História Vossa Alteza, a.... princesa? - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Erika, Ezarel, Mery, Miiko, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Visualizações 56
Palavras 560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Não pode...


Dias se passaram depois do episódio da dispensa. Diana e Valk estavam cada vez mais próximos, e para todos no QG, era impossível não ver aquela a conexão entre os dois.

Ambos eram gozados constantemente por Ezarel, apesar de negarem que tinham algo. Nevra apenas lhe dava umas “dicas” do tipo “Tão querida, só é pena que Valkyon seja ciumento” e outros desse género.

As meninas tentavam, a todo o custo, arrancar algo sobre a sua relação a Diana, sempre sem sucesso.

Todas as noites, os dois amantes encontravam-se debaixo da cerejeira. Todas as noites, eles aproveitavam como se fosse a ultima vez que se estavam a ver. Todas as noites, passeavam de mãos dadas pelos jardins dentro e fora do QG. E todas as noites, todas as noites que passavam juntos, a vontade de continuarem juntos só aumentava.

Valk ia numa missão um quanto perigosa no dia seguinte. O nervosismo da garota era evidente por todos, especialmente pelo seu amado, que a tentava acalmar a todo o custo, sem sucesso algum…

Valk: É só uma missão de reconhecimento, Diana. Calma… eu volto logo à noite, a tempo do nosso encontro.

- Mas Valk, acidentes acontecem. E se acontecer um?

Valk: Ei, não precisa estar nervosa, eu vou ficar bem. Ok? – Ele passou o dedo pela bochecha da pequena, que fechou os olhos ao seu toque. Agarrou a sua nuca carinhosamente e aproximou-a de si, beijando-a. Ela colocou as suas mãos no peitoral dele, e assim ficaram por algum tempo. – O que acha de vir dormir comigo hoje? Se bem a conheço, não vai dormir nada hoje.

- Parece-me uma otima ideia.

Dando as mãos um ao outro, seguiram para o quarto do maior, tentando fazer o mínimo de barulho que pudessem. Ao chegar ao quarto, fecharam a porta e atacaram os lábios um do outro. As mãos do maior passearam pelo corpo da menina, como tantas vezes acontecia nos seus encontros, essas mãos foram parar ao quadril dela, apertando e puxando para cima, de maneira de que ela entrelaçasse as pernas em volta da sua cintura. Prensou-a na parede e beijou-a mais ainda.

Afastou-a da parede e seguiu para cama, deitando-a e ficando por cima dela. Os beijos ficaram cada vez mais suaves, Valkyon passeava suavemente com as suas mãos pelo corpo delicado da sua amada, acariciando-a. Com cuidado tapou a pequena, tapando-se de seguida, abraçando-a e beijando-a mais uma vez.

Valk: Boa noite, meu amor.

(…)

Já estava a escurecer, tinha sido um dia difícil para Diana. Andava de um lado para o outro, não tinha comido nada o dia todo e ainda não tinha noticias do seu companheiro.

Kareen: Diana, por favor, coma algo. Não comeu nada hoje.

- Não tenho fome…

Nevra: Por favor, Diana. O Ezarel está com o Valkyon, eles são dos melhores guerreiros aqui do QG, eles estão bem.

- Mesmo assim… ele disse que estaria aqui a tempo do jantar… já está escuro lá fora e ainda nada.

Do nada, uma figura ofegante chega a correr até à mesa onde estavam os três.

Ykhar: Eles… eles…. Eles…

- O quê?

Ykhar: Chegaram… eles… chegaram….

Diana levantou-se num pulo, correndo para a entrada do QG, onde se encontrava uma grande multidão. A princesa furou a multidão, chegando ao que todos observavam. Quando lá chegou, paralisou. Não era possível aquilo ter acontecido…

Não podia….


Notas Finais


Então... o que acharam, bolinhos?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...