História Voltando A Amar - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um capítulo para vocês,este fui eu quem escrevi ♥️

Capítulo 3 - Conflitos


Fanfic / Fanfiction Voltando A Amar - Capítulo 3 - Conflitos

Depois de Toshiaki ter me deixado em casa,entro pela porta e vou rapidamente até meu quarto,coloco a bolsa em um canto e sento na cama,ainda pensando nele,que tinha sido muito legal comigo,apesar de nunca ter me visto.

Eu ficava pensando se ele poderia ser apenas gentil assim,ou realmente gostou de mim. Paro pra pensar melhor e então coloco as mãos em minhas pernas e digo:

- Impossível,ele só está sendo legal comigo,afinal foi o meu primeiro dia nessa cidade e na escola..isso Ana.. Toshiaki só é muito simpático.

Depois de me convencer disso,fui direto tomar banho,e logo depois minha mãe me chamou para jantar e então fui até a cozinha e me sentei na mesa. Escutei uma notificação chegar em meu celular , enquanto estava comendo,mas só depois de terminar eu o peguei,e fui novamente para o meu quarto. Deitei-me na cama,e fui ver o que era a notificação,cliquei na balãozinho e vi que era do Facebook,uma solicitação de amizade,que para minha surpresa,a solicitação foi enviada por André,pensei e pensei,se aceitava ou não,de tanto pensar,outra solicitação apareceu e dessa vez fiquei bem feliz ao ver que era de Toshiaki. Sem ao menos pensar aceitei a solicitação dele,e a de André , e então deixei o celular de lado e fechei os olhos, depois de um tempo acabei adormecendo.

No dia seguinte acordei já me espreguiçando,e olhando para a janela,sentindo a energia do sol sob minha pele,o que fiz? Fechei as cortinas,e fui direto me arrumar para a aula,mas aí lembrei,que hoje era sábado e então me joguei na cama novamente,antes de poder cair no sono,meu celular vibrou e fui ver o que era.

Uma mensagem do André me chamando para sair,na hora que percebi do que se tratava dei um pulo na cama e cai no chão.

- Mas o quê? O que ele quer comigo? Estava todo estressado falando com o Toshiaki,são meio que "rivais"?

Falo colocando a mão na cabeça,pensativa ,mas logo depois outra mensagem aparece ,e era do Toshiaki.

- Olá Ana, tudo bem?

- Oi Toshiaki,estou bem e você? - já respondendo a mensagem e outra aparece.

- Vamos Ana,quero te conhecer melhor! - André.

Respirei fundo,e mandei uma mensagem dizendo que sim,logo depois ele mandou o lugar e o horário,levantei do chão e fui direto tomar um banho e começar a me arrumar. Depois de uma hora mais ou menos,estava pronta,coloquei meus sapatos e avisei meus pais,em seguida sai da casa e fui caminhando até o parque que André disse para eu ir..por que decidi ir? Bem,não tinha nada para fazer,e talvez conhecer pessoas novas me ajude,apesar de tantas coisas que já me aconteceram.

Ao chegar no parque,usando o celular de GPS,sentei em um banco que tinha lá,e comecei a observar as árvores,as flores que eram muito lindas,fiquei esperando por uns 5 minutos,até que vi André chegar correndo e sentar ao meu lado.

- Eai Ana! Estou muito feliz que veio! Te fiz esperar?

- Ah Olá,não , cheguei faz uns cinco minutos apenas.

- Hm entendi! Bem ,vamos? - ele diz se levantando e me puxando pelo braço,sem saber o que fazer,fui acompanhando André,até chegarmos numa fonte de água,era muito bonita.

Ele me deixou em frente a fonte ,e então pegou seu celular,e começou a digitar,eu não sabia o que era ,então apenas voltei o olhar para a água.

- André ON-

Enquanto Ana observava para a fonte,enviei uma mensagem para Toshiaki,dizendo que era para ele chegar aqui..por que fiz isso? Vou mostrar pra ele que eu ficarei com ela!

-Ana ON-

Comecei a mexer no celular,até que senti André se aproximar de mim,e então olhei para ele

- Por que quis que eu saísse com você?

- Não está na cara? Quero te conhecer, você parece ser muito legal - André diz se aproximando de mim lentamente.

- Ah.. obrigada eu acho.

André continua me olhando,e então eu viro o rosto.

- Você não queria estar aqui não é? - ele me pergunta em um tom meio triste

- N-não é isso! É que é meio estranho para mim,sair com um rapaz que conheci ontem,eu sou muito tímida sabe? - depois de me ouvir,André dá um sorriso,e segura em meu ombro.

- Não precisa ter vergonha, você está com o rapaz mais lindo dessa cidade,deveria se sentir orgulhosa.

Quando ele disse isso,a única coisa que senti foi raiva,minha expressão com certeza mudou naquele momento, simplesmente "fechei" meu rosto.

- Não acredito.. você é só mais um ….- falei tentando me afastar,mas ele acabou puxando meu braço com força e me trazendo para perto dele.

-Toshiaki ON-

Ao receber a mensagem de André,acabei indo até o local por curiosidade,pois não tinha muito o que fazer no momento. Quando cheguei,vi ele e Ana ,perto de uma fonte,confesso que fiquei irritado ao ver os dois ali,juntos. Fiquei uns minutos olhando até que vi André puxar o braço dela com força,comecei a caminhar até eles,e nesse tempo…

-Ana ON-

André estava muito perto de mim,e eu estava ficando nervosa.

- Me solta! - falei tentando me soltar das mãos dele,de repente ,ele segurou meu rosto e rapidamente me beijou. Quando senti isso,vi pelo canto dos olhos alguém chegar e me puxar para longe de André, depois de um tempo percebi que era Toshiaki,que estava bem sério.

- O que estava fazendo com ela?? Ta maluco!?- Toshiaki diz furioso ,ainda segurando em minha mão.

- E o que você tem a ver com isso? Ela estava gostando. - André fala em um tom,que me deixou com muita raiva.

- Não,eu não est- antes de terminar de falar Toshiaki entra no meio.

- Se encostar nela de novo,te parto ao meio.

Ele diz me levando daquele lugar,e eu sem saber o que dizer ou fazer,deixei me levar. Até que chegamos em um lugar, aparentemente, era a casa de Toshiaki.

- me desculpa por ter deixado aquilo acontecer

Olhei confusa para ele,não tinha culpa do que havia acontecido.

- por que está pedindo desculpas? Não é sua culpa.

Ele me olha sem jeito e então solta minha mão.

Ficamos um tempo olhando um para o outro,sem saber o que dizer até que ele decidiu falar.

- Bem..já que estamos aqui,quer entrar? - ele fala colocando a mão na nuca. Com certeza fiquei vermelha e não sabia o que responder.

- ah não precisa… acho que seria estranho.. - falei com o rosto avermelhado.

Ele balança a cabeça dizendo que não.

- é que pensei que gostava de animes e tal,achei que poderíamos jogar..

Sorri ao ouvir aquilo e então acabei aceitando.


Notas Finais


.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...