1. Spirit Fanfics >
  2. Você nem imagina ( kim taehyung- Bts) >
  3. Cirurgia...

História Você nem imagina ( kim taehyung- Bts) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Eu queria agradecer pelos os favoritos 🥰 vcs são d+++++, sério

E dizer obrigada a todos os que comentam na fic isso me ajuda muuiito a continuar com a história. Sério Muito obrigado.😥

I PURPLE you 💜

Boa leitura 📚

Desculpa cap pequeno, minha criatividade não anda muito bem 😥

Música do capítulo de hoje :
Don't leave me - Bts 🎶

Capítulo 6 - Cirurgia...


Fanfic / Fanfiction Você nem imagina ( kim taehyung- Bts) - Capítulo 6 - Cirurgia...

      Anteriormente : 

Jm- Sn, nosso pai sofreu um acidente, e está internado no hospital, e pelo o que eu entendi, o caso dele é grave - fala, e vejo uma lágrima rolar pelo o seu rosto-

Atualmente :

Sn- como assim ?, Endoidou de vez jimin ?, Eu acabei de ver ele agora em casa, como isso é possível - pergunto para o mesmo, e acabo deixando uma lágrima rolar pelo meu rosto-

Jm- olha eu não sei o que aconteceu, nossa mãe só falou que ele estava no hospital em estado grave, não sei mais de nada -fala secando as lágrimas-

Sn- mais em qual hospital ele está ? -falo descendo de cima do carro- 

Jm- vou te mandar a localização - diz e escuto um barulho do meu celular, avisando que uma nova mensagem havia chegado

Sn- você vem comigo ? - pergunto já sentando no banco do motorista- 

Jm- não, pode ir na frente, eu vim com o meu carro.

Jm- te encontro no hospital 

Sn- ok....- falo dando partida no carro- 

Ligo o GPS do carro e, saio do parque cantando pneu pelas as ruas da cidade tão bem conhecida por mim, então vejo que era um hospital que ficava não muito longe do parque 

~ 15 minutos depois ~

Acabo de estacionar meu carro no estacionamento é logo depois tiro uma foto de mais ou menos ele estava, para mim não esquecer depois, então saio do estacionamento  e logo de cara já vejo minha mãe brigando com a recepcionista.

Sm- menina, presta atenção em uma coisa, se eu quiser amanhã você estaria no olho da rua, então antes que eu me estresse, me fala como estar o meu marido sua imprestável - fala a mais velha, em meio aos berros- 

Sn- Mãe se acalma - vou a sua direção, e a levo para sentar em uma cadeira que tinha alí na recepção-

Sn- oque está acontecendo ?, Porque você está gritando com a pobre coitada da recepcionista ?

Sm- eu estou aqui faz meia hora, e ninguém teve a decência de me  falar alguma coisa - diz com a voz falha em meio as lágrimas - 

Sn-deixa eu ver se consigo alguma coisa - falo indo em direção a recepcionista-

Sn- oi, eu quero saber sobre o meu pai, o paciente ********, e por favor não demore - falo sendo o mais gentil possível-

recepcionista: a única informação que eu tenho é que, ele está em cirurgia, e é de alto risco

~ E antes que eu podesse responder alguma coisa ~

Sinto uma mão ser colocada em meu ombro 

Jm- deixa que eu assumo daqui - fala forçando um sorriso

Sn-tem certeza ?

Jm- tenho sim, pode ir agora, Nossa mãe precisa da gente...

Sn-qualquer coisa me chama ok ?

Jm-pode deixar...

Logo depois vou em direção a minha mãe e a encontro chorando novamente.

Sn- Mãe eu vou lá pegar uma cpido de água pra você ok ? Fica aqui - falo dando um beijo em sua testa- 

Ando um pouco e não encontro o bebedouro, então pessoa informação para uma enfermeira que estava passando por alí

Sn- com licença, a senhora pode me passar uma informação ? 

Enfermeira : claro senhorita, ele fica logo ali virando a direita no corredor 

Sn- obrigada - falo seca-

Acho o bebedouro então encho um copo até a medade, e quando eu estava quase saindo me deparo com aquele coreano de novo.

Sn- A não, isso só pode ser perseguição, oque você quer aqui ?, Veio atrás de mim ? 

Jk- é lógico, até porque eu ia saber muito aonde você estava né - fala em um tom de deboche-

Esse babaca acha que está fala com quem ?

 Por um lado eu estava sem ânimo nenhum para arranjar briga, e no outro, eu não ia aguentar desaforo desse coreano de meia tigela né

 então pego o copo com a água e jogo no mesmo. Logo depois saio andando como se nada estivesse acontecido

Chego na sala de espera e me deparo com a minha mãe, toda feliz abraçando o meu irmão, mais oque será que aconteceu pra ela está tão feliz ?, Será que são notícias do meu pai ??

Sn- estão felizes porque ? 

Sm- filha o médico que estava operando o seu pai, acabou de nos dar a notícia que ele está fora de perigo, e que a cirurgia foi um sucesso, e que amanhã de tarde vamos poder ver ele. - fala fazendo transparecer um sorriso de lado a lado- 

Jm- Mãe acho melhor a gente ir para casa, amanhã a gente volta de novo, a senhora precisa descansar, está aqui já faz um tempo

Sm- não filho, eu não vou sair daqui

Não me deixe, eu acredito, comece a correr você é meu batimento cardíaco sem fim, não importa o quanto a chuva caia, não importa oque a escuridão apague, eu, definidivamente te salvarei, você não está só ~ Don't leave me ....


Continuo ....????


Notas Finais


Iai oq acharam ??

Espero que tenham gostado

Quero mandar um obrigado em especial para a Gabyamafanfic que sempre está comentando aq, obrigada meu anjo 💜🥰

Me desculpem o horário ...

Comentem avontade, fuiiii 🥰 ****capítulo sujeito a mudança******


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...