História Você nunca foi real - (MiChaeng) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink, TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jennie, Jihyo, Jisoo, Jungyeon, Lisa, Mina, Momo, Nayeon, Rosé, Sana, Tzuyu
Tags Blackpink, Twice
Visualizações 88
Palavras 1.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii! Desculpem a demora, o arquivo não salvou... Estou reescrevendo esse cap... Desculpem s demora!!!

Capítulo 10 - Parque de diversão


Pov Mina

[Busan - Ter 16:37 PM]

Saí do quarto e fui até a piscina.

Entreguei a toalha as meninas, e as mesmas sorriram agradecendo.

-Vamos em um parque de diversões? -Pergunta Momo

-Boa ideia! -Disse Sana

-Vou pedir da mamãe, aí a gente vai. -Dito e elas concordam com a cabeça

[...]

Estávamos prontas para ir ao parque.

Minha mãe deu dinheiro, pra comprar entrada e lanche.

Mamãe disse mais cedo que estaria livre a tarde, então ela vai conosco.

-AAH! EU TÔ MUITO ANIMADA! -Gritou Momo dando pulinhos e batemos palmas.

-Calma! Ainda nem saímos. -Disse Sana me fazendo rir

-Desculpa! Acho que exagerei um pouquinho. -Dita Momo rindo

Ouvimos batidas na porta, e Sana foi abri-la

-Sra Myoui já está pronta. -Disse a empregada

-Vamos! -Dita Momo pegando sua bolsinha

Peguei a minha bolsa e a de Sana também.

Fechei a porta e desci as escadas em direção a porta de entrada.

-Eu só vou olhar vocês, certo? -Pergunta minha mãe

-Se a senhora quiser... -Disse Momo

Entramos na limousine e o motorista deu partida.

[...]

-AAAAH! EU TÔ TÃO ANIMADA! -Disse Momo

-Calma menina! -Dito rindo junto com a Sana.

-Vamos primeiro na barca! -Dita Momo

-Vamos sentar bem na ponta. -Dito

-Vamos entrar na fila, antes que não dê tempo. -Dita Sana nos puxando pra fila.

Assim que entramos no brinquedo, Momo começou a ficar muito animada. Estava estranhando essa criança

-Tá doida, Momo? A gente só sentou no banco. -Disse Sana rindo

-Eu estou muito animada, só isso. -Dita Momo

A barca começou a balançar, balançando devagar, por enquanto

-Uhuul! -Disse Momo

-Segura nesse troço! -Sana e eu dissemos juntas

A barca balançou mais alto, e cada vez mais ela ia indo mais alto

-Essa barca fica em pé? -Pergunto

É! Ela fica em pé sim, só percebi quando ela ficou em pé mesmo.

-AAAH! -Gritou Sana

-Ai! Que exagero, ela tá parando já... -Disse Momo chateada

Descemos da barca e fomos em outro brinquedo. No caso... O primeiro que vimos em nossa frente...

Roda Gigante

-Ela é mesmo muito grande! -Dita Momo -Vamos nela! -Disse Momo nos puxando pra fila

-Você já escolheu a barca. É a vez da Sana. -Dito

-Ah! É verdade. -Dita Momo

-Vamos na montanha russa? -Dita Sana

-VAMOS! -Momo disse

-Mas a cadeira é pra dias pessoas, não pra três. -Dito

-Somos bem magrinhas. -Disse Sana nos puxando para a fila

[...]

-Vão as três? Perguntou o moço que controlava a montanha russa.

-Sim! -Eu, Sana e Momo dissemos juntas

-O banco pra três é lá na frente. -Disse o moço apontando com o dedo.

-Okay! -Disse Sana

Momo sentou primeiro, Sana e depois eu.

Em pouco tempo, a montanha russa começou a andar

-Olha o tamanho da descida! -Disse Momo apontando com o dedo.

-Estamos no primeiro vagão. (sla o nome dos troço) -Dito e Sana ri.

-Vamos morrer nessa subida! -Dito e as duas riem

Me segurei com uma mão em Sana, e a outra na barra pra segurar, Momo se segurou também.

Sana segurou na barra e se abaixou um pouco por conta do medo

E lá estávamos nós... No topo da subida

Estava prestes a descer até que...

-AAAAH! -Grita Sana

-Não berra! -Dita Momo

-Ué! Por que parou? -Dito

-Eu acho que... -Momo é interrompida pela montanha russa começando a andar -Faz parte do brinquedo!

A descida foi horrível! Desceu tão rápido que "levantamos" do banco de tão reta que era aquela descidescuro na mais uma vez, deu um berro alto.

-Eu vou morrer! -Falou Sana rindo de nervoso

-EU NÃO TINHA VISTO ESSE LOOPING! -Grita Momo apontando para o Looping

Tinha outro Looping logo atrás do primeiro

Ele subiu tão devagar que ficamos uns 10 segundos de cabeça pra baixo...

[...]

-Minha vez se escolher o brinquedo. -Dito e as meninas assentem -Vamos na casa dos horrores! -Dito

-Mas lá é horrível! -Dita Momo

-Mas é claro! Se não fosse horrível não se chamaria "Casa dos Horrores". -Dita Sana de forma óbvia

-Com medo estou. -Dita Momo nos (Eu e Sana) fazendo rir

-Vamos logo! -Puxo as duas pelo braço

Entramos na fila do brinquedo e esperamos por nossa vez

-Vão as três? -Dita a moça que controlava o brinquedo

-Sim! -Dito

-Esperem o próximo vagão. -Dita e um "casal" passa em nossa frente

Okay... Vamos esperar um POUCO MAIS

-Podem vir! -Dita a moça

Sentamos nos brinquedo, Momo na ponta, eu no meio, e Sana na outra ponta

A moça encaixou o sinto em nós e apertou um botão, fazendo o brinquedo andar

-É tão escuro! -Dita Sana

-Não consigo abrir os olhos! -Dita Momo me abraçando

-Abre logo os olhos! -Dito

-Eu não vou enxergar nada do mesmo jeito, está tudo escuro! -Dita Momo abrindo os olhos devagar

A mesma gritou alto, assim que abriu os olhos.

-AAAAAAAAH! -Sana, eu e Momo gritamos juntas. Apareceu um palhaço horrível em nossa frente, até que o carrinho virou.

-Odeio palhaços! -Dito logo depois ouvindo um "Não deveria odia-los", tipo voz de fantasma -Ouviram isso? -Dito

-Você deve estar ficando louca, Mina. Ou está apenas querendo nos assustar. -Dita Sana rindo

Quero sair daqui! Estou mesmo ficando louca!

Uma parede com quadros, foi iluminada, nos mostrando fotografias, nos seguindo com os olhos

-Isso é estranho! -Momo deu sinal de vida, pois estava muito quieta -AAH! -Grita Momo -Algo tocou no meu braço! -Dita Momo

-Relaxa! É uma casa dos horrores, nada aqui é real! -Dito

-Está me dizendo que eu não existo? Eu estou nesse brinquedo com você! -Dita a voz de fantasma

-O que? -Pergunto

-"O que" o que, Mina? -Dita Sana

-Não, nada! -Dito

[...]

Demos muitos gritos, até que saímos do brinquedo, pois o mesmo parou no meio do caminho.

Havia uma placa escrito "Tente não olhar para trás, e saia do vagão" E assim fizemos

O vagão voltou a andar sem nós nele

Caminhamos e caminhamos, ouvimos alguns barulhos atrás de nós

-Isso está dando arrepios... -Dita Momo baixinho em quase um sussurro

-Não olhem para trás! -Dita a voz do brinquedo nos fazendo correr

-O que é isso? É um brinquedo ou isso é de verdade? -Fala Momo enquando corre

Paramos em um local muito escuro, e no final vimos uma "pessoa"

-O que é isto, agora? -Dita Sana

-É um zumbi! -Dita Momo brincando e logo depois rindo

-Ei Momo! Eu acho que é um zumbi de verdade! -Dito e a mesma se surpreende

-É de cera, olha! -Sana toca no zumbi, e o mesmo se mexe correndo atrás da mesma

Eu corri atrás dela e Momo também, logo o zumbi parou de nos seguir

-Ia me deixar lá sozinha? -Pergunta Momo emburrada

-Acho que sim, se não corresse atrás de mim.

[...]

Saímos do brinquedo e era vez de Momo escolher outro brinquedo.

-Vamos naquele! -Ela diz apontando para o brinquedo que girava, e cada vez que ele levantava, mais as pessoas gritavam

Ele começava deitado. Ele era uma roda gigante que começa a girar muito rápido só que deitada, e ele ia levantando até ficar em pé. Isto é: As pessoas ficavam de cabeça para baixo

-Vamos nele? -Dita Sana com medo

-Claro! Vamos rápido! -Momo nos puxou para a fila...

Quando chegou nossa vez, fomos na capsula de 3 pessoas. Sim! É uma cápsula

Eram cápsulas de 2 e 3 pessoas.

Sana sentou atrás, Momo no meio e eu na frente

O moço fechou a cápsula, e nos preparamos

-M-Momo, podemos trocar de lugar? -Pergunta Sana com medo

-Claro! Assim posso ver tudo mais alto! (A: A cadeira de trás era mais alta, a do meio era média, e a mais baixo é mais baixa óbvio. Era tipo: Grande, médio e pequeno. (De trás pra frente) entenderam né?)

Sana e Momo trocaram de lugar.

-Quer ficar na frente? -Perguntei

-N-não precisa! -Sorriu nervosa

-Troca logo! -Me sentei no lugar do meio e Sana sentou na frente -Melhorou né? -Perguntei

-Sim! Bem melhor! -Dita Sana

A parte da frente tinha mais lugar pra segurar, e era mais fechtem

O brinquedo começou a girar

-Eu vou morreeeeer! -Gritou Sana

Eu segurei na Sana quase a abraçando de tanto medo que essa menina tem.

-Ta muito altoooo! -Gritou Momo rindo logo em seguida





















[...] Continua?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...