História Você Me Amou - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Kai
Tags 2jong, Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Chen, Chenkai, Jongdae, Jongin, Kai, Kaichen, Mpreg
Visualizações 93
Palavras 1.908
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como prometi, ai está a outra parte..

Espero que gostem..

Boa leitura!!!!

Capítulo 9 - Oppa, nosso Joo está vivo!




Faltavam menos de vintes minutos para o começo da reunião com os futuros acionistas da minha empresa. Mas só de pensar que ele possa estar vivo a todos esses anos, sinto que meu coração não irá aguentar. Não estou com cabeça para essa reunião agora, sei que é algo muito importante para o crescimento do império que meus pais construíram a anos atrás, sei que tenho meu filho para poder me ajudar em cada detalhe dessa negociação, mas não sei se conseguirei liderar bem às coisas.


Já faz quase vinte seis anos que eu não o vejo, que eu não o sinto junto a mim. Já são quase vinte seis anos sem meu Joowon.



Parece que minha cabeça irá explodir por não saber como lidar com essa situação. Antes de partir junto com meu filho para a Austrália, eu e minha esposa decidimos que era melhor ela ficar para que resolvesse as coisas pendentes com o Hospital junto com os melhores advogados e detetives do país.


Estou me sentindo sem chão depois de saber pelo Dr. Woozi, que Joowon estava grávido antes de sofrer aquele acidente horrível. Mas pelo que ele nos informou, no local do acidente tinha apenas prova de apenas um corpo, e depois do exame de DNA que foi feito, descobriram que a vítima do acidente foi apenas o motorista da família da minha mulher.


A porcentagem de que Joowon esteja vivo é muito grande. E só de imaginar que tenho um filho junto com o amor da minha vida, fico sem palavras.



Tantos anos sem saber sobre a verdade. Vinte seis anos sem Joowon em nossas vidas.


- Senhor Park - ouço baterem na porta do meu escritório, provavelmente deve ser Mary. 


- Entre.


- Senhor, todos os acionistas o esperam na sala de reunião.


- Obrigado. Mary, meu filho já se encaminhou para lá.


- Sim senhor. O senhor Park Byun já está o esperando junto aos acionistas.


- Certo, já estou indo para lá.


- Com licença.




Me ajeitei o mais rápido possível, e aproveitei para poder tomar um pouco de água, pois minha garganta estava um pouco seca. Peguei todos os documentos que estavam em cima da minha mesa e fui em direção a porta.




Essa reunião seria longa.







-x-






Ter ficado tanto tempo longe do meu omma, e do Nini me fez ver o quão importante eles são para minha vida. Mesmo sendo apenas cinco dias longe de casa, foi o bastante para que eu pudesse perceber a importância que Jongin faz em minha vida. Agora tenho a certa absoluta de que o amo e muito.


Jongin foi a primeira pessoa que me fez sentir aquele sentimento de estar completo, ele foi o primeiro que gostou de mim pelo que sou. Mesmo tendo pequenas diferenças, Jongin coloriu ainda mais minha vida com suas cores vibrantes e alegres.


Meu coração sente que ele é a pessoa certa para me fazer feliz, e vou seguir cegamente o que ele diz.


Jongin foi feito para ser amado e cuidado como uma obra de arte muito rara. E eu irei fazer isso. O amarei com todas as minhas forças.


Eu estava muito ansioso para poder chegar em casa e matar a saudade que eu estava dos dois. Em uma das noites em que a festa rolava solta, conheci um casal muito divertido. Yifan e Kyungsoo eram casados a quase cinco anos já, e para a alegria do casal, Yifan sustentava uma linda barriga de sete meses, que carregava a pequena Hani, que logo, logo chegaria ao mundo para a felicidade dos dois. Fico me imaginando se algum dia irei formar uma família com o meu Nini.


Para a minha alegria, Yifan e Kyungsoo iriam embora da festa algumas horas antes do que  o pessoal da organização da festa. Como meu serviço já estava feito, e tudo já organizado em seu devido lugar, fui liberado pelo meu chefe para poder ir para casa antes do que os outros. Kyungsoo e Yifan me deram carona até minha cidade, e depois de os agradecer muito, e ambos terem deixado os números de contato, andei o mais rápido que pude para casa. Queria poder fazer uma surpresa para meu omma, e para o meu Nini que deveria estar dormindo em casa junto com o omma.



Depois de uma caminhada de uns trinta minutos cheguei em casa todo contente.



- Bom dia família!


- JONGDAE, MEU FILHO. QUE SAUDADES. - disse Joowon todo escandaloso depois de ter visto seu filho.


- Senti sua falta também omma. - disse enquanto o abraçava com toda a sua força. Não deixando de reparar no belo rapaz em que estava com seu omma.


- Venha cá, deixe-me te apresentar. Filho esse aqui é o Baekhyun, cunhado e melhor amigo do Nini, e Baek, esse é meu precioso filho Jongdae, namoradinho do nini. - apresentou um ao outro todo feliz.


- Muito prazer em te conhecer Baekhyun-ssi. - disse todo envergonhado depois de se curvar em respeito ao melhor amigo do seu namorado?!.


- A não precisa de tudo isso não, venha cá e me dê um abraço -  falou Baekhyun todo animado por estar conhecendo o famoso Jongdae, o homem que havia roubado o coraçãozinho do seu moreno sedução. - fico muito feliz que meu moreno tenha conhecido pessoas tão incríveis como vocês. Sou muito agradecido por isso. Muito obrigado mesmo, por ter feito meu menino sorrir novamente. - completou depois de ter o soltado de seus braços.


- Não tem o que agradecer, Jongin apareceu em nossas vidas para nos trazer alegria e muito amor. E se depender de mim, farei o impossível para o fazer a pessoa mais feliz desse mundo.


- Cara, amo vocês. - disse Baekhyun todo emocionado.






-x-






Já faz uns quarenta minutos que a reunião acabou, estou muito feliz que tenha dado tudo certo às negociações entre os novos sócios. Chanyeol me mostrou ser uma pessoa muito talentosa para os negócios, e isso impressionou tanto a mim quanto aos nossos novos parceiros.


Agora eu o via andando no meio da sala do apartamento do Hotel de um lado para o outro todo aflito e preocupado, pelo fato de que nem Baekhyun e nem Jongin atendia o telefone, nem parecia o homem todo sério que regia a reunião impecavelmente.


- Filho fique calmo, seu esposo e seu irmão estão bem. Você não lembra que seu irmão passou quase dois dias sem dar noticias por ele estar com os novos amigos dele. - disse Chanhyun tentando acalmar seu filho.


- Será appa.


- Tenho certeza, filho. Não se preocupe, se tivesse acontecido alguma coisa, Jongin já teria nos avisado.


- Mas tarde eu tento ligar para ele então. Eles não devem estar em casa. Me lembro de ouvir Baekhyun falando que iria explorar todo aquele lugar com o Kai.


- Então, não tem o porque de ficar todo preocupado. Vamos jantar e dormir um pouco, porque merecemos. E filhão, parabéns! Estou muito orgulhoso de você.


- Obrigado papai. Aprendi com o melhor.






-x-





Depois de muitas risadas e conversas entre meu omma, Baekhyun e eu, enquanto tomávamos o café da manhã, pude ver que Baekhyun era uma pessoa incrível. Gostei do jeitinho todo escandaloso, e engraçado do cunhado do meu menino. Claro que Baekhyun junto do meu omma, não deu uma combinação muito boa, pois os dois pegaram para me zoar e acabar me deixando envergonhado com as coisas que ambos falavam de mim e do Nini. Mas fico muito feliz que agora meu omma teria mais uma companhia. Quem diria que um dia minha vida estaria tão movimentada como está agora depois que Jongin entrou em nossas vidas.



Enquanto meu omma e Baekhyun conversavam sobre gravidez, aproveitei e fui ver se o Nini já havia acordado, pois segundo Baekhyun, Jongin estava dormindo todo largado quando levantou, e parecia que o mesmo não iria acordar tão cedo.


O mais silencioso possível, entrei no quarto e me deparei com a cena do meu menino sentado no colchão coçando os olhinhos na tentativa de espantar o sono. Eu estava com tantas saudades dele que não perdi a oportunidade de o abraçar o mais apertado que pude.


- Oi meu amor. Que saudades que eu estava de você. - disse Jongdae enquanto abraçava um Jongin todo sonolento.


- Hum… - Chen não aguentou e acabou dando uma risadinha contida. Seu menino parecia que não havia acordado ainda. - Dae…


- Bom dia, preguicinha.



O sono de Jongin parecia que havia sumido naquele momento, depois de ter ouvido a voz do mais velho. Quem diria que quando acordasse ele veria Jongdae ali, ao seu lado o dando bom dia. Com os braços bem apertado em volta do corpo do mais velho, Jongin beijou cada partezinha do rosto de seu amado. Seus olhos se encontraram em certo hora daquele momento tão puro e íntimo, como imãs, suas bocas se uniram pela primeira vez em uma troca de carinho, provando para si mesmo que ambos os sentimentos que os habitavam eram sinceros e verdadeiros.



Porque, Jongdae nasceu para pertencer a Jongin. E Jongin nasceu para pertencer a Jongdae.



Unidos pelo Amor




-x-





Chanyeol estava terminando de se trocar, enquanto eu já estava em minha cama lendo um bom livro, quando escuto meu celular tocar. Na hora senti meu coração falhar.



Será possível.?!



- Alô


- Oppa - disse Eunbi com a voz embargada pelo choro intenso.


-O que aconteceu querida. - disse Chanhyun todo alarmado enquanto se levantava da cama com medo do que poderia ter acontecido, chamando a atenção de Chanyeol que estava do outro lado do quarto.


- O..oppa, o nosso Joo está vivo. - revelou Eunbi em meio ao choro. 


- Como… - os olhos de Chanhyun estavam cheio de lágrimas por saber da verdade. Ele não podia acreditar que o amor de sua vida estava vivo, não via a hora de poder o encontrar e o abraçar para nunca mais o largar. - Onde ele está?


- Ainda não sabemos exatamente o paradeiro dele, mas os detetives estão fazendo de tudo para que possamos o encontrar o mais rápido possível. - Chanyeol por não saber o que se passava naquele momento começou a se desesperar, pensando que havia acontecido algo com seu marido ou com seu irmão.


- Appa, o que aconteceu? É algo com Baekhyun e com meu filho, ou com o Jongin? - perguntou o mais novo todo preocupado - Me responda por favor.


- Acalma filho, não é nada com nenhum dos dois. - começou Chanhyun tomando fôlego - É só que.. seu appa está vivo.. - Chanyeol ficou espantado e sem reação. Por ele ser o mais velho, Chan sabia da historia triste de seus pais, mas nunca imaginou que seu outro pai poderia estar vivo.


- Alô, amor você ainda está aí???


- Sim oppa.


- E o nosso filho?


- Ele e Joowon parecem estar bem. Não temos muita informação, mas assim que eu souber de mais alguma coisa eu te ligo. Te amo, e da um beijo no meu bebê por mim.


- Está bem. Estarei voltando o mais rápido possível. Até mais. - Assim que desligou, Chanhyun pode ver o espanto que enfeitava a cara do seu filho.


- Chan.. filho.. - disso cutucando o mais novo - Vamos arrumar nossas malas, pegaremos o primeiro avião de volta para casa.


- Appa?


- Sim filho?!


- Eu tenho outro irmão?


- Sim -  disse Chanhyun todo emocionado por ter sua família de volta novamente. Não sabia como lidar com todas aquelas emoções que o possuía. Chanyeol mais do que depressa, abraçou seu pai e ambos choraram de alegria.




Depois de tantos anos, Chanhyun e Eunbi, teriam sua outra metade de volta novamente.



Notas Finais


Eai, o que acharam???

Muitas revelações.. Espero que tenham gostado do capítulo...

Muito obrigado a todos que acompanham e comentam a fic...

Até a próxima!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...