História Noite Densa - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Personagens Originais
Tags Adrien, Amor, Amor Eterno, Beijo, Cat Noir, Céu, Chloe, Colegial, Densa, Heróis, Ladybug, Limite, Luta, Marinette, Miraculous, Miraculous Ladybug, Noite, Paixão, Paris, Plagg, Romance, Segredos, Tikki, Vilões
Visualizações 51
Palavras 1.316
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey Adrinettes tuduh boum? Segue mais um capitula da nossa incrivel Fic, Waiting For Love

Capítulo 3 - O Trato


Fanfic / Fanfiction Noite Densa - Capítulo 3 - O Trato

CASA DA MARINETTE

Ladybug após o combate, iria em alta velocidade e com movimentos rápidos de seu Iôiô, pararia assim intacta com suas pernas esticadas em sua varanda( QUEM SOUBER UM TERMO MEIOR PARA EU DIZ, POR FAVOR) e assim ao fincar os pés ao piso, a Transformação de Ladybug sairia na hora e assim apareceria novamente a roupa de Marinette com a mesma esticando suas palmas a frente e a sua Kwami, Tikki, cairia em tais palmas expressando uma cara como se estivesse passando mal.

Tikki: Mari..Marinette.

Marinette: Tikki? Meu deus, você está péssima!

Tikki: Gastei muita energia, Mari...eu preciso ficar de repouso e me alimentando por 1 dia quase.

Marinette: Mas foi uma batalha normal.

Tikki: Sim, mas A Belanotche possivelmente sugava as energias...e com certeza o Kwami dele deve estar passando isso!

Marinette: Ok, deixa comigo, te deixar descansando lá dentro.

Marinette assim, desceria as escadas de telhado e saindo assim na sua parte de sua varanda e indo até seu quarto, assim, ao chegar lá, pegaria parte de seu lençol de sua cama e parte do seu travesseiro assim cobrindo por cima da Kwami, Tikki , por completa e para evitar que Sabine ache a Kwami.

>> Tikki vai ficar bem provavelmente e bem acho que com esse tempo livre e dado pela escola...pesquisar sobre o crush na net << 

CASA DO ADRIEN

Cat Noir assim ao passar pelo vidro do quarto dele na Mansão Agreste, logo ao colocar os solados encostados ao chão, anel terminaria de apitar e assim Plagg sairia de perto de Adrien e indo cair ao chão, porém se agarrando na jaqueta do loiro e com uma reação quase identica a mesma Tikki.

Adrien:Plagg!! 

Plagg: Adrien..eu to bem não!

Adrien:Calma Plagg, vamos resolver isso!

Plagg:Só me deixe descansando e Quiejo.

Adrien:Ok...

Adrien assim subiria a escada em seu quarto indo até o andar de discos, livros assim pondo o Plagg em uma estante onde ao por o tal lá, tiraria de seu bolso um papel e cobrindo o mesmo para evitar que pegasse friagem por seu estado muito amostra.
              Em seguida, Ao Adrien estar descendo as escadas, Nathalie bateria sob a porta do quarto do mesmo Loiro.

Nathalie: Adrien, posso entrar?

Adrien: Claro, Nathalie.

Nathalie assim entraria no quarto junto com o segurança particular do loiro, deixando o garoto confuso e pensando que fez alguma M.

Adrien: Hãm o que houve?

Nathalie: Bem o seu Segurança iria sair a rua para comprar uns itens essenciais que o Sr. Agreste havia pedido e pensei que gostaria de sair um pouco. Tive a Liberdade de pedir a seu pai e ele concedeu, além de hoje sua agenda ter cancelado pelo fotografo cancelar em ultima hora.

Adrien( Quase pulando de alegria): Claro, eu quero, o que estamos esperando?

Adrien daria um abraço na mesma Nathalie que seria pega de surpresa e demonstrando espanto porém permitindo e em seguida, Adrien sairia correndo de seu quarto e indo até a parte de fora da Mansão onde estaria a sua Limosine entrando na mesma e esperando o segurança.

>> Será que o Plagg vai ficar bem? Sim, deve ficar bem? << 

Assim, Segurança sairia da Mansão e adentrando a Limosine e sentando na cadeira com o volante, saindo da Mansão dirigindo o veiculo e logo, dirigia pelos locais de atração turistica por causa do mesmo Adrien , mesmo com o Loiro nem ligando para as mesmas. O mesmo dirigia até chegar na Padaria dos Dupain Cheng. 

>> Espera, eu conheço essa padaria, do lado do colégio...ESPERA! A padaria dos pais da Marinette << 

Logo, Segurança pararia o veiculo na vaga proxima e possivel, assim saindo do carro e com presa , antes do Adrien pudesse abrir a porta, abriria antes para o garoto sair, estranhando.

Adrien: Hãm..Obrigado.

Adrien adentraria a loja e assim verias o Senhor e Senhora Dupain Cheng.

Adrien: Olá senhor e senhora Dupain Cheng, sou eu Adrien.

Sabine: Sim, sabemos , e obrigada novamente por trazer Marinette salva para casa, claro ela está com uns arranhões mas passa bem.

Tom:Rapaz você tem muita bondade em seu coração.

Adrien( expressando vergonha e alegria ao mesmo tempo colocaria seu braço esquerdo atrás de sua cabeça assim coçando): Ahh...obrigado.

Marinette( Descendo correndo as escadas em direção a Padaria de seus pais e logo caindo ao meio): Mãe, Pai vocês sabem porQUEE....AH.AU..A..IHH....OU..o roteador..urgh...não funcionar - Diria deitada e jogada no chão da loja com somente o braço direito levantado com o roteador nas mãos dela, em seguida , sentindo uma mão sob seu ombro e escutando um risinho bobo conhecido, logo , levantando sua cabeça e visualizando o mesmo Loiro ali e começaria a corar na mesma hora e levantaria em um unico salto, parando em frente ao Adrien e cruzando seus braços de nervossismo e ficando mais vermelha.

Adrien: Está bem, Mari?

Marinette: Mari?! Ahhh...si-si-sim.

Adrien ( expressando um sorriso bobo ): Que bom.

Marinette:Er...eu..que-queria dizer...obrigada por em trazer no seu tanquinho para cá, quer dizer , tanquinho não, quer dizer, não que você não tenha um, quer dizer...AAAAh.

Adrien( ficaria paralisado e sem entender nada, somente que ela estava complicando-se na fala, assim , corando um pouco e depois expressando um sorriso de nervosismo): Hãm..Não tem problema..amigos servem para isso...

Marinette: É...amigos...

Adrien: É...

Tom( estragando o momento como um pai normal ): E ai, Adrien vai querer o que mesmo? 

Adrien:Ahhh, meu segurança está com a Lista, aqui. - Diria Adrien esticando braço e pegando lista, assim , entregando ao mesmo Pai de Marinette.

Marinette: Bem..então...er..eu vou indo...melhor não é? Er..bem..tchau.

Adrien: Tchau.

>> AI Marinette você tem que agir, vai convide o Adrien para sair, você consegue, lembre-se você fez um acorco com a Alya, e você consegue...eu consigo. << 

Marinette que estaria caminhando em direção a escada, retornaria seus passos em direção ao Adrien, porém , como sendo desastrada, atropeçaria como sempre e cairia em direção ao Adrien, porém , com reflexos do mesmo, o loiro a pegaria com seus braços a parando antes que pudesse ocorrer um acidente.

Adrien: Calma, Marinette, te peguei.

Marinette( Sussurrando): Poderia pegar de outro jeito mas ok né

Adrien: O que foi que você disse?

Marinette( Eis levantaria a cabeça em direção ao loiro): Queee? Nada, eu disse nada...quer sair comigo? Hãm....hahahahah...Tchau.

Adrien ficaria paralisado com o pedido de Marinette igual Tom e Sabine.

Marinette: Er..er...er...tá, acho que foi um não.. - Marinette diria com os olhos enchendo d´água e retornando passos a escada, mas , sendo impedida por mais quem? ADRIEN SENHORAS E SENHORES!

Adrien: Mari, eu nem respondi ainda..

Marinette: Ah..mas...você quer? ( ficando vermelha ) 

Adrien: Pode ser...Quando?

Eis, que Marinette, Tom e Sabine se paralisariam e Marinette tentaria não deixar sua boca aberta , mas estaria sentindo borboletas ao estomago, mil borboletas, estaria com uma vontade imensa de se jogar no chão de felicidade, uma vontade imensa de pular no menino e dizer obrigada.

Adrien: Quando....

Marinette: Er..Pode ser hoje de noite se quiser...

Adrien: Se quiser, podemos sair agora....bem, minha agenda hoje está livre e meu pai deixou eu ficar na rua até o final do dia.

Marinette estava totalmente vermelha e bege com a resposta do loiro e discretamente olharia para seus pais e os mesmos olhariam para ela, e ela assim suplicaria com seu olhar e os mesmos iriam interferir no papo.

Tom e Sabine: Ela pode.

Adrien: Hãm..que bom. Bem, eu vou dar mais umas voltas na cidade e depois volto para sairmos, até Marinette.

Adrien pegaria as mãos de Marinette e assim as elevaria até nível e aproximação a boca dele e assim selaria um beijo nas mãos da mesma a fazendo corar muito mas muito e a fazendo também lembrar-se de Cat Noir, logo , saindo com a encomenda de seu pai e com o Segurança. 
              Marinette de emoção daria 3 pulos e gritinhos no mesmo lugar e subindo de alegria para sua casa.

 

 


Notas Finais


Olá povo, espero que tenham gostado talvez eu fique amanhã e quinta sem postar mas prometo que recompensarei vocês no final de semana, valeu flw. Abraços.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...