História Você teve sua chance - Capítulo 6


Escrita por: e xiao_ana

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Brigas, Exo, Minseok, Paixão, Sehun
Visualizações 21
Palavras 928
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


xiao_ana
Capítulo novin saindo!! ;)

Capítulo 6 - Capítulo 5- Ele me ama?


Fanfic / Fanfiction Você teve sua chance - Capítulo 6 - Capítulo 5- Ele me ama?

                                              POV  S/N

    -S/n!! Espere!- Sehun disse.

    Xiumin disse alguma coisa, mas eu não ouvi, nem queria ter ouvido. Naquele momento eu só queria me afastar daqueles dois idiotas o mais rápido possível. Droga, S/n, droga, droga, droga!! Como eu pude ser tão...  Idiota?! Era óbvio que algo de errado aconteceria. Minseok tinha me rejeitado, de uma forma humilhante e cruel. Se do nada ele veio e resolveu transar comigo, com certeza não tinha coisa boa na história. Mas por quê? Não foi o bastante me fazer chorar? Tinha mesmo que me iludir, e me fazer acreditar, mesmo que por pouco tempo, que poderia haver algo entre nós? Eu deveria esperar algo assim da parte dele...

    E quanto ao Sehun, eu me sinto péssima. Não consigo tirar da cabeça o olhar que ele me lançou enquanto gritava comigo. Ele está certo. Eu sou uma pessoa horrível. Eu o magoei, o único amigo que eu realmente confiava e me sentia segura. Ele sabia desde o começo que o Xiumin não era bom pra mim, e depois de tanto tempo eu me entrego ao cara que me fez tão mal. O que foi que eu fiz? Será que ele me perdoaria? Droga, S/n, por que você sempre consegue estragar tudo?

   O Sol já está se pondo, e eu preciso voltar para casa, mas eu não posso voltar. Tanto Sehun quanto Xiumin sabem onde eu moro, eles podem tentar me encontrar, e a última coisa que quero agora é ter que ver um desses dois... Desses dois... AAH depois eu penso em algum insulto. Já estou estressada demais com tudo que aconteceu. Espera, Lisa!! Lisa é a minha melhor amiga desde que eu tinha uns 8 anos. Faz dois dias que eu não falo com ela, mas ainda assim não vou voltar para casa. Pego meu celular. Por favor, esteja online!!

                                               CONVERSA ON

EU: ah... Lalisa? Você está aí?

LALISA: S/n!! Achei que nunca mais fosse falar comigo! Tava até preocupada! O que houve?

EU: Bom, ultimamente eu tenho passado por umas coisinhas, longa história. Enfim, eu sei que é um tanto inconveniente, mas eu poderia dormir na sua casa hoje?

LALISA: Ah, mas é claro que pode!! O que aconteceu, S/a?

EU: Chegando aí eu te explico, vai ser melhor.

LALISA: Ok então, já estou esperando.

EU: Obrigada, Lisa! Já já chego aí, me aguarde!

                                         CONVERSA OFF

                                         POV  XIUMIN

   - Isso ainda não acabou, Sehun. Você mexeu com o cara errado.

   Digo isso e empurro o portinha guarda-costas para fora do quarto, em seguida fechando a porta na cara dele. Deito-me na cama, e enfio a cara no travesseiro. “AAAAAAHHHHH”, eu berro. Merda. Essa é a palavra perfeita para resumir como tudo está agora. Uma perfeita MERDA. E daquelas beeeem grandes. Bom, deixa eu refletir um pouco sobre tudo isso...

   De repente eu comecei a seguir a S/n até a casa dela, por prazer, e quando percebo, ela sai de casa, vestida com uma roupa e maquiagem um tanto quanto... chamativas, se é que me entendem. Essa com certeza não é a S/n que eu vejo todos os dias, mas me deu uma vontade de... Sei lá, ter algo a mais com ela, só pra me divertir um pouco sabe, e foi isso que eu fiz. Agora, eu não faço a mínima ideia de como o idiota do Sehun Descobriu o que eu estava fazendo, e teve a coragem de entrar no quarto e interromper meu “joguinho”, que sequer começou direito. Depois disso teve toda aquela discussão e blablabla, enfim, agora eu to sozinho, numa cama de motel, deitado com a cara no travesseiro e pensando sobre o que acabou de acontecer. Como será que a S/n está? Será que eu a magoei muito? Ela está bem? Está falando com o Sehun? Não, espera aí, eu estou me preocupando demais... Não pode ser... Eu não paro de pensar na S/n, tudo que ela fez por mim. Droga, será que eu estou... Apaixonado? Não pode ser... Eu devo só estar confuso e estressado. É. Só stress. Acho melhor eu ir tomar um banho e dormir. Não vou pra casa, afinal, já paguei esse quarto, agora não vou sair.

                                   POV S/n

   - (...) Então, foi isso que aconteceu. – Suspiro, aos contar toda a história para Lisa.

   - Nossa, S/a, que situação hein... Sabe o que eu acho?

   - O quê?

   - Analise os fatos comigo, amiga, O Minseok não para de te olhar, te seguir e até tentou dormir com você, e o Sehun te protege e cuida de você como se você fosse uma princesa e ele, o cavalheiro. Isso não é meio óbvio?

   - O que você está querendo dizer, Lalisa?

   - Aiai, S/a... Sehun te ama.

   Começo a rir, mais de nervosismo do que de graça. Não é possível. Ou é? Realmente, Lisa está certa. Existe essa possibilidade de ele me amar, mais eu duvido, ainda mais agora que deu essa confusão toda... Ele deve estar furioso comigo!! O jeito que ele falou comigo...

   - ATA. Conte outra, menina. Vamos ir dormir, porque essa conversa já passou dos limites. – digo, tentando disfarçar o nervosismo.

   - É só pensar bem, S/a.

   Reviro os olhos. Lisa vai se arrumar para dormir, e eu também. Quando saio do banheiro, vejo uma criatura toda largada na cama, quase rezei uma ave Maria achando que era o chupa-cabra, mas era só a Lisa. Credo, menina largada! Deito-me e começo a pensar...

   Vendo tudo que eu já passei com o Sehun, tudo que ele fez por mim... Será que é verdade, mesmo? Oh Sehun... Me ama?


Notas Finais


Erros? Desculpa aí, releva ksksk
Espero que tenham gostado, até o próximo cap!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...