - ele me encara de cima e da um sorriso de lado. Que sorriso foi esse?? - Você por acaso precisa de mais alguma coisa? Tá parada aí olhando pra mim. - ele sorri galeanteador - Se quiser uma foto e do falar coração, eu não mordo não... Só se você perdir claro!

Fico desacreditada quando ouço isso vindo dele. Esse cara acha que é quem?

Jogo a minha paciência para longe e antes que ele volte a falar abro a garrafinha de água e jogo sobre seu cabelo pretos. Sorrio vendo seu rosto se tornar vermelho de raiva.

Algumas pessoas olharem espantadas pra mim. O que foi? Não foi tão pior quanto quebrar meu celular.

– Isso é pelo meu celular..- digo e amaso a garrafa a jogo no sobre a piscina. - É isso, é por você ser um escroto de merda.

– Sua filha da puta! - quase vejo fumaça sair de seu nariz de raiva. - Você por acaso sabe quem eu.. - corto sua fala o empurrando pra dentro da piscina com toda minha força.

– Na verdade eu não, não sei quem é você... - sorrio sarcastica - E nem quero saber. Então uma dica, fiquei longe de mim.

Antes de sair dou um olhada em volta e precebo todos ainda nós encaran espantados. 

– O que foi? Perderam algo por aqui? - pergunta irritada. Eles rapidamente voltam a conversar fingindo que eu não estava alí.

Me dirijo em direção da porta  e antes de entrar na casa novamente escuto um grito completamente irritado mais ao fundo.

– ISSO VAI TER VOLTA!!

 Ele grita pra mim mas finjo que não e comigo e entro na casa me misturando entre as pessoas.

 Acho melhor ir embora, essa noite já foi de mais pra mim.


                          (...)


– É foi isso… - suspiro fundo e olhondo pra Hana, Jisoo e Jennie.

Nós tínhamos acabado de chegar na sala de aula mas o professor não tinha chegado ainda, então aproveitei o tempo que tínhamos pra contar com elas de ontem.

– Você falou com Enzo Santoro, você descutio com um cara gato e quebrou o celular? - Jisso pergunta resumindo minha história completa em poucas palavras.

– Meu Deus, você viveu mais em um dia do que nós seus últimos anos aqui! - Hana diz espantada.

Revirei os olhos bufando. - Fica quieta Hana!

– Pelo menos você deu o troco! - Jennie fala dando de ombros - Queria tanto ter visto, mas eu estava com a Lisa.

– Eu também queria ter visto! - Hana da risada - Fico imaginando a cara do garoto quando saio da água.

Hana e Jennie soltam uma risada. Apenas nego com a cabeça e olho pra Jisso que parece estar pensando em algo.

– O que foi Jisso, aconteceu alguma coisa? - pergunto preocupada e as garotas olham pra ela.

Ele pisca algumas vezes e finalmente olha pra nós - Há não… eu tava pensando em uma coisa apenas! - dá um curto sorriso.

Até questionaria,mas bem na hora o a professora de literatura chegou para a primeira aula. Então todas viramos pra frente prestando atenção na aula.

Eu realmente rezava internamente para não encontrar com aquele garoto de novo. Ele realmente deve ter ficado bravo, mas eu também fiquei e acabei agindo por impulso. 

Espero realmente que não nos escontremos mais.


Notas Finais


Bom, por hoje e só,vejo vocês no sábado beleza!

Enzo Santoro: https://pin.it/54eGHbk
Bae-Hana: https://pin.it/2POqQy0
Nina Brown: https://pin.it/4UQHuSa
Rosé: https://pin.it/104PMxD
Jennie: https://pin.it/6hnrQmF
Jisso: https://pin.it/6Af7knz
Jeon Jungkook:https://pin.it/3B6Qswe
Jung Hoseok:https://pin.it/317ehJs
Min Yoongi:https://pin.it/2e8VZeS
Kim SeokJin: https://pin.it/1AMgFBt

Comentem e comprsrtilhem com os coleguinhas.
Beijos e até a próxima morangos!! 💯🍓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...