1. Spirit Fanfics >
  2. Volta da lua... >
  3. Gavetas - Capítulo único.

História Volta da lua... - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


• Eu disse que estava cheia de ideias pra escrever no Fandom de Hp?! E aqui estamos!!!! Dessa vez com o James e Lily e de brinde Sirius e Remus!!!!

•A imagem do Capítulo não me pertence, créditos aos devidos criadores.

• Espero que gostem e uma boa leitura!!❤️

Capítulo 1 - Gavetas - Capítulo único.


Fanfic / Fanfiction Volta da lua... - Capítulo 1 - Gavetas - Capítulo único.

Remus andava tranquilamente pela sala de estar observando Sirius e James rindo enquanto brincava com Harry e a vassoura de brinquedo, o pequeno soltava altas gargalhadas enquanto os dois fingiam um jogo de quadribol.

— E ele marcou dez pontos!— James gritou contente quando Harry jogou a bola vermelha entre um arco improvisado.

— Certeza que vai ser artilheiro!— Sirius comentou contente pegando Harry em seu colo, o pequeno Potter batia palminhas contente com a agitação.

— Vamos apostar então, acho que ele vai ser apanhador!— O Potter mais velho esticou a mão para o Black.

— Apostado!— Ambos apertaram as mãos confiantes com suas decisões.

— Por que Lily ainda não desceu?— Remus questionou curioso, estavam na casa a quase uma hora e nem sinal da mulher.

— Ela está de mal humor... Faltou me azarar quando perguntei se ela estava bem...— James coçou a nuca enquanto se recordava do ocorrido mais cedo.— Mas ela não se importa que durmam aqui, ao menos foi o que ela me falou.

— O que acha de fazer o jantar? Para ela não ficar mais brava...— Sugeriu Sirius enquanto fazia caretas para Harry que ria escandalosamente em seu colo.

— Ela vai ficar mais brava se eu inventar de cozinhar!— O Potter suspirou rindo.

— Oras Prongs , eu sei cozinhar!— o Black revirou os olhos e caminhou até a cozinha.— Venha me ajudar e Moony distraia a Lily enquanto fazemos o jantar!

— Por favor, de preferência algo comível e que não mate ninguém só com o cheiro.— o Lupin brincou escutando alguns xingamentos voltados a si enquanto subia as escadas em direção à sua procura por Lily.

Ao escutar um possível grito de raiva, abriu com cuidado a porta do quarto de Harry e viu a ruiva resmungando alto sentada no tapete marrom com diversas roupas e brinquedos a sua volta.

— Cairia o dedo manter tudo arrumado?! James não consegue trocar o Harry sem transformar as gavetas e o quarto em um caos! Por Merlin!— Ela disse com raiva enquanto dobrava algumas peças de roupa e as colocava dentro da gaveta.— Na próxima vou o acertar com a gaveta para ver se assim ele aprende!

— Nesse caso, você teria uma gaveta quebrada e um James atordoado e possivelmente morto com a pancada.— Remus riu entrando no quarto e se encostando na parede recebendo um olhar severo da mulher.

Ela nada disse, ficou calada organizando tudo a sua maneira enquanto resmungava baixo em alguns momentos.

— Remus...— Chamou se virando para ele.— Você deixou o Harry sozinho com o James e o Sirius?— Arqueou uma sobrancelha e franziu o cenho.

— Sim.— Respondeu rápido, porém ao ver ela com uma feição de raiva se arrependeu.

— Você deixou meu filho sozinho com os dois?!

— Tecnicamente um deles é pai e o outro padrinho... Então acho que não tem tanto problema...— Ao ver que ela se levantou, começou andar em direção a porta com cuidado e devagar.

— Remus Lupin, Você deixou meu filho sozinho com o pai e padrinho dele?!— Ela questionou com o tom visível de raiva em sua voz e expressão.

— Sim...— Ele esticou o braço procurando o trinco da porta, ao sentir o objeto abriu a porta rapidamente e saiu o mais rápido que pode.

— Que cara de pânico é essa Moony?— Sirius questionou curioso enquanto picava alguns pedaços de abóbora sob a pia.

— Viu um bicho papão?—James estava mexendo alguma coisa no caldeirão, parecia algum líquido verde, enquanto mexia a perna balançando o carrinho de Harry.

— Eu vi foi a sua esposa brava!— Ele colocou as mãos no joelho respirando profundamente.

— James Potter!— Os três se entreolharam ao escutar o berro da mulher, não demorou para a mesma aparecer no batente que ligava a cozinha a sala de estar.— Como você ousa bagunçar a gaveta de roupas do Harry novamente?!

— Aquilo? Eu não sabia qual roupa colocar nele, aí fiquei procurando alguma...— Ele coçou a nuca.— dá para arrumar rapidinho com magia...

— Sem magia em casa! Se esqueceu?!

— Mas Lily...— Ela o interrompeu.

— Sem mas! Não quero magia debaixo do teto dessa casa!

— Por que isso agora?— Sirius questionou se metendo na conversa.

— Por que eu decidi!— A ruiva bateu o pé contra o chão.

Os três se calaram e trocaram um rápido olhar, enquanto o pequeno Potter batia palminhas e ria fitando o padrinho.

— E se vocês sujarem essa cozinha ou queimarem alguma coisa, acho melhor vocês se esconderem em algum buraco, pois vou azarar vocês até não sobrar um fio de cabelo!— Lily caminhou até o carrinho e pegou Harry em seu colo, deu um último olhar raivoso para os três e saiu em direção a escadaria.

— A panela Prongs! Olha direito essa panela!— Sirius apontou nervoso para a panela com medo de ser queimada.

—Um jantar, eu só queria um jantar!— Remus começou passar as mãos sob o cabelo nervoso.

Após um jantar totalmente em silêncio, a não ser pelos murmúrios de Lily e palmas de Harry, o clima na casa ficou um pouco mais tranquilo enquanto James e Sirius organizavam a cozinha com falsos sorriso e Remus brincava com Harry e seus blocos coloridos, e Lily  é claro observava tudo sentada no sofá.

Não demorou e todos foram se deitar, Sirius e Remus dividiram o quarto de hóspedes como sempre ocorria, enquanto o Black dormia o outro ficou acordado fitando a parede, estavam no período próximo a lua cheia, o que o deixava inquieto.

O quarto estava em total silêncio, tanto que quando a porta foi aberta Lupin quase saltou da cama assustado, porém ao ver Lily parada na porta carregando um colchão e um travesseiro ficou sem entender a situação.

— James está roncando, não consigo aturar ele.— Explicou sem demora enquanto colocava o colchão entre as camas de solteiro.— E Harry não vai dormir se eu entrar no quarto.

Remus nada disse, Sirius sequer se mexeu devido ao profundo sono. Voltou então a fitar a parede até começar escutar resmungos da ruiva.

— Tudo dói, eu não aguento... Quero morrer!— Ela começou rolar pelo colchão com as mãos em sua barriga.

Foi então que ele entendeu toda a raiva da mesma desde cedo.

— Aquela parte do mês Lily?— perguntou não querendo parecer grosso.

— É... Acho que vou chorar!

— Eu também estou naquela parte do mês.— Ela o olhou espantada.— Calma, é só a lua cheia!

Ele riu, mas então notou a face de dor dela, rápido se levantou e caminhou até a própria mala pegando uma barra de chocolate que sempre levava.

— Vamos, coma esse chocolate. Vai se sentir melhor.— Ele quebrou a barra ao meio e a entregou a outra metade.

— Okay...— Ela sorriu fraco pegando o doce.

— Eu também quero!— Sirius se levantou e rápido se sentou ao lado de Remus.— Vamos, estou com dor também!

— Aonde?— questionou o entregando um pedaço de seu doce.

— Barriga, quero comer também!

Na manhã seguinte, a Potter parecia mais calma e tranquila, andava sorrindo pela casa enquanto brincava com o filho, uma pessoa totalmente diferente da Lily Potter do dia anterior.

— Bom...— James interrompeu a conversa de Lily e Remus enquanto tomavam café da manhã.— Vou dar um banho no Harry e depois vamos ao Beco Diagonal, okay?— Ele questionou pegando o filho que estava sentado na cadeirinha ao lado da esposa.

— Seja rápido, querido.— Ela sorriu enquanto via ambos subindo as escadas.

Se passou quase uma hora, e nenhum sinal dos dois, o que causou certa estranheza para ela.

— Será que ele se afogou tentando dar banho no Harry?— Sirius questionou jogado no sofá.— Vou conferir!— ele praticamente saltou do sofá em direção as escadas.

Mais meia hora se passou, e nenhum sinal ou som dos três.

— Acho melhor eu ir lá ver eles...— Lupin se levantou da poltrona e correu para o segundo andar.

Outra meia hora se passou, e o silêncio continuava.

Lily se irritou, não era possível ainda estarem dando banho em Harry! Sem pensar muito se levantou do sofá e foi em direção ao quarto do bebê e abriu a porta bruscamente.

O quarto estava uma bagunça, roupas jogadas por todos os lados, fraudas espalhadas pelo chão, as gavetas abertas, James e Sirius completamente molhados enquanto Remus carregava Harry enrolado em uma toalha verde.

— James! Você bagunçou novamente a gaveta?!— Apontou furiosa para a cômoda bagunçada.— E todo o quarto?!

— Escute querida... Eu posso explicar!

Ela suspirou fechando os olhos, caminhou com calma até a cômoda e tirou uma das gavetas e começou olhar friamente o marido.

— Vou te ensinar como arrumar uma cômoda, querido.— James não ficou parado e saiu correndo do quarto até a sala, enquanto ela arremessou a cômoda do segundo andar e sem querer, acabou realmente o acertando.

Nesse momento, Lily Potter tinha duas certezas:

A primeira: Ela tinha quebrado a gaveta.

E a segunda: Ela tinha acertado James com uma gaveta e conseguiu quebrar ela nele.

— Acho que ela é mais perigosa nessa fase do mês do que você meu amigo.—Sirius comentou assustado ao lado de Remus que não tinha reação.

Com tudo, James aprendeu a nunca mais bagunçar a gaveta de roupas de Harry.



Notas Finais


• Espero que tenham gostado e agradeço por terem lido até aqui!!!❤️😔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...