1. Spirit Fanfics >
  2. Volks, O Garoto mais rápido do mundo >
  3. Uniforme completo

História Volks, O Garoto mais rápido do mundo - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa pela capa pois n sei desenhar

Capítulo 3 - Uniforme completo


No dia seguinte, Peter estava muito cansado por conta de ontem, acordou 9 horas da manhã e foi direto tomar café no Starbucks que tinha perto de sua casa, lá na cafeteria, encontrou Carl e conversou com ele sobre seu traje e também disse que daria pra usá-lo ainda no mesmo dia.

-Você viu o novo sabor de café do Star Bucks?- Perguntou Carl a Peter.

- Sim, parece ser uma delícia-respondeu Peter.

-É más...17 dólares em um café, isso é roubo!- exclamou Carl.

--Verdade, mas...Peter, você acha mesmo que consegue ter essa responsabilidade imensa de ser um Herói?-Perguntou Carl.

---Não acho! Tenho certeza, presciso me VINGAR, Freddie está quase morrendo no hospital!--Exclamou Peter.

-Bem...se você acha então Ok, ah e eu adicionei um novo item no seu capacete...UMA PEQUENA JBL. -disse Carl feliz.

--Ah e eu fiz um protótipo da luva e fiz um uniforme. - Disse Peter.

--Bem... não um uniforme é um terno que eu vou usar junto com o capacete, vai ficar bem estiloso- Continuou Peter.

-- É vai ficar legal mesmo- concordou Carl.

-Então vamos lá pra casa?- Perguntou Peter.

-Vamos, eu quero ver essas luvas- Disse Carl levantando em direção ao balcão para pagar seu café.

Os 2 amigos estavam andando em direção a  casa de Peter até que passaram pela mesma rua onde Freddie levou um tiro.

-Essa rua não me trás nem um tipo de sentimento bom-Disse Peter.

--Verdade, foi aqui que passei o maior medo da minha vida-Disse Carl.

--Freddie foi bem corajoso de ir pra cima daqueles bandidos...um verdadeiro Grifinório.-Disse Peter.

Quando os dois amigos chegaram na casa de Peter já foram para o porão pois, Carl estava muito ansioso pra ver aquelas luvas.

---Então, onde está o protótipo das luvas?- perguntou Carl.

--Em cima da mesa, você acha queeu acho que vou testar agora.- Disse Peter.

Carl pegou a luva e começou a examinar por bastante tempo até dizer:

--Peter...essa luva não é um protótipo, essa luva já tá praticamente pronta!-Disse Carl feliz.

-- Sério?...Jurava que prescisava de mais coisas!- Exclamou Peter.

-Sim, olha só, com esses sugadores e lançadores de energia, ela já fica forte e protegida, então não prescisamos da amardura por cima igual iríamos fazer!- disse Carl Feliz.

---Então o uniforme está pronto?-Perguntou Peter.

--- Sim!- Exclamou Carl.

---Então da pra experimentar hoje?-Perguntou Peter ansioso.

--Com certeza!- Exclamou Carl.

--Bem... então vamos para os testes?-Perguntou Peter.

--Sim vamos!--Exclamou Carl.

--Más calma...e as botas?-Perguntou Peter.

--Ah estão na minha mochila, eu terminei lá em casa-Respondeu Carl.

---Então vamos testar logo!--Exclamou Peter.

Os amigos foram até uma quadra de futebol antiga onde ninguém ia para testar as botas e as luvas.

--Vamos lá Peter coloca as luvas e as botas. -Disse Carl.

-Beleza me passa as botas!-disse Peter.

-Pega aí!-Disse Carl ao mesmo tempo que jogava as botas.

As botas caíram no chão ativando o botão que iria fazer Peter voar, e sairam voando.

--O que você fez!?--Exclamou Peter.

--Era pra você pegar! --Exclamou Carl preocupado.

As botas chegaram a 50 metros do chão até que explodiram!   

--Aaah-Gritou Carl.

--E-e-spera...a-a-gora não sei se tô feliz de saber que elas iriam e-e-xplodir antes de testa-las, ou se estou com raiva por que vamos ter que fazer o-o-utra.-Disse Peter com uma cara de espanto.

Carl olhou com uma cara de espanto pra Peter até que começou a rir:

--Háháhá...aí ai você deveria ver sua cara háhá-Riu Carl.

--Por que você está rindo? --perguntou Peter.

--Isso foi uma pegadinha há há há, aqui as botas verdadeiras estão aqui-Disse Carl ainda rindo.

--Háháhá Ai ai você me pegou direitinho-Riu Peter enquanto pegava as botas verdadeiras.

Depois de Peter calçar as botas e colocar as luvas, iniciaram-se os testes, a primeira tentativa não foi muito bem sucedida pois enquanto Peter estava no ar lançando raios suas botas pararam de funcionar, e quando ele estava prestes a cair, elas voltaram a funcionar:

--Ah que susto!-disse Peter espantado enquanto descia para o chão.

Uma chuva forte estava chegando más Peter não queria ir embora pois prescisava aprender como usar os itens por completo.

--Peter vamos embora!-Gritou Carl.

---Não uma chuvinha não irá me parar!-Gritou Peter.

--Más esse chuva está forte e suas luvas sugam raios!--Exclamou Carl.

Alguns instantes depois...

-É mesmo! Eu vou descer-Gritou Peter.

Peter estava tentando descer más não conseguia, suas botas pararam de funcionar.

---Não consigo descer Carl!-gritou Peter.

Na mesma hora que Peter gritou, sua luva sugou um raio fazendo sua bota voltar a funcionar deixando Peter cair com força no chão, quebrando suas luvas, botas e seu capacete.

-Peteeeer não!-gritou Carl enquanto ia em sua direção.

                 No dia seguinte...

No dia seguinte, Peter acordou em uma cama de hospital com Carl que estava do seu lado.

--Peter! Que bom que você acordou, bem então, seus pais vieram más estavam muito ocupado com o trabalho então tiveram que ir.-Disse Carl.

--Ca-Ca-Carl...o que aconteceu?-Perguntou Peter.

--Bem nós estávamos testando as luvas e as botas e quando você estava tentando descer, um raio te acertou, más, os médicos falaram que você aguentou e já está bem...disseram que foi um milagre.-Disse Carl.

--Más, eu não estou sentindo mal, e sim, muito disposto, e-e-eu não posso levantar?-Perguntou Peter.

-Ainda não, você acabou de acordar-Disse Carl.

Duas horas depois...

Peter já estava em casa, más estava se sentindo estranho. até que viu algo no seu jardim se mexer, pensou ser o cachorro da vizinha que sempre entrava dentro de seu quintal, e tentou correr más não conseguia, até, que sentiu uma energia muito forte e começou a correr na velocidade da luz!

Continua...








 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...