1. Spirit Fanfics >
  2. Waiting For Love >
  3. ♛ Chapter II ♛

História Waiting For Love - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - ♛ Chapter II ♛


Blair 


Hoje é sábado, acordei cedo e fui tomar banho. Coloquei um vestidinho florido, uma bota de cano baixo marrom e peguei uma bolsinha pequena marrom e coloquei minhas coisas nela. 


Caminhei calmamente até o café, Cassandra e Rosa se aproximaram de mim com um cupcake com uma vela.


— Parabéns pra você, nessa data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida! — Elas cantam e eu rio.


— Feliz aniversário, Bee! — Rosa fala e me abraça.


— Parabéns, Blair... — Cassandra fala e também me abraça.


— Obrigada meninas... — Falo sorrindo e apago a vela.


— Dezesseis aninhos de felicidade... — Rosa fala.


— É... Nem tanto... — Falo cabisbaixa.


— Não! — Cassandra fala elevando meu rosto — Tenho certeza que não importa onde seus pais estão agora, eles estão te olhando e estão orgulhosos da mulher que você está se tornando, Blair...


Cassandra me abraça e eu deixo algumas lágrimas escaparem.


— Obrigada, Cassandra... Por tudo...


Ela sorriu e assentiu, Rosa me abraçou também.


— Feliz aniversário amiga! — Tori aparece e pula em mim.


— Obrigada, Tori... — Falo sorrindo. 


— Eu falei com meu pai... Ele disse que só quer me ver feliz e que onde ou com quem eu moro não importa... Estou muito feliz! 


— Imagino... — Falo sorrindo.


Alguns clientes chegaram e eu fui atende-los. 


— Bom dia, sejam bem vindos ao café Applerose, como posso ajudar? — Eu disse.


— Blair... — O homem fala.


— Hm... Eu te conheço? — Pergunto.


— Sou eu, Josh... — O cara fala.


— Josh? — A garota, que devia ter uns 12 anos, que estava ao seu lado disse.


— Sim, Flora, Josh... — Ele fala.


— Quais são os pedidos? — Pergunto.


— Eu quero um capuccino... E você, Flora? — Ele fala.


— Um chá de camomila e um croissant de chocolate, por favor... — Flora fala.


— Ok... — Falo e me afasto.


Entrego o pedido para Rosa.


— Quem são esses dois hein? — Ela fala preparando alguns pedidos — O homem vem sempre aqui, sempre está assim... com óculos, chapéu e casaco... Parece que está se escondendo de alguém... 


— Ele se chama Josh... Briguei com ele outro dia...


— Como assim, sua louca? — Rosa pergunta rindo.


— Longa história, amiga... Outro dia eu te conto...


— Se prepare hein, pois eu vou cobrar... Desde quando se briga com cliente mulher?


— Ele estava sendo arrogante comigo sem necessidade... Não ia deixar barato... 


— Você é louca, Blair... — Ela fala e me entrega a bandeja.


— Com orgulho — Falo e caminho até a mesa.


— ... falsos! — A tal Flora fala.


— Aqui estão, o capuccino — Coloco-o em frente de Josh — O croissant e o chá... — Coloco-os em frente à Flora.


Sorrio e me afasto.



O resto do meu turno passou rápido, já estava na hora de ir embora, me despedi do pessoal e caminhei em direção a minha casa.


— Você! — Alguém grita.


— Eu? — Pergunto me virando em direção a voz.


— Sim! — Era aquela tal de Flora.


— O que foi, Flora?


— Você realmente não sabe quem eu sou?


— Se você não for a Flora, não faço ideia... 


— Hmm... — Ela murmura e se afasta.


Logo, Josh aparece.


— Oi Blair — Ele fala.


— Josh... Está me perseguindo agora?


— Não... Só queria te desejar um feliz aniversário... 


— Como sabe que hoje é meu aniversário? 


— Vi o cupcake com a vela quando entrei no café hoje... — Ele fala.


— Hmm... — Murmuro.


— Posso lhe fazer uma pergunta?


— Mesmo se eu disser não, você vai fazer de qualquer jeito, então... 


— Ok, o que você acha da família real?


— Porque a pergunta? 


— Estou fazendo um trabalho de escola... Estou perguntando isso pra varias pessoas...


— Hmm...


— O que acha deles?


— Uns babacas... 


— Sério?


— Sim... Não sei nem quem é pior, se são os membros da família real ou as garotas que querem se casar com o príncipe Nicholas pelo título dele...


— Nathaniel, o príncipe se chama Nathaniel... 


— Tanto faz... O nome dele não muda o fato que ele é um inútil... 


— Porque acha que ele é inútil? 


— Porque ele vê o pai dele fazer absurdos com o país e não faz nada... 


— Hmm... E porque acha aquelas garotas babacas? — Pergunta e se senta em um banco de praça, faço o mesmo.


— Porque... Eu, Blair, acho que pra se casar, tem que ser por amor, não por títulos bestas ou dinheiro...


— Eu, Josh, acho que você, Blair, está completamente certa... 


— Quem é aquela Flora?


— Minha irmã mais nova... 


— Entendi...


— Porque não me fala mais sobre o que acha da família real? Pra minha pesquisa...


— Ah, acho que a rainha Clarissa é a que eu menos odeio... Ela era plebeia e parece ser uma boa pessoa... O que acha dela?


— Ela me parece legal... E a princesa Jade?


— Não tenho uma opinião formada.


— Príncipe Nate? — Ele pergunta parecendo interessado.


— O maior babaca da face da terra... — Falo e ele parece chocado — Ele de fato é a pessoa errada pra governar, ele é egoísta e mesquinho... Não acompanho nada a respeito da família real desde o falecimento do meu pai a dois anos, por isso não sei se ele é bonito como todas dizem... 


— Entendi... 


— Eu nem sei exatamente porque estou te contando essas coisas, você é só o estranho do café...


— E você é só a estranha do café... Mesmo assim eu converso com você...


— Verdade... 


— Você vai no baile de aniversário do príncipe? — Ele pergunta.


— Não ouviu tudo o que eu disse até agora? Odeio o príncipe e não vou nesse baile nem amarrada...


— Porque não me passa seu numero? Para conversarmos melhor? — Ele fala.


— Eu não deveria... — Falo — Mas ok, vou passar meu número pra você...


Ele sorri, logo depois me estende seu celular e eu digito meu número nele.


— Eu tenho que ir agora... — Falo me levantando.


— Ok... Eu vou te ligar... — Ele fala também se levantando.


— Josh... — Falo — Porque você usa todos esses... Negócios... 


— Como assim?


— O óculos, o chapéu... O casaco enorme...


— Apenas gosto desses adereços... 


— Entendi... Tchau...


— Tchau... 


Caminhei até a entrada da minha casa e abri o portão, quando adentrei a sala, tia Margarida disse:


— Blair, hoje você deve arrumar a casa, está muito desorganizada e iremos receber visitas hoje...


— Ok... 


Deixo minhas coisas no quarto e começo a limpar a casa.



Quando já tinha limpado quase tudo, Willa aparece com um copo de suco e joga o líquido no chão.


— Ops... — Ela fala e sai.


Respiro fundo e limpo a bagunça que ela fez.



Dois anos, Blair, só dois anos... 



Repito mentalmente para mim mesma o tempo que falta pra eu deixar a casa dos meus tios, assim como faço todas as vezes que Willa testa minha paciência.


Subo pro meu quarto e tomo banho, visto meu pijama e meu celular começa a tocar.


— Alô? — Falo.


Está com saudades? 


Josh... — Falo.


Tá ocupada? 


Não... Porque?


— Passo na sua casa em meia hora.


Josh, espera eu... — Ele desligou na minha cara.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...