1. Spirit Fanfics >
  2. Vou proteger você (sasusaku) >
  3. Capitulo 20

História Vou proteger você (sasusaku) - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


BOM DIAA MORES ^^
Vamos para o cap correndo que as coisa vão começar a esquenta

Capítulo 20 - Capitulo 20


                                      SAKURA NARRANDO

O vento frio do sul soprava forte, avisando que o inverno se aproximava.

puxei o coberto e me encolhi mais debaixo do pano na tentativa de me aquecer, mas logo notei a ausência de Sasuke. Me sentei sobre a cama e peguei o celular que estava sobre o criado mudo vendo hora logo em seguida eu o largo  lá novamente.

Sai decida a encontrá-lo, dei alguns passos até uma pequena sala onde ficava a lareira, ele estava lá de frente para ela, sentado sobre uma poltrona, com a mão sobre o queixo parecia esta pensando em algo. Seus pés estavam descalços e usava apenas um samba canção azul escuro. Me encostei sobre a parede, cruzei meus braços e passei a observa-lo já que ele não tinha me notado ali.

 ele olhava o fogo da lareira com tanta intensidade que o mesmo reflita em seus olhos e por um minuto pensei que talvez ele estivesse assim por que mais cedo eu havia confessado meus sentimentos por ele, talvez eu tenha pressionado ele, sera?!

Respirei fundo e em passo lentos fui ate ele e quando ele me notou me mirou com a mesma intensidade que mirava o fogo que esta queimando a madeira dentro da lareira. Sentei sobre seu colo de frente para ele, afundei minhas mãos em seus cabelos e ele fechou o olho relaxado com o carinho


- Esta chateado ? – questionei baixo e ele abriu os olhos lentamente olhando bem dentro dos meus


- Acho que eu que  deveria  ta te   perguntando isso ?! – respondeu com seu semblante serio


- Bom, talvez eu tenha te pressionando um pouco –falei abaixando a Cabeça, mas logo ele a levanto com o polegar a todo momento me mirando com aqueles olhos negros lindos que parecia vê minha alma


- Você só me cobrou algo que esta em seu direito – alisou minha bochecha


- Eu não quero que se senti pressionado ou obrigado a nada – continuei olhando bem dentro dos seus olhos - e eu sei que sente algo por mim, do seu jeitinho, mas sente – confessei, talvez eu estivesse me iludindo, mas eu sentia eu enxergava bem lá no fundo escondido por trás da confusão que tinha naquele olhar


- Sakura – falou baixo com a voz rouco -  nao espere demais de mim, não sou desse jeito – disse sério


- Sim você é!  - sorrir - Você e exatamente assim quando esta comigo - Então eu não deixei que ele falasse mais nada apenas o beijei e ele correspondeu com tanta intensidade e logo depois ele já estava tentando me despir - aqui não – sussurrei em seu ouvido – Izume ou ate mesmo Itachi pode acorda e vê a gente - tentei levanta mais fui impedida por ele


- Aqui! – disse olhando em meus olhos de uma forma autoritária agarrado a minha cintura, neguei com a cabeça enquanto ele beijava minha barriga e acariciava meus seios com as mãos, era impossível resistir, por mais medo que tivesse em ser pega,  eu não conseguia me desfazer dele, ele tinha esse poder sobre mim. Puxei seus cabelos para cima e o seu rosto veio junto, beijei seus lábios uma beijo terno, mordi seu lábio inferior me posicionei e sentei sobre o membro do mesmo sem solta seu lábio, gemi quando sentir ele me invadir


- Rosada danada – ele sussurrou com a voz rouca e eu sorrir satisfeita

...

Não demorou muito pro dia clareia, mas estávamos exausto a noite e a madrugada tinha sido um tanto agitada para nos e assim voltamos a dormi, não por muito tempo...

Era 10:18 da manhã quando Itachi bateu na porta


- Que foi ?– questionou Sasuke irritado


- Bom dia para você também – disse Itachi sarcástico - achei que depois da noite de ontem acordaria manso irmão – brinco e eu sentir minha bochechas queimarem


- E, eu teria acordado se você estivesse me chamando – rosnou Sasuke 


- Quem mandou fica a madrugada inteira trepando – rebateu Itachi, Sasuke levantou se e foi ate a porta


- Estava nós espionando? – perguntou com os olhos apertados


- claro que não, tinha coisa melhor para fazer – sorriu sarcásticos - mas deveriam ser mais discretos – alertou o mesmo - enfim o café esta pronto, vamos ao lago após o café vocês veem juntos? – Sasuke olhou para mim e eu confirmei com a cabeça e então ele voltou a olhar para a frente


- Vamos! – respondeu seco e fechou a porta na cara do irmão sem espera resposta


- Sasuke-kun – o repreendi e ele sorriu de canto


...

Após o café arrumamos as coisas saímos do chalé, seguimos por uma trilha que ficava atrás do mesmo. Ali era longe de tudo, isolado, mas era um lugar tão lindo, tão em paz. O verde ao nosso redor, os pássaros cantando era perfeito

- eu adoro esse lugar - comentou Izume com um sorriso de orelha a orelha


- E claro que adora – comentou itachi chamando a atenção para si – preferiu vir para cá, poderíamos está em paris agora!


- Paris eu deixo para a nossa lua de mel – piscou a mesma para ele


- Então vamos aproveita esse lago, pois falta pouco para o inverno e no inverno ele congela – comentou Itachi e eu olhei a minha frente e cada vez aquele lugar me surpreendia mais


- Isso e lindo demais – comentei boba. O lago  tinha agua cristalina, era possível enxerga o fundo do mesmo, vê os peixinhos nadando, as pedras e as plantes que ficavam lá dentro. Não era uma manhã quente, o sol estava tímido aparecia e sumia, Sasuke começou a se despir enquanto Itachi e Izume já Estavam lá dentro


- Você não vai ? – questionou me oferecendo a mão, confirmei com a cabeça e me desfiz das minhas roupas ficando apenas de biquíni na cor vermelho, segurei a mão de Sasuke e seguimos juntos para dentro da água...


- Vamos pega algo para come, vocês quer ? – perguntou Izume


- Não obrigada – eu ainda estava cheia do café


- Não! – respondeu Sasuke e assim Itachi e izume sumiram no meio da tria e enquanto eu os observava ir embora Sasuke enlaçou minha cintura por trás e depositou beijos sobre o meu pescoço


-Sasuke-kun – disse manhosa - Já Já eles voltam


- Não preciso de muito tempo - sussurro no meu ouvido. Estávamos no beijando, mãos  por todos os lados a empolgação no auge, mas logo ouvimos um tossido falso de Itachi


- Não se pode deixa-los a sós por dois minutos – reclamou o mesmo e Sasuke resmungou, enquanto Itachi e Izume comiam na beira do lago eu Sasuke estávamos dentro, eu jogava água ele enquanto ele tentava me pega...


- O Sasuke – grito Itachi chamando nosso atração e quando Sasuke o olhou ele mostrou o celular para o mesmo – Tem alguem ligando – disse em mais um grito


- Precisa atende ? – questionei estávamos em um momento tão divertido ele confirmou com a cabeça e eu fiz bico


- Pode ser importante – explicou-se e saiu o observei ir ate Itachi e pega o celular da mão do mesmo, após aperta sobre a tela levou o mesmo ao ouvido


- Oi! – disse o mesmo e esperou por resposta - sim, pode fala..– fala serio  - okay, em uma hora mais ou menos estarei ai, ate logo. – E pra minha decepção acho que íamos embora - SaKura – chamou-me assim que desligou a Ligação e eu fui até ele que já catava nossas roupas do chão - vamos embora! – disse serio


- Por que ? –questionei decepcionada


- Assim que de prometo que voltamos! – ele disse eu confirmei. Nós despedimos de Izume e Itachi e voltamos ao chalé, tomamos um banho rápido e pegamos a estrada de volta a cidade. A viaje seguia em silêncio, eu estava desapontada, nem tínhamos ficado 24 horas lá e já tivemos que sair correndo, podia parecer egoísmos, talvez fosse


- Esta chateada ? – questionou sério


- Estava tão bom! – confessei, acho que nunca me diverti tanto sorrir


- Vamos vir de novo – confirmei com a cabeça e depois o silencio volta a reinar ali e eu passei a foca na estrada ate que sentir meus olhos pesa. Mal dormimos a noite toda e decidi me entrega ao sono e quando eu estava quase dormindo, sentir meu estomago embrulha, minha cabeça girou

- Para o carro – pedi e Sasuke piso no freio e o cheiro de borracha queimada invadiu as minhas narinas fazendo o mal está fica bem pior... abrir a porta do carro em desespero o gosto amargo invadia minha boca e assim que estava já fora do carro vomitei tudo o que eu  comi no café. Sasuke desceu quase que imediatamente do carro deu a volta segurando os meus cabelos para trás


- O que aconteceu ? – questionou ele – por que não me avisou que não estava se sentindo bem ?


- por que eu não estava me sentindo mal, estava tudo bem ate a pouco – peguei o guardanapo que ele segurava - Você não precisava vê isso – eu estava com tonturas e o incômodo no estômago ainda estava lá


- Entre, vamos procura um hospital mais próximo – disse me ajudando a entra


- Não precisa, já estou bem melhor ! – me sentei sobre o banco do passageiro e ele deu a volta - acho que foi algo que comi! — comentei


- Pode ser, mas mesmo assim iremos a um hospital – disse sério


- E serio Sasuke-kun não precisa, eu devo ter comido algo que não me fez bem, já coloquei para fora e estou bem melhor agora – falei rápido pois não quero ir ao médico - dai misturou com a viajem de carro, o pessoal costumam dizer que da enjoos e foi o que aconteceu, já estou bem juro... – ele me olhou


- Está pálida! – disse me mirando nos olhos - se si sentir mal de novo, te levo ao medico nem que seja amarrada – confirmei com a cabeça e ele sorriu


- Você não me falou por que tivemos que volta tão de pressa ? – questionei, ele me olhou pelo o canto dos olhos e logo volto seus olhos para a estrada

...

                                        SASUKE NARRANDO

Eu esperava aquela ligação a dias, e finalmente eu a recebi...

Sakura acabara de passa mal e se fosse em outra ocasião eu a levaria ao medico sem nem ao menos pensar uma vez e nesse momento a mesma me olhava curiosa, querendo uma resposta


- Então – reforçou. Eu não queria da mas noticias para ela e nem da falsas esperanças, mas eu teria que falar algo


- Bom, quando nos mudamos Fugaku engavetou seu caso, alegou que fara isso por falta de provas e tals, mas na verdades foi mais uma forma de me castiga por esta indo contra ele – confessei e o semblante de Sakura que já não estava bom ficou pior


- Por que ele me odeia tanto? – questionou com os olhos cheios de lagrimas - nunca foi minha intenção o incomodar, me apaixonar por você, esbarra em ti e começa tudo isso. – falou irritada e com lagrimas nos olhos - a única coisa que eu quero e justiça pelo o que aconteceu a mim e pelo o que fazem com muitas garotas como eu por que isso o irrita tanto ?– e vê-la assim incomodava, incomodava tanto, eu queria proteger Sakura de tudo de qualquer dor, mas na verdade ela esta comigo já era um caminho onde ela ia se machuca no final – agora já era ... – falou desanimada - eles nunca pagaram pelo o que fez! – completou secando as lágrimas


- Ei calma – segurei em sua coxa tentando passar segurança – eu não  te falei nada por que tenho uma carta na manga – ela me olhou com curiosidade - Tsunade ela e uma promotora que trabalha só com casos especiais, tipo os seu – comecei e ela se interessou - e pra nossa sorte ela e tia de Naruto, eu fui até a mesma a uma semana atrás expliquei o caso para ela e ela se interessou, mandou um pedido para abrimos o seu caso com ela sendo a chefe e caso o pedido seja aceito eu poderei recruta uma equipe e vamos sim pôr cada um deles atrás da grades – O semblante de Sakura ficou mais animado


- Então foi ela que te ligou-  questionou com ânimo e eu confirmei - Então ela aceitou o caso ? – perguntou


- Eu não sei , ela pediu para irmos ate lá, mas mesmo que não aceitei, não ficara impune, farei justiça com minha próprias mãos – Sakura me olhou


- Mas vamos torce –disse me olhando com animo - deve ser algo importante para termos que ir ate lá – confirmei com a cabeça


- logo mais tudo isso acaba e você poderá te sua vida normal de volta no Brasil – ela me olhou diferente. Só de pensa que ela poderia ir embora algo dentro de mim se destroçava


- Quem disse que quero minha vida normal, muito menos voltar ao brasil – falou decida e pelo um parte sentir um alivio, mas por outra um desespero

...


                                       AUTORA NARRANDO

Em menos de uma hora Sasuke já estava estacionando em frente a promotoria. Sakura ainda não estava sem por cento, mas já sentia melhor e torcia mentalmente para que essa mulher aceitasse o seu caso e assim ele pode-se ter continuidade e todos aqueles que a fizeram mal apodrecessem na cadeia

- Bem vindos – disse Tsunade assim que ambos passaram pelo a porta


- Obrigada! – agradeceu Sakura, Sasuke apenas acenou formalmente com a cabeça


- Então essa e a Sakura... - olhe sakura  da cabeça a os pés


- Me de boas noticias Tsunde – Pediu Sasuke


- Bom, tive muita dor de cabeça, passei por cima de muitas pessoas grandes, mas como sempre conseguir – Sakura sorriu abertamente - prepare uma boa equipe Uchiha e não decepcione – Sasuke confirmou com a cabeça


- Eu posso pedi algo ?– perguntou sakura chamando atenção de todos


- Fique a vontade – disse Tsunade, Sasuke olhava sakura sem entender


- Quero fazer parte da equipe, quero esta em todos os confrontos e em todas a perseguições, por favor não me neguem isso – pediu decida


-Não - disse Sasuke - Não vamos arrisca sua vida, não tem preparação! – falou decido 


- Eu posso me prepara – rebateu sakura  decida


- por que quer tanto, por que quer arrisca sua vida ficando na linha de frente estando com um alvo preso a suas costa? – questionou tsunade


- Por que quero olha dentro dos olhos deles quando eles caírem, quero esta presente quando as meninas que estão presas, sendo humilhadas, violentada, machucadas forem soltas, quero está lá para que elas vejam que cumpri com que prometi, eu quero ajuda a salva-las – Tsunade olhava dentro dos olhos de sakura enquanto a mesma falava e quando ela terminou a loira sorriu


- E você estará! – disse Tsunade para o desespero de Sasuke


              Continua...


Notas Finais


E isso gente, tenham um otimo diaaa epsernando vcs nos comentarios


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...