1. Spirit Fanfics >
  2. "Você tem que aproveitar a oportunidade" >
  3. "You gatta seize the opportunity"

História "Você tem que aproveitar a oportunidade" - Capítulo 4


Escrita por: silvaapa

Capítulo 4 - "You gatta seize the opportunity"


O dia já era outro, e s/n acordou com uma animação inimaginável para mais um dia de trabalho, após aquele jantar e a DM que Jonhnny deixou em seu instagram... quem pudera, aquilo foi um sinal verde para uns possíveis flertes.

S/n

- Bom dia meninos, como dormiram? Hoje nossa agenda será uma gravação para uma entrevista e no final do dia sessão de fotos

Mark

- Jóia, você vai em todos os compromissos junto né?

S/n

- rsrs irei sim.

Já na metade do dia, todos estavam tirando os 15 minutos de descanso, quando Johnny se aproxima

Johnny

- Leu minha mensagem ontem? O que acha?

S/n

- Li sim, fiquei muito sem graça. Você faz isso sempre com as staffs novata?

Johnny

- Só as mais bonitas (ele ri), brincadeira... eu quase não tenho a oportunidade de conhecer pessoas, não me atraio fácil assim.

S/n

- Sério? Um rapaz tão bonito... mas também com uma agenda tão cheia, até entendo sua parte.

Johnny

- Pois é, mas quando aparece a chance, tem que aproveitar né S/n? (sorrindo de canto)

Narrador

O assunto termina ali, pois tiveram que se colocar nos lugares para realizar a entrevista, último trabalho do dia.

Os flertes eram reais, S/n tinha certeza, que tinha chamado atenção de Johnny e S/n ainda não acreditava sobre tudo o que estava acontecendo.

O final do dia chegou e já era noite quando S/n estava no dormitório até que escuta a porta bater

Era Johnny

 

S/n

O que eu faço? Ele veio até aqui (entrou em pânico)!!! Vou lavar meu rosto rapidinho... Já vou abrir (diz em tom alto).

(abre a porta)

Johnny

- Ah, então eu te achei, sabia que esse era o andar dos staffs, quase bati na porta errada rsrs. Posso entrar?

S/n

- Pode, entra. Mas aconteceu alguma coisa?

Johnny

- Você sumiu depois que terminamos a entrevista, queria te ver. Se quiser eu saio

S/n

- Pode ficar (com o rosto corado). O que tem na sacola?

Johnny

- Eu peguei um vinho da geladeira, se importa de dividir comigo? Se não vou ter que beber tudo, porque certamente Jaehyun já se deu falta da garrafa (ele ri)

Narrador

Os dois se sentam na mesa, já com as taças cheias

Johnny

- Espero não estar sendo muito rápido, mas notei que você respondeu positivamente aos meus sinais, por isso eu aproveitei a oportunidade para vir até aqui.

- Uma coisa que você não sabe, não é só eu quem ficou encantado com sua presença, Mark, Jae, Haechan também... só que eu quis vir primeiro rsrs

S/n

- Eu não vou mentir que vocês são bem atraentes também, mas eu não pensei nessas intenções primeiro. Estou aqui para trabalhar...

Johnny

- Mas agora você e eu não estamos trabalhando

Johnny pega a cadeira e puxa para perto enquanto coloca mais vinho na taça de S/n

- E se eu vier mais vezes aqui?

S/n

- Contanto que ninguém saiba

Johnny

- Eu vou ser a última pessoa a querer que alguém saiba de algo, pelo menos meus chefes ou a mídia.

S/n boceja e Johnny percebe que o cansaço havia tomado conta de ambos.

-Foi um dia puxado né?

S/n

- Sim, e faltam ainda tantos dias, mas estou gostando disso... uma experiência nova, em todos os sentidos.

Johnny

- Vou te deixar dormir. Nos vemos amanhã certo?

S/n balança com a cabeça afirmando.

Enquanto ambos terminam a taça de vinho, Johnny pega sua blusa e se apronta para ir embora, ele deixa a garrafa na mesa e pede para S/n guardar para uma próxima visita dele.

S/n o acompanha até a porta e antes mesmo que a maçaneta pudesse ter alcançada, Johnny segura a cintura de S/n e pergunta: - Sim ou não?

S/n responde “Sim” e Johnny se aproxima delicadamente, subindo a mão esquerda para a nuca e com um aperto mais intenso na cintura, beija S/n de forma lenta.

S/n tremia um pouco pelo nervosismo, mas logo ficou confortável e depositou seus braços nos braços de Johnny, acariciando das mãos ao ombro, sentindo os ombros largos.

Conforme o beijo acontecia, o ritmo ia aumentando.

Johnny é um rapaz alto e para ajudar no beijo, Johnny se abaixa na altura das coxas de S/n (sem parar o ato) e coloca as mãos na região, puxando S/n para cima. Quando S/n percebeu, estava com suas pernas entrelaçadas na cintura de Johnny, onde ele usava a parede como apoio. As mãos de Johnny apalpavam toda a coxa de S/n e o beijo se tornava cada vez mais intenso e molhado...

S/n sentia que Johnny estava excitado, era notável a vontade que ele beijava, a forma que ele pegava e acariciava S/n e um outro detalhe perceptível era o membro de Johnny que estava ereto. S/n imaginou “N” coisas naquele momento.

O celular de Johnny toca e a realidade volta à tona. Ele olha a notificação e logo diz:

- Me desculpa, mas nem vou esperar tocar de novo, com certeza estão me procurando, preciso ir S/n

Johnny beija S/n por cerca de um minuto e se apronta para definitivamente voltar ao dormitório

S/n

- Eu entendo, bom descanso Johnny, agradeço por ter vindo (tocando os lábios)

Johnny

- Agora que começamos, temos que terminar né?

S/n assentiu com a cabeça e logo fechou a porta.

Já era tarde da noite e quase sexta feira, S/n deixou tudo arrumado para o dia de amanhã e foi descansar.

Certamente S/n iria sonhar com a continuação, se não fosse o celular ter tocado no momento

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...