História Você (não pode) fazer isso - Wincest - Capítulo 7


Escrita por: e Tuty067

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Benny Lafitte, Castiel, Chuck Shurley, Crowley, Dean Winchester, Gabriel, Lúcifer, Miguel, Personagens Originais, Sam Winchester
Tags Angustia, Bottom!dean, Dean Winchester, Escuro, Sam Winchester, Top!sam, Troca De Idade, Troca De Papeis
Visualizações 73
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Incesto, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie ? Tudo bem?

Alexander voltou

Passei uma semana escrevendo esse capítulo

E espero que gostem, talvez fiquem meio confuso mais ai eu não sei.

Capítulo 7 - Capítulo 7


Fanfic / Fanfiction Você (não pode) fazer isso - Wincest - Capítulo 7 - Capítulo 7

NO CAPÍTULO ANTERIOR

Sam bateu e bateu e bateu muito no garoto até que ele não aguentou mais e desmaiou.

...

Sam pega o garoto, estilo noiva, e leva para seu quarto, e começa a tirar sua roupa, desesperadamente.

...

O mais novo começa a acordar devagarinho, e se vê semi nu na cama de seu irmão.

— BOM DIA! — seu irmão grita em seu ouvido e ele geme . Dean já não aguentava mas tanta violência . — Como vai ?

— O que acha?  eu tô cansado, porra.  

— A culpa é sua, você renegou meus beijos .

— E das outras vezes , a culpa foi minha ? 

— Sim. — O mais velho responde e Dean mesmo semi nu pula em cima da seu irmão mais velho e enche de soco, e o moreno nem sequer revida.

— Você é um idiota, Babaca, Sem alma e sem coração e eu te odeio.  E Dean cuspe no rosto de seu irmão, que o empurra ficando por cima do mais novo.

— Ninguém cuspe no meu rosto entendeu ? — Dean tenta se soltar, mas Sam não deixa.

— Me solta, agora ! — Dean grita desesperado .

— tente porque eu duvido que você consiga hahahah — Dean chuta o pênis de Sam que grita de dor. Dean consegue se soltar e correu o máximo que pode até a saída do bunker. Mais quando chega sente alguém agarrando sua cintura.

Sam chega perto do ouvido de Dean que sente calor— Você não vai fugir de mim. — Me solta Sam.

Sam coloca Dean em seus ombros . E Dean começa a se debater o que não adiantou nada, quando chegam ao quarto de Sam. Sam o joga em cima da cama. 

— Agora você ficar aqui trancado até aprender a me respeitar.

— Você não pode fazer isso eu sou seu irmão —Dean choraminga ao lembrar de tudo o que aconteceu nos dias anteriores.

— Eu não poderia mas eu vou. — Sam fecha porta e a tranca para que Dean não possa sair.

— Eu te odeio! — Dean grita para que Sam possa ouvir.

— E eu te amo! — Sam grita com sua ironia.

— Isso não é amor ! — Dean devolve.

— Para mim sim — E Dean ouve os passos de Sam, ele estava indo embora.

“-eu te amo, Sam” diz em pensamento.

1 DIA

Dean estava deitado na cama de Sam , com os pés para cima , vestindo uma camisa que ia uns dois dedos abaixo de sua bunda. Ele ouve a porta abrir e Sam entrava, com um pedaço de torta de limão em um prato na mão ele coloca em cima da cama e Dean pega a torta e começa a comer desesperadamente, ele tava morrendo de fome.

— Estava com saudade do meu Dean . Sam diz dando  sorriso que monstrava suas covinhas.

— Eu ainda sinto saudade do meu Sam, e eu ainda vou trazê-lo de volta.

Sam toma a comida de Dean , e a joga no chão.

— BABACA ! — Dean grita jogando o travesseiro em Sam que desvia e pega ele pelo pulso alertando com força para que doa e tava doendo.

— tá me machucando

— agora, você vai ficar mas 1 semana aqui. 

— EU TE ODEIO! — Sam solta Dean , e sai do quarto. E Dean começa a chorar.

1 SEMANA DEPOIS

DEAN

Dean anda muito enjoado esses dias, não sabia o que era, talvez fosse intoxicação alimentar mas ele nem tá comendo quer saber ele não sabe. Ele só queria descobrir um jeito de sair dali e encontrar uma maneira de curar seu Sammy.

SAM

Sam estava pensativo, pensando numa maneira de fazer Dean dizer que o ama. Ele ouve a porta abrir e vê Castiel.

— Hey Cas venho tentar me curar? — Diz em tom debochado. Cas ignora e coloca seu dedo em cima da testa de Sam.

—hmm não vai nem perguntar nem onde está o seu protegido? 

— Cadê Dean? O que fez com ele? — Cas tira seus dedos da testa de Sam, que se alivia.

— Calma, ele está bem, só está trancado no meu quarto. — Castiel corre até o quarto de Sam e usa a força de anjo para abrir a porta, Dean estava encolhido em um canto da cama. Ele percebe que Castiel estava ali e o abraça.

— Cas eu quero sair daqui ,— Dean choraminga — a gente tem curar o Sam.

— Vai ficar tudo bem, Dean — Cas tenta acalma-lo 

— Ah vai ; com certesa — Sam diz , em sua mão esquerda estava a espera de Caim. — Você escolhe Dean, você ou Cas?

— Dean, — Dean olha para Cas— Você não precisa ficar aqui, Você não merece. Você sabe que eu posso vencer.

— Saí Cas. — Dean diz nervosamente— DEAN! 

— Saí agora Cas. Por favor , cara. Eu vou ficar bem, eu vou conseguir curar o Sammy.

Castiel respira fundo, — Tudo bem, mais eu volto. — Castiel se despede e vai embora. Sam sorri. satisfeito.

— Você viu. Não pode fugir de mim, porque você é meu. E eu te amo, como nunca amei ninguém.— Sam declara e caminha em direção a seu irmão.

— É verdade — Dean concorda.

— Oi? — Sam franze a testa , surpreso.

— Eu concordo com você — Dean responde, espero que esse plano de certo.

— Isso quer dizer, que me ama ?

Dean beija Sam, e coloca suas pernas ao redor da cintura de Sam. Sam o deita na cama. E tira a camisa que Dean usava que era sua . Por sorte ele só vestia sua camisa.

... 

SAM

Quando eu já acordava percebi que não estava mais na minha cama, eu estava na sala, onde eu havia sido quase curado. Sam não via ninguém, até a porta ser aberta por Cas e Dean vindo atrás.

— você me enganou, vocês me enganaram , — Sam dizia enquanto tentava se soltar. — Vocês vão pagar por isso, Ah vão









Notas Finais


comentem , por favor.

안녕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...