1. Spirit Fanfics >
  2. Você não está sozinha >
  3. Começando, novamente

História Você não está sozinha - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oie! Bom, não garanto que essa seja a melhor história do mundo, já que é a minha primeira. Boa leitura!

Capítulo 1 - Começando, novamente


Lá estava eu, dormindo como uma pessoa totalmente normal, até que escuto meu despertador tocar. Meu nome é Linky Cooper, sou legalmente emancipada (ou seja, não moro com meus pais pois estão em outro país) e como toda pessoa considerada normal, ODEIO ir a escola. Mas o meu motivo é "diferente" do motivo dessas pessoas consideradas normais, o motivo delas são: não gostam de alguns (ou nenhum) professor, não gostam da matéria, e em alguns casos sofrem de algo e se sentem obrigados a ir a escola. Mas os meus motivos são diferentes, os motivos dessas pessoas são totalmente idiotas comparados com os meus, ouça a razão de eu odiar a escola: sofro bullying a posto de me espancarem, sou considerada a "estranha" ou "diferentona" do colégio, e o problema é que mesmo se eu contar para a diretora ou professores, eles não fazer LITERALMENTE NADA! SÓ POR ACREDITAREM QUE AQUELES QUE ME MALTRATAM SÃO OS ANJINHOS DELES!

E daí eu percebo: se meu despertador estivesse vivo, estaria quase berrando para eu sair da cama. Levantei, me espreguicei um pouco e fui ao banheiro fazer minhas higienes matinais. Aproveitei e tomei um banho quente para relaxar, afinal, um novo ano começava e eu tinha que estar bem disposta para o último ano de Ensino Médio. Quando saí, fui comer algo, preparei um café e um pão porque ainda tinha bastante tempo, acordei 1 hora e 15 minutos antes das primeiras aulas começarem. Quando terminei fui escovar os dentes e me trocar, coloquei uma blusa de manga comprida listrada de preto e branco e por cima dela uma 2 vezes maior que eu, afinal amo esse tipo de roupa. coloquei uma calça jeans preta um pouco rasgada na altura dos joelhos e um tênis All Star branco, por mim colocaria um preto mas o meu All Star preto havia sujado e muito, e então descartei a ideia. Arrumei o meu cabelo e deixei ele solto, e fiz uma make bem fraca, só pra fazer aquelas olheiras sumirem. Vi o meu relógio e percebi que tinha demorado 45 minutos para me arrumar, e pensei:

-Se eu acordei 1 hora e 15 minutos antes das aulas, e demorei 45 minutos pra me arrumar então tenho... 30 minutos antes das aulas.

Peguei minha mochila e fui a pé para a escola pois o ônibus demoraria muito pra chegar e seria muito barulhento, então no caminho aproveitei cada momento de silêncio. Quando cheguei na escola, já vi o meu pior pesadelo: Ray estava parado em frente ao meu armário. Pelo menos as duas pestes - Júlia e Manuela - não haviam chegado ainda. Pensei que deveria ir logo guardar as minhas coisas, não poderia evitar ele de nenhum jeito, já que ficaríamos o ano inteiro juntos ainda, já que estudamos na mesma sala. Fui até o meu armário e Ray deu um sorriso de canto, e disse:

-Aproveite, hoje não faço nada com você pois as meninas não vão vir, elas não podem perder nada esse ano... Aproveite bem, idiota.

E saiu da frente de meu armário. Apenas pensei "ok, né?" e coloquei minhas coisas dentro do meu armário. Peguei meu celular e meus fones de ouvido e fui para o pátio, que não estava tão cheio. Coloquei uma música pra passar o tempo enquanto via alguns memes, e claro, a música escolhida foi Idol, do BTS, ninguém sabe, mas eu sou apaixonada por esse grupo. enquanto estava passando um tempo, um garoto de cabelos castanhos e olhos verde escuro chegou em mim e disse:

-Bom dia! Poderia me ajudar?

-Claro - queria dar uma boa impressão. Qualquer palavra errada e esse garoto podia entrar no grupo do Ray

-Pode me dizer onde fica a diretoria? Eu preciso terminar minha matrícula com a diretora, mas não sei onde fica.

Ele disse isso com um sorriso nos lábios, um sorriso muito gentil e... Calma, que? Para de ficar pensando e responde esse garoto logo! -Ah sim, e por aqui, vem. -Eu guiei ele até a diretoria, e percebi que realmente tinha razão, o sorriso dele e muito bonito, ele é muito bonito... Isso é um milagre, pois é bem difícil eu me apaixonar, hehe, pra quebrar o silêncio, falei:

-Como é o seu nome?

-Henri, e o seu?

-Linky

- É um nome fofo! Quantos anos você tem?

-Ah, obrigada. Tenho 17, e você?

-Tenho 18. E antes que você pergunte a razão de eu ter 18 anos e estar no Ensino Médio, a resposta é que eu já repeti de ano.

-Sério? Por que?

-Eu sou péssimo história... Mas não se preocupe, já dei um jeito em que eu não precise colar na hora da prova, arranjei um jeito de estudar melhor kk

-Entendo. Bom a diretoria é aqui, nos vemos depois!

-Obrigado. Ah! Em qual sala você está?

-Terceiro ano do Ensino Médio.

-Então vamos nos ver nas aulas! Nos vemos depois, Linn!

-Calma, "Linn"?

-É, acho que esse apelido fica bom em você! Mas agora já vou indo, tchau!

E então ele entrou na sala da diretora, e fiquei pensando no milagre que aconteceu, me apaixonei pelo novato... Quem diria que a bad girl do colégio se apaixonaria pelo novato... Mas saí de meus pensamentos quando trombei com alguém, pois estava olhando para o chão:

-Desculpa - já disse mesmo nem sabendo quem era, evitando confusão

-Então a otária já achou um amiguinho?? KKKK QUE IDIOTA! Pensar que pode ter amigos!! Kkkkkkk - Ray ria tão alto que se eu estivesse no começo do corredor poderia escutar sua risada nitidamente, a minha sorte é que não tinha quase ninguém na escola esse horário, então ele ergueu meu queixo com o indicador e disse:

-Se prepare, porque enquanto o novato estiver com você, ele vai sofrer também.

Continua...


Notas Finais


Eaí, o que vocês acharam da história?? Deixem nos comentários! Tanto que foi bem difícil postar esse capítulo, por que eu postei ele 3 vezes, e tive que apagar tudo, Então me deem sua opinião!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...