1. Spirit Fanfics >
  2. Você mudou meu mundo >
  3. Se encontrando fora da escola

História Você mudou meu mundo - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, desculpem pela demora, mas, já está aqui o quinto capítulo da história, espero que gostem.

Capítulo 5 - Se encontrando fora da escola


Fanfic / Fanfiction Você mudou meu mundo - Capítulo 5 - Se encontrando fora da escola

Assim que ouviu aquelas palavras saindo da boca de seu irmão Goku ficou totalmente envergonhado. Goku: - Do que você tá falando? De onde você tirou essa idéia de que eu estou interessado nela ? disse ele com o rosto completamente vermelho. Raditz: - É só olhar para você, toda vez que eu faço uma brincadeira com você, mencionado uma garota, você nunca ligou, só fazia cara de raiva e depois virava as costas, mas agora você está com o rosto mais vermelho que um tomate. Goku: - É porque você nunca falou desse jeito antes - disse ele com raiva. Raditz: - Calma aí, talvez seja melhor falarmos disso outra hora, agora é melhor você entrar porque a mamãe está desesperada te esperando. Goku: - Ai, é verdade - disse ele um pouco nervoso. Quando ele entrou em casa logo viu a sua mãe, que no mesmo momento em que viu seu filho entrar em casa correu até ele abraçando-o com tanta força que o coitado ficou roxo porque não conseguia respirar. Goku: - Mãe você está apertando muito forte - disse ele com dificuldade para falar. Gine: - Onde você estava? Por que demorou tanto? Só mais um minuto e eu já ia chamar a polícia - disse ela se afastando dele com raiva. Goku: - Eu tive que ficar depois da aula para fazer a limpeza. Gine: - Mas, você nunca fez isso antes, você foi castigado? Goku: - Sim - disse ele com a cabeça baixa e com a cara fechada. Gine: - Eu vou pedir pro seu pai falar com você assim que ele chegar, mas, agora você tem que ir tomar um banho e depois vir me ajudar com o jantar. Goku: - Sim, senhora. Depois que Bardock chegou em casa e assim que o jantar acabou, Bardock foi até o quarto de seu filho mais novo para ter uma conversa seria com ele. Bardock: - O que houve? Sua mãe disse que você foi castigado na escola hoje. Goku: - Pai, como você se apaixonou pela mamãe? Quando ele fez essa pergunta o pai dele ficou meio confuso, mas resolveu responder a sua pergunta. Bardock: - Bom se você quer mesmo saber, tudo começou na escola, quando ela chegou eu não dei muita importância porque eu não falava muito com as garotas, mas na hora do almoço todos começaram a trata-la como se não fosse ninguém ou como se fosse uma pessoa que só aparecia para fazer mal a todos que estavam por perto, eu não tinha interesse algum em garotas, mas eu não podia deixar tratarem ela assim, então eu a defendi de todos aqueles que estavam incomodando ela, e já que ela era nova e não conhecia ninguém deixei que ela ficasse comigo durante a hora do almoço, mas eu fui aprendendo a gostar da companhia dela e começamos a nos ver mais vezes, então numa noite em que fomos juntos ao cinema depois que o filme acabou eu decidi contar pra ela porque eu nunca falei com nenhuma garota antes, eu disse pra ela que eu tinha medo de me apaixonar, porque o amor pode ser lindo mais ao mesmo tempo tem tanta dor, eu achava que se um dia eu me apaixonasse por alguém eu correria o risco de perde-la e se acontecesse isso eu iria sentir uma dor incrivelmente forte, uma dor que por mais que eu tentasse nunca iria parar, mas naquele exato momento a sua mãe segurou as minhas mãos e disse: " o amor é como uma rosa, é lindo, mas, ao mesmo tempo cheio de espinhos e se a gente tocar em um deles podemos nos machucar, mas com todo o carinho e cuidado o machucado vai sará, mas não vai ser por causa de um simples machucado que você vai deixar a rosa murchar, para ela poder crescer tem que ter cuidado, prestar atenção e principalmente ser paciente, porque aquela simples rosa pode se transformar no símbolo da sua alegria." Foi naquele momento que eu percebi que ao olhar nos olhos dela enquanto ela dizia aquelas palavras tão sinceras eu senti uma coisa que eu nunca tinha sentido em toda a minha vida, o meu coração estava cheio de emoções, eu não conseguia entender, mas foi aí que eu percebi que toda vez que ela estava ao meu lado eu sentia como se não houvesse nenhum outro lugar onde eu desejava está naquele momento, só de está ao lado dela meu dia já era feliz, aí eu pensei que desde que ela entrou na minha vida eu comecei a sentir coisas novas, passei a confiar mais nas pessoas e a fazer novas amizades e a fazer coisas que eu nunca na minha vida tinha pensado em fazer, foi aí que eu descobri que o motivo pelo qual eu sempre queria vê-la todos os dias e porque eu sentia que ela era uma pessoa confiável, era porque eu estava apaixonado. Goku estava emocionado com essa história, tanto que nem se quer conseguia entender como alguém que  não confiava muito nas pessoas pode ter se apaixonado dessa maneira por alguém que antes nem dava importância. Goku: - Como foi que ela conseguiu mudar você? Bardock: - Quando ela começou a andar comigo na escola ninguém nunca mais mexeu com ela e algumas pessoas buscaram fazer amizades com ela, e ela me convenceu a fazer amizades com eles também e assim eu fui experimentando coisas novas, como por exemplo sair para algum lugar com um grupo de amigos. Goku: - Você nunca fez isso antes? Bardock: - Não, eu costumava sair sozinho. Goku: - É incrível essa história, é difícil de acreditar que uma pessoa que você mal conhecia, e não tinha interesse nenhum de conhecer, mudou você completamente. Bardock: - É, ela conseguiu entrar no meu coração com aquele jeitinho dela, eu diria que ela mudou o meu mundo, mas, porque está me perguntando tudo isso? Por acaso você se apaixonou por alguém? Goku: - Não é isso - disse ele com vergonha - É que hoje eu fiz amizade com aquela garota que eu tinha brigado, só que ela resolveu fazer uma brincadeira idiota no meio da aula e nós dois tivemos que ficar depois da aula para fazer a limpeza. Bardock: - E o que isso tem haver com o que você me perguntou? Goku: - Durante o castigo nós dois conversamos e eu percebi que ela é a primeira garota que me chamou a atenção. Bardock: - E por que ela chamou a sua atenção ? Goku: - Ela tem um jeito bem interessante além de ser muito bonita. Bardock: - Bom, não é que eu não acredite em amor a primeira vista, mas, você não pode gostar de uma garota só por ser bonita. Goku: - Mas, toda vez que alguém começa a gostar de alguém lá na escola quando perguntam o porque todos respondem que é porque essa tal pessoa é muito bonita. Bardock: - Isso não tem nada haver, quando eu estudava na escola tinha muitas garotas, mas eu me casei com a sua mãe, e não foi pelo que ela era por fora foi pelo que ela é por dentro, quando se ama de verdade não é a aparência que nos faz sentir esse lindo sentimento é o que ela guarda no fundo do coração. Goku: - Mas, não é só isso, tem alguma coisa nessa garota que me faz querer saber mais sobre ela. Bardock: - Porque não tenta ficar mais próximo dela talvez você descubra o que ela tem de tão especial que faz você ficar tão interessado nela. Goku: - Você tem razão. Bardock: - Então é muito irmos dormir, você tem escola amanhã e eu tenho que ir trabalhar. Goku: - Espera, como é que alguém descobre que está apaixonado? Bardock: - Assim que você olhar dentro dos olhos dessa pessoa você saberá - disse ele saindo do quarto de seu filho  com um leve sorriso no rosto. No dia seguinte,  quando todos já tinham saído de casa, Goku não foi com o Vegeta para a escola pois ele tinha ligado dizendo que não poderia ir porque o seu irmão caçula estava doente. No caminho da escola ele se encontrou  com alguém conhecido. Goku: - Oi Chichi. Chichi: - Oi Goku, você está indo sozinho para a escola? Goku: - Sim, o Vegeta não vai poder ir hoje porque o irmão dele está doente. Chichi: - Ah, que pena, o que ele tem? Goku: - Nada de mais, apenas uma febre, mas e você ? Normalmente você chegaria na escola antes de mim . Chichi: - É que hoje eu acordei tarde e tive que me arrumar bem depressa, na verdade eu nem comi nada hoje. Goku: - Mas, não faz bem ficar sem comer de manhã, olha! - disse ele apontando para uma lanchonete - Você pode comer alí. Chichi: - Isso é uma boa idéia, mas, eu não tenho dinheiro pra pagar. Goku: - Não tem problema eu pago pra você. Chichi: - Não, não, eu não quero te incomodar e além do mais você pode se atrasar. Goku: - Não me incomoda e é só um lanche não vai demorar muito. Chichi: - Tudo bem então. Os dois foram até a lanchonete e conversaram enquanto não serviam o lanche. Goku: - Onde você estudava antes de vir pra minha escola? Chichi: - Eu estudava numa academia só de meninas. Goku: - Numa academia ? Mas, eu ouvir dizer que uma academia fornece melhores condições de estudo do que uma escola normal, por que você decidiu sair de lá pra estudar na minha escola? Chichi: - Meu pai disse que eu não conseguia fazer amizades com meninos, já que eu estudava em uma escola só de meninas, então ele decidiu me colocar nessa escola pra que eu pudesse me socializar mais com os meninos. Goku: - Mas, você fala comigo como se não tivesse nenhuma dificuldade. Chichi: - Talvez porque eu me sinta segura perto de você, eu sinto que você é uma pessoa boa que eu posso confiar. Ao ouvir essas palavras Goku sentiu uma leve pontada de alegria no peito, ele não entendeu direito mas, ficou muito feliz em saber que ela confiava nele. Goku: - Que bom que você pensa isso de mim. Chichi: - E você o que pensa de mim? Goku: - Bom, eu acho você uma pessoa sincera, inteligente e que sabe se defender sem precisar da ajuda de ninguém. Chichi: - Como assim? Goku: - Eu acho que você não é o tipo de garota que fica esperando algum cara defender você sempre que alguém te incomodar, eu acho que você é uma garota que pensa mais na sua vida, pensa em não depender de ninguém e está sempre lutando pelos seus direitos, e  admiro muito isso, eu acho que você não precisa ter que depender de ninguém pra viver. Chichi: - Obrigada, eu só assim mesmo e fico feliz de você pensar isso de mim. Depois de tanto falarem Chichi percebeu que eles tinham perdido a noção do tempo. Chichi: - Ai não, passamos mais de meia hora conversando aqui. Goku: - O queeee? Os portões da escola já estão fechados não tem mais como a gente entrar. Chichi: - Me desculpa, a culpa foi minha. Goku: - Não, se eu não tivesse dado essa idéia já estaríamos na escola. Chichi: - Você só queria me ajudar. Goku: - Por que é que toda vez que a gente se encontra nos metemos em confusão? disse ele chateado. Chichi: - Isso nunca aconteceu comigo antes, sem nenhuma dúvida você está mudando o meu mundo.


Notas Finais


Mais uma vez me desculpem pela demora, espero que tenham gostado do capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...