História Você Não Entende, Eu Preciso De Você - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Kentin, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Comedia, Drama, Romance
Visualizações 2
Palavras 1.825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vooooooltei!!! Estou de volta!!!
Vamos se embora na letra A!!!

❤❤❤

Capítulo 2 - Parte 2 de 1


Fanfic / Fanfiction Você Não Entende, Eu Preciso De Você - Capítulo 2 - Parte 2 de 1

Alexy continuou olhando para mim todo curioso. O que me deixou aborrecida, pois eu não posso ser sincera com ele como eu quero. Mas acho melhor não responder nada de estranho.

Sabrina - Eu já disse que é só uma preocupação, pateta! ( Aborrecida, peguei o meu lanche e me afastei dele. )

Alexy - Não sei não... ( Ficou observando Sabrina se afastar. )


》》》 Aula de Inglês


A professora está explicando a atividade e eu não estou nem aí, não consigo parar de encarar Kentin do outro lado da sala com cara feia.

Sabrina - Por que raios ele não escolheu a aula de espanhol?

Rosalya - Oi? ( Olhou para mim, seguiu o meu olhar e depois olhou para mim novamente. ) - Ah, você está falando de Kentin. ( Arqueou uma das sobrancelhas e sorriu de canto. )

Sabrina - De que peste mais eu estaria falando?! Olha só a cara dele... Encosto da minha vida...

Rosalya - De alguma forma soou romântico. ( Sorriu achando isso divertido. Olhei seriamente para ela que desfez o sorriso. ) Desculpinha? ( Sorriu sem jeito. )

Sabrina - Felizmente o Alexy está na aula de espanhol, desse jeito ele não acaba babando por esse encosto.

Rosalya - Ué?! Eu achei que fosse desistir do Alexy.

Sabrina - Não me julgue. Eu não também não sou nenhuma "Mulher Maravilha" para desistir de alguém tão rápido assim.

Rosalya - É, mas você pode acabar se aprofundando mais, sabia?

Sabrina - Já estou na merda. Outro pisão nela não seria nenhuma novidade.

Rosalya - Blé... Eca!

Professora de Inglês - Er... Garotas?

Rosalya - Ah! Desculpa, professora! ( Olhou para a professora. )

Sabrina - É, foi mal aí. ( Olhei para ela sem muito impacto. )

Professora de Inglês - Hã... Sabrina, a aula não está interessante para você?

Sabrina - Sim, sim... Está. ( Respondi sem sentir importância. )

Professora de Inglês- - Bem, mas parecia que você estava mais conversando com a sua amiga do quê prestando atenção na aula. ( Cruzou os braços e arqueou uma das sobrancelhas. Os alunos que já gostavam de um "treta" olhou na minha direção. )

Sabrina - Bem... Eu não vou mentir para a senhora. ( Dei de ombros sem presa. )

Professora de Inglês -- Ah... É senhorita! ( Parece estar começando a ficar aborrecida. )

Sabrina -- Mas... Eu vejo outra coisa. ( Pisquei rapidamente para a mulher que aparenta ter uns 40 anos. )

Rosalya olhou estupefata para mim enquanto os alunos começaram os seus fuxicos. Coisa que eu não entendi, pois não estou sendo grossa, mas sim, só sincera.

Professora de Inglês - Ah... Chega!!! Vá já para a sala dos professores!!! Vou me encontrar com você lá depois da aula!!!

Sabrina - Ué... Por que eu fui sincera?

Professora de Inglês - Agora, mocinha!!! ( Apontou para a porta. )

Sabrina - Tá... ( Disse confusa. ) Tanto faz, então. ( Peguei a minha mochila e saí da sala. )

Professora de Inglês - "Caham"! Continuando a nossa aula...

Rosalya - Minha nossa... ( Murmurou para si mesma, encostando a testa no caderno. )

Kentin desviou o olhar da porta e suspirou.

[ PS.Kentin - Só podia ser essa garota... ]


》》》Sala dos Professores


Fiquei de boa deitada no sofá da sala dos professores, lendo uma revista que por um "acaso" achei "jogada" por aí.

Sabrina - Hm... Não sabia que uma dos professores gostassem de moda... Francamente, alguns se vestem até de forma estranha. Huh?! ( Olhei em volta do teto. ) Aqui não tem câmera, né?

??? - Uh... O que está fazendo aqui? ( Alguém abre a porta da sala dos professores. )

Sabrina - ... ( Olhei para ver quem era o curioso. ) Ah...! E aí, maninho. ( Sorri cinicamente. )

Nathaniel - Como você conseguiu entrar aqui? ( Arqueou uma das sobrancelhas e fechou a porta atrás de si. )

Sabrina - Fácil. Tirei algumas cópias do molho de chaves do colégio que fica com você sem você perceber. ( Peguei o chaveiro com algumas chaves do meu lado. )

Nathaniel - Ah?! ( Correu em minha direção e tomou as chaves das minhas mãos. ) Sabrina!!! Você está doida?! Você por acaso não sabe que posso me manter em uma encrenca por causa disso?!

Sabrina - Eu sei e não estou nem aí. ( Voltei a folhear a revista. ) A culpa não é minha se você deixa essa bendita chave a toa dentro da sua gaveta do seu quarto.

Nathaniel -- C--Como?! O que você foi fazer no meu quarto???

Sabrina - Eu precisava pegar o seu caderno para as respostas de matemática, e fiquei curiosa para ver o que um rapaz tem na gaveta da sua escrivaninha.

Nathaniel - Eu não acredito que você estava fuçando as minhas coisas. ( Ficou contrariado. ) Ouça aqui, fique longe do meu quarto de agora em diante, está claro?

Sabrina - Tá, tá... Pode ser.

Nathaniel -- E você vai ficar aí mesmo?!

Sabrina - Não tenho escolha. A professora me pediu para eu esperá-la aqui, só porque fui sincera. Humpf! Mundo injusto. Quando ela vier e me ver aqui dentro eu invento uma desculpa.

Nathaniel - Eu não quero nem saber o que você disse para ela. ( Foi em um dos armários para deixar um envelope. )

Sabrina - Que envelope é esse? ( Me sentei e me virei para ele. )

Nathaniel - Você não precisa saber. ( Bateu o cadeado e anda em direção a porta. )

Sabrina -- Deixa de ser frio, Nathizinho! ( Disse em tom pirracento. )

Nathaniel - Eh?! ( Abriu a porta e olhou para mim no mesmo instante. ) Não me chame assim! E vê se não fuça em mais nada. Eu sei muito bem que essa revista não estava à toa por aí. ( Fechou a porta atrás de si. )

Sabrina - Pff! Besta. ( Soltei um sorriso sarcástico. ) Ainda tenho mais cópias de chaves da onde aquela saiu. ( Deitei novamente e continuei folheando a revista. ) Hm... Essa roupa até que é interessante... Tsk! Ha ha ha ha ha ha! Quem eu quero enganar?! É ridícula!


》》》 Fim da Tarde


Eu, Rosalya, Violette, Alexy e Armin andamos pelo corredor, indo em direção à saída.

Sabrina - Affs! A aula de matemática é um saco!

Rosalya - Não é novidade nenhuma você reclamar das aulas, não tem nenhuma que você salve. Pelo menos você tenta estudar. ( Sorriu. )

Sabrina - Ei! Tem uma matéria que eu salvo sim. O horário depois da terceira aula é muito bom! ( Sorriu satisfeita. )

Violette - Mas depois do terceiro horário é o... ( Ficou pensativa. ) Espera! Mas é o intervalo.

Sabrina - Essa mesmo! ( Sorri e soltei uma piscadela para ela. )

Rosalya - Sabrina! ( Deu um tapa atrás da minha cabeça. )

Sabrina - Uai!

Rosalya - Não estrague a mente da Vilu!

Violette - Ha ha ha!

Alexy - Sa, ficamos sabendo pelo Rosa que você foi mandada para a sala dos professores. O que aconteceu depois?

Sabrina - Pff! Aquela mulher só me disse para eu ter mais "responsabilidade" e parar de chamar ela de "senhora". Fala sério. ( Revirei os olhos. ) Ela quer esconder o que está bem óbvio.

Armin - É só parar de chamá-la de "senhora", oras. ( Sorriu. )

Sabrina - Eu não consigo. Me "escapole"!

Rosalya - Aham, está muito certo. ( Ironizou. Riram. )

Sabrina - Ha-ha, engraçadinhos. Parem de me julgar e me apoiem mais. ( Desviei o olhar e fiz bico. )

Alexy - Não precisa ficar assim! ( Abriu um sorriso e veio até mim por trás, me abraçando. )

Sabrina - Huh?! ( Ele me pegou de surpresa e eu corei. )

Os outros três pararam. Rosalya e Violette trocaram olhares de "essa não" enquanto Armin está normal.

Alexy - O que você acha de esquecermos esse dia triste e tomarmos um sorvete mais tarde em grupo? ( Aproximou o seu rosto do meu. )

Essa não, essa não! Isso não é bom!!! Estou sentindo o meu coração bater feito doido... Se eu não fizer nada ele vai explodir!!!

Sabrina - E-E-Eu não sei!!! É!!! Pode ser!!!

Alexy - Legal!!! ( Sorriu contente, me abraçando mais apertado pelo busto. Corei mais ainda. )

Ai, não!!! Pensamentos MALDOSOS!!!

Abaixei a cabeça e afastei aos poucos os braços de Alexy de mim.

Alexy - Huh?

Me aproximei do armário e encostei a minha testa nele.

Violette - Sa...? ( Olharam confusos para mim. )

Sabrina - Hm... ( Fechei a mão contra o armário e levantei um pouco os ombros. )

Armin - A cada dia que passa essa garota fica mais estranha, ha ha!

Alexy - Armin!

Armin - É verdade. ( Cruzou os braços e assentiu confiante. )


》》》 Mais tarde


Alexy passou o perfume e depois fechou a porta do guarda-roupa, virando-se para o irmão que joga vídeo-game.

Alexy - Tem certeza de que não vai com a gente?

Armin - Absoluta! ( Respondeu, entretido no game. ) Tenho que zerar esse negócio ainda hoje! Tenho muito jogos para jogar depois desse!

Alexy - Tá, né?! ( Sentou-se na sua cama. )... Armin.

Armin - Prossiga!

Alexy - Eu... Eu acho que... Bem! Eu acho que a Sabrina tem ciúmes de algum de nós três.

Armin - Oi?! Como assim? E você disse três?

Alexy - Sim. Quando eu contei para ela sobre termos encontrado o Kentin ontem, ela ficou meio estranha e me encheu de perguntas. Ela disse que só era uma preocupação, mas eu não acreditei muito. Para mim tem algo a mais nisso.

Armin - Merda!!! ( Acabou perdendo no jogo, e nisso, se virou para o irmão. ) Na verdade, tecnicamente foi você quem se encontrou com o Kentin, eu apareci logo depois. Então, ela deveria estar com ciúmes de "você" se esse é o caso.

Alexy - De mim?! Não, não! ( Balançou a cabeça. ) Acho que ela já percebeu os sinais que eu dou sobre gostar do Kentin, talvez ela... Ai, caraca! Talvez ela goste dele também! ( Disse estupefato. )

Armin - É... Pode ser. ( Disse pensativo, dando de ombros. )

Alexy - Ou então... Ela sinta ciúmes por ele querer ser seu amigo e você parar de andar mais com ela e passar a andar com ele!

Armin- Isso seria possível? ( Arqueou uma das sobrancelhas. ) Por que você se excluiu?

Alexy - Hein?

Armin - Ué, ela pode estar com ciúmes de você deixar ela de lado pelo Kentin também.

Alexy -- Até que você pode ter razão... ( Abaixou os olhos, pensativo. ) Nesse caso... Ela tem ciúmes de um de nós três.

Armin - Por que não pergunta para ela? Vocês não vão sair hoje de noite? ( Se virou para jogar novamente. ) Acompanhe ela até em casa e pergunte.

Alexy - Eu não quero ser insistente, mas por um outro lado, eu preciso de uma resposta.

Armin - Faça o que você achar melhor então.

Alexy - Vejamos...


⚠ MOMENTO DA ESCOLHA ⚠

( A. Acompanhar Sabrina até em casa e esclarecer essa história. )

( B. Deixar quieto. )

( C. Provocá-la até saber a verdade. )


Notas Finais


Huehuehue :3
Deixarei com vocês agora!!!
😎❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...