1. Spirit Fanfics >
  2. Você me completa - Imagine Katsuki Bakugou >
  3. Seja forte

História Você me completa - Imagine Katsuki Bakugou - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, mais um capítulo!!

Obrigada pelos 180 favoritos!!

Capítulo 16 - Seja forte


S/N on:

Acordo em uma cama em um quarto branco, no qual julguei ser a enfermaria da U.A e eu estava certa. Vejo recorvery girl vindo em minha direção.

- Ah querida, acordou!

- Sim... o que aconteceu?

- Você desmaiou, mas está tudo bem.

- Eu fiquei muito tempo desmaiada? 

- Não, só 1 hora.

- Ata. - lembro do que tinha acontecido e me encolho. 

- Está tudo bem querida? - a velhinha pergunta e eu assinto com a cabeça- Você já pode voltar ao seu dormitório, amanhã você não precisa ir para a aula logo cedo, pode entrar no 4 tempo.

- Ok obrigada.


Saio da enfermaria e vou aos dormitórios, apenas uraraka estava lá...

- Ah que bom que você está bem! O que aconteceu S/N?

- Nada... está tudo b-bem... - digo com meus olhos marejados. Ele percebe e me abraça.

- Ei, eu estou aqui, pode contar comigo para tudo ok?

- Obrigada... - ela me olha e eu continuo - e-eu... a m-minha a-avó... faleceu hoje... n-naquela hora em que eu sai correndo... eu fui ao hospital, m-me d-despedir... quando eu sai do hospital, eu estava muiti abalada e sem acreditar no que tinha acontecido... e eu fui em uma loja e comprei bebidas, e-eu queria esquecer... - eu estava já aos prantos ele me abraça novamente e eu continuo. - eu estava muito bebada, mas não o suficiente para não saber de mais nada, eu tinha um pouco de consciência ainda. V-vi que já estava tarde e decidi voltar para os dormitórios... m-mas u-uns c-caras... me pararam... eram 3... e-eles... Uraraka e-eu... - Ele sai do abraço e me olha séria com lagrimas nos olhos também.

- S/N... eles te abusaram? 

- S-sim... eles p-passaram a m-mão em m-mim... e-eu não queria... eles só não fizeram mais nada por que eu consegui usar o teletransporte... e-eu estou me s-sentindo h-horrível... - ele continua a me olhar, ele também chorava.

- E-eu sinto muito... você tem que denunciar. 

- Não! Não fala para ninguém... por favor - eu peço e ela abaixa a cabeça 

- Eu não vou falar para ninguém, mas por favor S/N... denuncia. - ele pede com os olhos cheios de lágrimas e eu a abaixo a cabeça assentindo. 

- Tudo bem... eu vou para a cama. 

- Quer que eu durma com você? 

- Por favor. 


A gente vai para o quarto e eu tomo um banho, eu queria tirar aquilo, eu queria me livrar, mas o cheiro deles, não saiam, estava em mim. Quanto mais eu esfregava meu corpo mais o cheiro ficava... 


Saio do banho e coloco uma roupa de frio mesmo estando bem quente e ligo o ar condicionado. Ela me abraça e deita comigo, acabo adormecendo com o cheiro dela me fazendo esquecer do cheiro horrível dos homens.




[...]





Já era de manhã e hoje teriamos aula. A Uraraka acordou e falou para eu ficar e só ir na 4 aula mesmo, ela avisaria os professores que eu faltaria já que eu passei mal ontem.




Uraraka on:


Deixei a S/N no quarto dela, eu ainda não acredito... ela deve estar se sentindo péssima, hoje eu vou com ela denunciar os caras, depois da aula.


Entro na sala e aviso que a S/N passou mal ontem e que só iria para aula depois do 4 tempo.


Me sento no meu lugar e a aula começa, vejo o Bakugou olhando para mim e encaro o mesmo.

- Cade ela? - ele diz sussurrando

- Ela... ela passou mal ontem, ela só vai vir mo 4 tempo. - digo também sussurando.


Ele para de me encarar e vira para frente pensativo.




S/N on:


Já estava quase no horário do 4 tempo e eu fui tomar banho, me olhava no espelho nua e me senti violada, me senti suja... fui correndo tomar o banho tentar tirar isso de mim. 


Depois do banho coloco o uniforme, tentei abaixar o máximo a saia, para ver se ela ficava um pouco maior, não queria mostrar meu corpo... 




Saio e vou para a aula, chegando lá vejo Uraraka vir até mim e eu sorrio triste para a mesma, ela me abraça e sussura um "vai ficar tudo bem" no meu ouvido. 

Se separamos do abraço e fui me sentar, me sentei na frente do Bakugou, já que era o único lugar vago, a gente nao trocou nenhuma palavra e eu nem queria.

Algumas pessoas vieram perguntar se eu estava bem e eu apenas disse que "sim" a todos.


[...]



A aula finalmente havia acabado, mas agora eu teria que ir com a Uararaka denunciar o ocorrido.

Eu falei para ela que iria trocar de roupa. Ela me esperou na porta do meu quarto e em minutos eu sai. Eu vestia uma calça preta com correntes, nem muito justa e nem muito larga, um blusão preto com o símbolo de uma banda qualquer e uma jawueta amarrada na cintura.

- Tem certeza que quer ir com essa roupa? Esta quente. - ela pergunta e eu apenas assinto com a cabeça.

Saimos rumo a delegacia. Chegando lá, eu hesitei em entrar, mas Uraraka fala palavras de conforto e eu decido finalmente entrar. 

Falamos com a policial e ela fui super compreensiva e me ajudou com tudo, eu disse como os caras se pareciam e para eu nao ficar me culpando pelas atitudes escrotas delas, e que era bom eu conversar com alguém próximo, como família, amigos. A família que eu tinha eu perdi... e não estava me sentindo muito confortável para fakar com meus amigos, só com a Uraraka.


Depois de dar depoimento na delegacia, eu e Uraraka saimos e fomos para a U.A de novo. Ela me abraçou e disse que tudo ficaria bem, ela é uma amiga incrível.

- Você não vai querer contar a ninguém? Sobre a sua avó? - ela pergunta e eu penso um pouco

- Ainda não... - digo




[...] 



No dia seguinte teriamos aula novamente mas dessa vez eu tinha que ir no primeiro horário.


Me arrumei e tomei café e fui em direção a U.A. Só fui acompanhada pela Uraraka.


Chegando na sala eramos as únicas e depois foram chegando mais pessoas. Mina veio falar comigo e ver se estava tudo bem eu hesitei em falar, mas naoprecisei responder ja que o Aizawa Sensei chegou para dar aula e mandou todos os alunos se sentarem.

- Antes de começar a aula, S/N S/S, depois da aula gostaria de falar com você. - o professor diz e eu faço que sim com a cabeça, Uraraka me olhou e e eu a olhei de volta, eles devem querer fakar sobre minha avó...





[...]




Deu o fim da aula e agora seria a hora di almoço, esperei todos saírem para falar com o Azaiwa...








>>>>> continua <<<<


Notas Finais


Foi isso gente, até o próximo capítulo.

Beijos da Morena


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...