História Você me pertence, só não sabe ainda - Armin - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Morte, Violencia, Yandere
Visualizações 111
Palavras 822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OIEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!

TURU BOM?!??!?!

ESPERA!! NÃO ME MATEM!!

EU SEI QUE DEMOREI, MAS FOI POR UM BOM MOTIVO: Eu estava com preguiça e sem ideias. Então, com toda a minha força de vontade, escrevi esse capítulo aos poucos.

MAS ENFIM, EU TO ÓTIMA!!

POIS EU ME ENCHI DE CAFÉ ATÉ O KU!!

E TBM PQ NÓS CHEGAMOS EM 60 FAVORITOS!!

60
FUCKING
FAVORITOS

VCS SÃO FODA!

MUITO OBRIGADO!

AH! OUTRA COISINHA!

POSTEI FANFIC NOVA DE DDLC (Doki Doki Literature Club)!!

"Os opostos se atraem - Yuri x Natsuki - DDLC"

SÓ ISSO MEMO!

CHEGA DE ENROLAÇÃO E VAMO LOGO COMEÇAR ESSE POHA!

Aproveitem o capítulo! :D

Capítulo 25 - Capítulo 25 - "Sofrerão as consequências com sangue."


P.O.Vs Lynn

Caralho... Eu realmente estou grávida? Eu não posso estar! Pelo menos, não agora! Eu ainda sou nova. Tenho faculdade para fazer, o problema da Lety ainda estar viva... e o Armin. Como ele vai reagir em relação à isso? Ele vai ficar feliz? Ele vai ficar com raiva? Certo, Lynn, você nem sabe se realmente está grávida, pare um pouco com a paranoia.

Quando menos percebi, já estava em frente da casa do Armin.

- Vem, vamos entrar. - disse o Armin, segurando minha mão com firmeza. Ele me puxou com rapidez e para dentro de sua casa.

- Ah, oi vocês dois. - disse o Alexy, nos cumprimentando.

- Oi! - respondemos eu e o Armin, sincronizadamente.

- O que vocês têm aí? - perguntou Alexy, referindo-se as sacolas.

- Salgadinhos, doces, refrigerante... - começou o Armin.

- Tudo para fazermos uma noite de filmes! - eu completei.

- Noite de filmes? Como as noites que virávamos vendo todo tipo de filme quando eramos menores? - perguntou Alexy, claramente surpreso.

- Exatamente! - respondi com entusiasmo.

- Uau! Vai ser incrível! E se nós convidarmos-

- Convidarmos a Rosa? Claro. Inclusive, Lynn já havia citado essa ideia. - disse Armin, interrompendo o Alexy.

- P-E-R-F-E-I-T-O! Vamos fazer isso hoje? É, seria uma boa ideia! Já tô ligando para a Rosa! - Alexy saiu correndo para o seu quarto, explodindo de ansiedade.

- É tão legal ver o Alexy tão feliz deste jeito. - comentei.

- É verdade que já faz um tempo que não vejo o Alexy assim. - disse o Armin.

- Bom - comecei a falar... -, melhor começar a preparar as coisas para esse noite e--... mas fui interrompida pela vibração de dois celulares: o meu e o do Armin. Rapidamente pegamos os telemóveis de nossos bolsos e checamos o motivo de vibração. Em ambos os aparelhos, havia uma mensagem de um número não identificado. 

???
Vocês querem jogar um jogo?
Vocês devem seguir os meus passos.

 

- Vocé só pode estar de brincadeira! - exclamei. Ela não está fazendo isso de novo, está?

- Oh, céus. De novo, não. - lamentou o Armin.

- Nós não vamos fazer isso, né? - perguntei.
Novamente, houve uma notificação de mensagem, mas, desta vez, apenas no meu celular.

???

Oh, você vai.
A não ser que você queira que eu envie agora mesmo uma mensagem ao Armin, contando sobre o seu...
Estado.
Você que escolhe, Lynn.

 

Meu coração parou por um momento. Não. Ela não pode contar. Mesmo nem sabendo se realmente estou, ela não pode contar. Tudo indica que sim. E tem uma outra coisa: pelo que parece, ela está nos observando. Corri para uma das janelas e comecei a olhar em volta.

- Lynn? O que ela te enviou? - perguntou o Armin, preocupado e percebendo minha angustia.

Não posso deixar aquela vadiazinha estragar meu segredo.

Onde devo ir?

Sua casa.

Vá rápido.

Ou seu segredinho será revelado.

 

Vaca. Você me paga. Sem hesitar, corri para fora da casa, fui para o meu carro e pisei no acelerava para voltar para casa. Enquanto ligava o carro, ouvi o Armin gritando por mim. Desculpe, meu amor. Mas eu não posso te contar nada por agora.

 

P.O.Vs Armin

 

Lynn saiu rápido, sem dizer para onde foi e porquê. O que aconteceu? A Lety está brincando conosco. Ela nunca se cansa. Quando eu por as mãos naquela peste, eu vou desfigurar a cara de--

- Armin? O que aconteceu? E onde está a Lynn? - Ótimo, Alexy. Não posso nem criar fantasias psicopatas em paz.

- A Lynn? Bem... - pensa numa desculpa, Armin! Pensa! - Ela... Ela teve que ir na casa dela rapidinho.

- Ah é? Por que? - porra Alexy! Num fode!

- Ela não disse o motivo, só disse que iria e ia voltar rápido. Mas não sei quanto este "rápido" vai demorar...

- Certo... - Alexy parece meio desconfiado com a minha explicação.

Ele NUNCA pode descobrir toda a verdade. Nem ele, nem ninguém pode descobrir. Seria um total desastre, um caos, um apocalipse. Eu e Lynn vamos ter que carregar estas mortes para o resto da nossa vida. Mas, com certeza, não sentimos nenhum tipo de culpa ou pena das pessoas que matamos. Que tipo de Yandere sentiria?

Enfim, não posso deixar de pensar o porquê desse desespero da Lynn para sair. A Lety está tramando algo contra nós de novo. Mas a pergunta é: o que é desta vez? Uma coisa que tenho certeza, é que ela está furiosa pela Lynn ainda estar viva. Lety não deve ter esperado por isso, pensou que tinha ganhado, pensou que eu seria dela. Mas, além de ser estupida o bastante para pensar nessa possibilidade absurda, Lety estava terrivelmente enganada.




 

Nós nunca ficaríamos juntos.






 

No meu mundo, apenas existe eu e Lynn.






 

E mais ninguém.






 

Todos que se intrometerem entre nós...







 

Sofrerão as consequências com sangue.

 


Notas Finais


CONSEGUI!

Ficou um pouco menor que o normal? Ficou ;-;

Vcs vão ficar com mais raiva de mim? Provavelmente ;-----;

Tudo o que eu peço é um pouco de paciência comigo, plz.

Beijinhos com sorvete, não me abandonem, vlw flw! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...