História Vou guardar o seu amor! (Será atualizada) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Colegial, Jikook, Lemon, Namjin, Vhope, Yaoi
Visualizações 102
Palavras 1.415
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


💙Olá amores e amoras❤^_^

Gente essa fic foi a que menos chamou atenção, por assim dizer.
Então eu to querendo começar uma nova só que essa vai ser um romance original shoujo.

Eu gosto de escrever quando me sinto incentivada, os comentários e favoritos ajudam muito nesse aspecto, por isso as outras fic's tem mais capítulos.. obrigado a quem lê e comenta, vcs estão no meu coração sério, essa fic não é menos importante que as outras mas as outras tem mais atenção que essa..

Espero que gostem 💙❤

Capítulo 14 - É que mãe en...


Jungkook on*

Eu acordei e peguei meu celular, queria saber onde Tae se meteu, eu sei que ele estava com Hope, não era garantia que ele não ia fazer besteira.

Mensagem on*

Jk- Onde vocês estão??- Mando a mensagem e uns 5 min depois ele me responde

Tae- Aproveitando a viagem, não se preocupe talvez mais tarde a gente apareça por ai!!

Mensagem off*

Depois disso resolvi não mandar mais mensagem, olhei o relógio e ainda eram 9:10 resolvi voltar a dormir, me virei e abracei Jimin.

JHope on*

Taehyung tinha me arrastado pra três lugares noite passada, Balada, Festa de um desconhecido e Praia na verdade um piquenique na praia de madrugada, agora estamos deitados em um lugar bem afasto e escondido na areia olhando pro mar, Tae tá deitado no meu peito e eu abraçado na sua cintura

JH- O kook tá preocupado, não acha melhor voltarmos??- Ele levanta um pouco a cabeça e me olha

Tae- Não queria voltar agora..- Eu concordo com a cabeça rindo da sua voz manhosa- Ele não está tão preocupado, e outra..- Ele se levanta logo depois se sentando no meu colo e rebolando em cima da minha virilha, me arrancando suspiros- Ontem estávamos tão cansados que nem fizemos nada- Ele fala manhoso é eu seguro sua cintura o fazendo parar

JH- Estamos na praia e se alguém vê??- Falo me sentando e encostando na pedra grande que tinha ali, ele revira os olhos e segura minhas mãos voltando a rebolar e agora beijando meu pescoço

Tae- Eu escolhi um lugar muito longe e basicamente abandonado da praia, ninguém aparece aqui…- Eu jogo a cabeça pra trás e mordo meus lábios tentando conter o gemido, pois Tae rebolava e meu membro já estava ereto

JH- Ta-Tae… hmmm.. N-não sei.. aaaah..- Ele me olhou satisfeito com um sorriso sacana na cara- Seu..aah.. Tarado..- Falo o puxando pra mais perto do meu membro o mesmo puxa minha bermuda deixando exposta minha animação eu faço o mesmo com ele, ele logo senta no meu membro sem aviso, e geme alto me fazendo também gemer

Tae- Hooppii.. aah.. aa..- ele cavalgava e seus gemidos só iam aumentando, eu o jogo deitado na areia me deitado por cima do mesmo, e começo a estocar com velocidade e força, ele arranha minhas costas e fecha os olhos mordendo os lábios, abro um sorriso de canto e começo a mordiscar e dar chupões pelo seu peito pescoço, deixando bem marcadas- A-as.. pes-pessoas vão sa-saber ass-assim- Eu vou em direção a sua orelha mordendo o lóbulo

JH- Bom que elas saibam.. e outra a culpa é sua disso..- Falo é ele sorri, continuo dando estocadas fortes mesmo estando afastados juro que podiam ouvir a gente a uma longa distância, ele arranhava minhas costas com certa força e isso me dava mais prazer ainda, apertei suas coxas e o mesmo revirou os olhos, não conseguíamos mais conter os gemidos- E-eu..

Tae- E-eu tam-também…- Mais algumas estocadas e me desfizemos dentro dele arrancando um gemido alto de nós dois

JH- Como eu fui namorar um pervertido como você??- Disse tentando controlar a respiração, me sentei o segurando sai de dentro dele mas o mesmo continuou sentado no meu colo ele entrelaçou as pernas na minha cintura e eu fui andando até dentro da água que não era longe pois mais tarde aquele lugar onde estávamos estaria cheio de água em poucas horas, a água tava gelada o que fez a gente basicamente levar um choque já que estávamos quentes

Tae- Sou tarado mas você adora isso, a pergunta certa é..- Ele fala se soltando da minha cintura e ficando de frente pra mim- "Como foi que eu vivi tanto tempo sem um namorado pervertido como você??"- Ele fala tentando imitar minha voz, eu o beijo e o mesmo passa as mãos no meu peito e depois pelo resto do meu corpo- Como foi que EU vivi tanto tempo sem você?!!- Ele fala mais como resposta do que como pergunta, eu abro um sorriso e o beijo, depois mergulho

JH- Aquela hora eu ia dizer que te amo, então para de me atrapalhar..- o mesmo me beija e mergulhamos algumas vezes, depois saímos da água e vestimos as roupas, caminhamos pelo mesmo caminho e ainda eram 11:30 a praia estava basicamente vazia do lado habitado, pelo jeito ninguém tinha ouvido, mas só de olhar pro Tae dava pra perceber o que tínhamos feito, chegando no quarto do hotel Tae senta na cama e me encara

Tae- Porque na nossa primeira vez você queria que fosse tudo no escuro, e agora foi em um lugar completamente aberto e você não disse nada??- Ele pergunta mais vermelho que um tomate, mas direto, eu tiro minha camisa e viro de costa pro mesmo que logo se levanta e passa as mãos nas minhas cicatrizes já quase não visíveis- Oque é isso??

JH- Isso foi quando eu contei aos meus pais sobre estar apaixonado por um garoto do sorriso quadrado..- Digo rindo fraco mas o mesmo ri de lado sem graça, um sorriso que logo se desfaz- Não se preocupe eu to bem, lembra que eu moro sozinho, naquela noite eu queria mesmo fugir com você, queria te levar pra minha casa, mas tinha medo da sua reação caso visse as cicatrizes, mesmo eu sendo apaixonado por você a bem mais tempo que você imagina..- Eu falo e me aproximo esperando o mesmo se afastar, mas ele se aproxima mais ainda- Eu fiquei duas semanas sem ir pra escola

Tae- Eu lembro foram as semanas mais entediantes da minha vida..- Ele disse sorrindo fraco, e eu sorri por saber daquilo- Que bom saber que o sentimento e recíproco, mas é seus pais??

JH- Não sei deles, disseram que iam esquecer da minha existência e sumiram por aí..- Falo é me deito na cama, pra mim não faz diferença, eu os amo, mas não posso mudar o que sinto- De qualquer forma, posso continuar aproveitando a viagem com meu namorado??- Eu falo e abro os olhos pra olha-lo, Tae estava vermelho e pulou em cima de mim com um sorriso no rosto

Tae- Você ainda não me pediu em namoro- Ele fala ainda rindo e eu pego uma florzinha que tinha num vaso que tem na cabeceira de todos os quartos

JH- Que namorar comigo??- Ele concorda com a cabeça e me beija

Tae- Óbvio..- Depois disso saímos do quarto e vamos direto pro restaurante, ainda não tínhamos tomado nem o café da manhã, chegando lá encontramos com o pessoal

Jungkook on*

Tínhamos acabado de acordar e chamamos todo mundo pra ir tomar café no restaurante, na hora que sentamos vemos Tae e Hope vindo na nossa direção e abrimos espaço para os dois.

Todos- Bom dia..- Falamos e os dois respondem, mas não conseguimos ignorar as pessoas passando e olhando pra nossa mesa, algumas passavam rindo e cochichando

Jk- Oque vocês fizeram??- Eu falo olhando pros dois que olham em volta

Tae- A gente pode até ter feito alguma coisa, mas esse povo aí não tá olhando pra gente não- Ele fala é reparamos que eles encaravam Namjoon que mexia no celular de boa, e Jin que se encontrava mais vermelho que pimentão

Jk- A próxima vez façam menos barulho eu en..- Os pedidos chegam e comemos, quando saímos do restaurante eu recebo uma mensagem da minha mãe para que a gente encontrasse ela na frente do hotel

Assim que chegamos lá eu olho pros lados e não a vejo, damos a volta no hotel mas não a encontramos, ficamos parados na frente esperando que a dito cuja brotasse de algum lugar

Mãe- Nossa gente vocês demoraram- Ela fala e nós nos viramos vendo ela apoiada no braço de um cara que sorria pra gente- Antes que você fale alguma coisa sobre isso, o nome dele é Roger e é meu namorado..- Eu abri a boca pra falar mas ela me interrompeu de novo- E não se preocupe, ele não é um traficante e nem um chefinho de gangue que nem seu pai.. ele é empresário, e nós já tomamos café e já almoçamos também, era só pra avisar que eu to indo pro outro lado da cidade e que não precisavam se preocupar..- Ela termina de falar e eu não sei o que dizer, Jimin solta a minha mão e vai até minha mãe junto com Jin

Roger- É um prazer te conhecer rapaz, vou cuidar muito bem da sua mãe..- Ele fala apertando minha mão, eu logo me viro encarando seu rosto

Jk- Ela é MINHA MÃE- Falo num tom mais alto é ele virá pra mim é pisca um olho

Roger- É que mãe en....


Notas Finais


Espero que tenham gostado..💙❤💙❤ É eu não sei quantos capítulos ainda vão ter, então podem esperar mais alguns ok.. kkkk💙

Até a próxima amores e amoras..🍃❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...