História Você vai continuar a ser minha... (NaruHina) - Capítulo 12


Escrita por: e Lele_Lightwood

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Kizashi Haruno, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Matsuri, Mebuki Haruno, Minato "Yondaime" Namikaze, Mitsuki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Longfic, Naruhina, Naruto, Shippuden
Visualizações 381
Palavras 2.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie, tudo bom com vcs? Então aqui tem mais um capítulo para vcs... Eu iria postar ontem, mas tô muito nervosaaaaaaa com esse capítulo, por que? Por que vai ser meu primeiro Hentai que vou escrever então deve estar uma bosta, desculpa mesmo! Mas se vcs quiserem ler e opinar vai ser bem legal, mas vcs que sabem kkkk

Capítulo 12 - Fazenda, Lago, Hentai... Perai, que?!


Fanfic / Fanfiction Você vai continuar a ser minha... (NaruHina) - Capítulo 12 - Fazenda, Lago, Hentai... Perai, que?!

Pov's Hinata

Fiquei maravilhada só com o lado de fora da casa, fazenda ou eu sei lá, a única coisa que sei é que com certeza não é pequena! Fala sério, isso deve ser cinco vezes minha casa ou até mais! Se isso é pequeno queria saber o que é grande para ele...

Senti o mesmo tocar e depois começar a segurar minha mão, o loiro começou a andar e tive que ir também, deixou o portão aberto e o carro para o lado de fora, isso que é se sentir seguro, caminhamos em uma estrada de terra que foi feita pelos carros de tanto passarem...

- Normalmente, Sasuke e Sakura vem comigo até aqui... - ele falou com um sorriso no rosto, esses três ficaram muito unidos, sorri com meu pensamento - Ah, outra coisa. Minha mãe quando vem junto com meu pai e sempre trás retratos, ou seja, a casa tem mais retratos do que o que, ás vezes me pergunto como ela arruma tanta foto!

Tive que rir, diferente dos pais do Naruto, os meus nunca ligaram muito para foto ou coisas em família, não somos muito unidos até hoje... Principalmente meu pai, nunca dando muita atenção aos meus problemas e do Neji, sempre deixando minha mãe muito sobrecarregada por causa da casa, família, ser mãe, escola dos filhos, tudo sempre foi ela que cuidou.

Mas gostava de pensar que Naruto pelo menos tinha os pais que merece, ás vezes, quando converso com Sakura, ouço a mesma me contar que o loiro sempre foi um pouco isolado no começo e muito ignorado pelos alunos mais velhos da turma. O legal é que ele sempre está sorrindo e não se incomoda mais com isso. Admiro ele demais por isso, por toda essa força.

- Entendo, mas agora só tô mais curiosa. Quero muito ver essas fotos! - eu disse fazendo com que nós dois soltássemos risadas - Me diz uma coisa, a porta tá aberta? - perguntei fazendo ele me olhar confuso

- Sim, bem, acho que sim... - ele respondeu e meu sorriso aumentou - Por qu...

Sai correndo em disparada em direção a porta, ouvi Naruto começar a correr também, ótimo! Ele caiu na brincadeira, soltei uma risada alta e apressei minha mini corrida, cheguei na porta e abri com tudo entrei quase caindo no chão, mas ainda assim eu continuei correr igual mendigo que roubou comida, vi várias portas e resolvi largar meus saltos e abrir a porta mais próxima de mim, já que o loiro estava quase tocando em minha blusa, assim que abri aquela maldita porta cai em um lago... peraí, um lago? ele também pulou já que estava perto demais, na verdade caiu.... kkkkk ri me esquecendo de que não sabia nadar

- Eu ia tentar te avisar mas vi que cai de novo nessa pegadinha chata... - Falou ele fingindo estar tristonho mas quase se matando para não rir

- Naruto! Eu não sei nadar! - Falei tentando não me afogar naquela água ridícula que poderia me matar, com os braços e pernas agitados só me deixando cair para baixo mais ainda (O autora, tem como cair para cima?!)

- Espera aí.... - Ele nadou ate mim e me tirou da agua colocando numa borda de terra que tinha e depois saindo também

- Cof, Cof você comentou sobre cair nessa pegadinha de novo não foi? - Perguntei pensando se ele já tinha caído nesse lago antes, também tentando mudar de assunto, pois vendo melhor, o lago nem era fundo - E como aconteceu? - Queria saber se foi mais engraçado do que agora

- Tá, vou te contar a história - Ele deu um leve sorriso - Antes de ter mais amigos eu não tinha nada para fazer, não gostava da escola, não gostava de ler, nem mesmo de brincar, era cansativo mas também era bem chato ficar sem fazer nada só vendo a Sakura saindo por ai com as suas amigas, lendo algo, comendo... Era somente na escola  que era popular já em casa eu iria prefirir dormir do que outra coisa  então soube que passei de ano e iria ir para mesma faculdade que Sasuke meu melhor amigo e que nesse tempo todo meu pai tinha mandado fazerem uma fazenda bem grande... Fomos lá para conhecer já que tinham acabado de construir e aí eu corri para dentro não sabendo que todos esperavam que eu abrisse essa porta e caísse dentro do lago até mesmo a Sakura sabia desse lago - Ele falou apontando para a porta e dando uma pausa - Assim que abri a porta do lago, eu cai e escutei eles rindo de mim, então dei o louco e taquei todos eles dentro da agua gelada, mas foi um dos melhores dias da minha vida... Tipo um dos mais engraçados!

Gargalhamos juntos na beirada do lago, agora olhando de novo, é um lugar muito bonito, tinha plantas falsas em todo o redor, a água brilhava e era transparente, dava para ver as pedras azuis e verdes ao fundo, a mini cachoeira de mentira fazia um som muito agradável para o lugar.

- Queria ter visto a sua cara quando isso aconteceu... - ri de novo e ele me deu um tapa leve no ombro o que me fez rir mais.

Reparei em como estava escuro, quando sai correndo acabei não reparando pela luz forte que alguns postes traziam... Mas agora na água dava para ver coisas muito poucas para o lado de lá, o lado mais distante.

- Naru, você pode acender as luzes? Quero ver a casa toda iluminada! - eu disse, tentando disfarçar meu incomodo com as luzes apagadas, não era medo, mas era ruim para mim ficar no escuro completo

- Claro, vamos voltar para dentro e depois vemos qualquer coisa... - ele falou. Mas tenho a impressão que ele sabe o que quer fazer e só não está me contando... O loiro se levantou e me ajudou a ficar de pé também

Demos a volta no lago "artificial" e fomos caminhando lentamente em direção a porta, no caminho o maior foi apontando para lugares aleatórios e me falando sobre o que tinha ali, só que não dava para ver por causa da escuridão. Também contava sobre brincadeiras e micos que ele e Sakura haviam tido ali, ri de muitos que ele falava.

- Me espera aqui, eu já volto! - ele disse e saiu pelo pela porta do quarto. Ele havia dito que iria ligar as luzes de fora da casa e já voltava com as minhas malas e as dele...

Não pude não reparar a mobília do quarto, tinha um quadro acima da cabeceira da cama com o símbolo do clã Uzumaki, os móveis encaixavam direitinho com a cor creme do quarto e como Naruto tinha dito no local havia muitos porta-retratos com fotos de todo tipo espalhadas em cima dos móveis.

Passei os olhos em cada uma, não saindo do lugar, Mas em uma de tantas, minhas pernas quase foram sozinhas. Caminhei até uma de muitas e peguei o porta-retrato com as mãos, a foto era antiga.

Hatake Kakashi, tio do Naruto, estava com as duas mãos na cabeça de Sasuke e Naruto, Sakura estava no meio dos dois garotos e o Kakashi estava atrás com um sorriso no rosto, mas tampado em uma máscara, desde que me lembro ele sempre gostou de usar máscaras pata tampar metade do rosto.

Naruto estava com uma expressão de fúria virado para Sasuke, o mesmo só olhava para o lado oposto do loiro com um olhar de indiferença, enquanto Sakura sorria virada para a câmera, todos os quatro usavam bandanas, me pergunto que tipo de brincadeira eles estavam brincando, mas ok...

Senti duas mãos circularem minha cintura, olhei para baixo, logo já sabia quem era, com aquela pele bronzeada não dava para confundir!

Ele chegou perto do meu ouvido, senti sua boca úmida atrás da minha orelha, me fazendo ter breves arrepios

- Se não me falha a memória, a senhorita me deve algo... - ele disse sussurrando no meu ouvido de uma maneira sexy, me fazendo lembrar do dia que eu estava presa no quarto com ele... Ele tinha que ter esquecido disso, ou não... Pera que?!

- Jura? Eu acho que você vai ter que me ajudar a lembrar... - deixei o quadro no móvel e me virei para ele, colocando minhas mãos em volta do seu pescoço, fui puxada para um beijo quente e cheio de desejo.

- Eu não me importo em te fazer lembrar... - ele disse entre o beijo que cada vez aumentava a temperatura

Minhas pernas envolveram sua cintura e ele colocou as mãos nas minhas coxas, indo em direção a minha bunda, caminhou até a cama e se deitou em cima de mim, agora com as mãos apoiadas aos meus lados para poder se apoiar em algo.

Ele chupou meu pescoço e gemi baixo quando ele começou a chupar mais forte, ele lançou um sorriso malicioso com que acabou de ouvir, o que me fez ficar excitada rapidamente, senti suas mãos invadirem minha cintura, seu movimento foi delicado ao puxar minha blusa para cima como se fosse a coisa mais simples do mundo.

- Não sabe o quão esperei por isso nos últimos dias... - ele falou baixo, mas ouvi perfeitamente, botei minhas mãos no cós da calça e comecei a empurrar para baixo, o loiro me ajudou a retirar e ela tomou o mesmo destino que as outras: Qualquer canto do quarto.

Ele começou a baixar um pouco, indo em direção aos meus seios ainda cobertos pelo sutiã que o loiro não fez nenhuma cerimônia em retirá-los do meu corpo, logo junto com o short e a calcinha. Abocanhou um dos meus seios e começou a fazer tudo que tem direito, com mordiscadas, chupões e outros, tombei minha cabeça para trás sentindo o prazer surgir.

- Isso... - falei com um tom manhoso alto o bastante para ele ouvir, gemia fraco e respirava pesadamente, logo ele trocou do direito para o esquerdo e começou a fazer movimentos circulares com o polegar naquele que havia sendo deixado há alguns segundos atrás

Com as pernas ainda envolta da sua cintura senti que ele ainda estava com a cueca e a blusa, para mim, uma tremenda injustiça! Minhas mãos tomaram as laterais do seu rosto e o trouxe para um beijo nada calmo, por assim dizer...

Busquei por seu pescoço e distribui beijos e chupões pela aquela extensão, tirei sua blusa e foi minha vez de jogar para qualquer canto, fiz uma trilha de beijos e passei a língua nos gominhos da barriga definida dele, fui abaixando até chegar no tecido fino da cueca...

Tirei aquele tecido indesejado no momento e joguei por aí, seu membro saltou para fora e pude perceber o certo volume e ereção que se encontrava no local, botei só a cabeça na boca primeiro, dando mordidas e lambidas pela extensão.

- Não me tortura desse jeito... - ele disse entre gemidos e suspiros pesados, ri com o comentário do mesmo e comecei a botar mais na boca, ouvi os gemidos ecoarem no quarto, estavam ficando mais altos o som de prazer se espalhar

O loiro pegou suas mãos e pressionaram meu cabelo fazendo botar  o máximo que consegui, se passaram segundos daquele jeito e ele me puxou para cima, buscou meus lábios e beijou fortemente, deu uma mordida no lábio inferior e senti um gostinho de sangue fluir.

Naruto colocou as mãos nos meus joelhos e abriu minhas pernas, ele olhou para minhas coxas e depois para meus olhos, carregava o sorriso mais erótico do mundo, corei um pouco e ele começou a me penetrar, merda, como aquilo doía!

- Ah! - gemi alto há sentir ele começar a ir cada vez mais fundo e mais rápido, conseguia sentir minha intimidade pulsar em torno dele, fechei meus olhos e joguei minha cabeça no seu pescoço, escondendo minha cabeça - Isso dói... - falei baixo, queria que fosse só para mim...

- Imagino... - o loiro disse, e pelo jeito, ele ouviu também

Gemíamos juntos, a dor não me possuía mais e era um sentimento de prazer se espalhando pelos dois corpos do quarto, sentia o orgasmo chegar e não parecia que o dele também demoraria muito, rebolei timidamente e ele  juntou, nem sei como foi possível, nossos corpos.

- Eu acho que vou... - Naruto disse

Assenti e nesse momento, ele se retirou de mim e gozamos juntos, sentindo o líquido escorrer pela minhas pernas, o loiro se deitou ao meu lado e coloquei minha cabeça na sua barriga, do jeito que eu estou cansada, vou apagar em qualquer segundo.

- Eu te amo, sabia? - foi a última coisa que ouvi antes de apagar completamente

xx Horas depois xx

Acordei do mesmo jeito que dormi, com a cabeça na barriga do maior e daquele jeito, levantei, meio com dificuldade e não queria acordar o Naruto, entrei no banheiro e demorei uns vinte minutos no banho, coloquei só uma blusa do Naruto que encontrei, que em mim, ficava um vestido curto, sai do quarto com cautela para não acordá-lo e fui para a sala, me sentei em uma das cadeiras da mesa e comecei a pensar na minha situação de hoje em dia e resumindo tudo: Minha vida é muito confusa!

Me despertei quando alguém começou a ligar para o celular do Naruto, era um número desconhecido, então não faz diferença entre eu ou ele atender, tem? Atendi e botei na orelha, demorou alguns segundos até que alguém começar a falar

-Olá, eu só queria avisar que já estou em Konoha, preciso resolver algumas coisas, mas não vão demorar, eu juro! Sei que está louco de saudade que nem eu! Quero muito te ver! -

Ela não havia desligado, provável que esperasse alguma resposta. Mas meu mundo tinha acabado de virar de cabeça para baixo! Eu reconhecia aquela voz, a voz da mulher que estragou quatro anos da minha vida, eu não poderia esquece-la. Mas o que ela e o Naruto tem haver agora?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Gente, primeiro de tudo: Eu comecei uma nova fanfic, ela é SASUSAKU e eu sei que tem pessoas que não gostam, mas se vc quiser passar lá e ler, seria bem legal, aí vcs podem comentar e me dizer o que acharam, é muito bom ver os comentários de vcs! Segundo, eu sei que não sei fazer aquelas cenas e desculpem, mas essa última eu acabei de pensar nisso!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...