História Waiting for you (Narusasu) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, Temari
Tags Casamento, Narusasu, Sasunaru, Yaoi
Visualizações 739
Palavras 1.140
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa noite coisinhas lindas!
Desculpem a demora para postar esse capítulo, obrigado a todos que comentaram e favoritaram até o presente momento!
Tenham uma boa leitura!

Capítulo 6 - Chapter Six


Fanfic / Fanfiction Waiting for you (Narusasu) - Capítulo 6 - Chapter Six

*Naruto* 

 

*Flahsback On* 

 

Sasuke está sentando sozinho na biblioteca com um livro aberto na sua frente, mas que ele não está lendo, na verdade ele está submerso em seus próprios pensamentos. 

Meu coração está saltando em meu peito, depois daquele dia em que Sasuke por acaso caiu em meu colo, nossos olhares começaram a se cruzam a todo momento e isso começou a me fazer pensar que talvez Sasuke também tenha sentimentos por mim. 

E é esse o motivo pelo qual esperei esse momento e vim até a biblioteca para vê-lo, meu coração está inquieto e estou aterrorizado. Imagina se eu interpretei todo mal, o que eu vou fazer?  

Me aproximo sorrateiramente e o ouço suspira, dou uma pigarreada para que ele saiba que não está mais sozinho, ele fecha o livro com força. 

-Você me assustou... – sua voz perde a força ao olhar para mim e seu rosto começa a ficar vermelho. 

-Desculpa, não queria te assustar 

-N-Não t-tem problema – ele engole em seco – Precisa de alguma coisa? 

-Preciso falar com você, a sós – digo lançando um olhar de soslaio para a bibliotecária. 

-S-Se é pelo outro dia, me desculpe novamente 

-Ah! Não tem nada haver não, é sobre algo importante... Bom pelo menos para mim – digo a última frase em um sussurro. 

Sua expressão muda de envergonhando e assustado para curioso, ele se levanta e eu o levo para as prateleiras mais isoladas da biblioteca, ele se encosta em uma delas e fica olhando para mim. Essa sensação cálida está novamente dentro do meu peito. 

Toco no seu rosto e ele estremece, seu rosto volta a ficar muito vermelho mais ele não desvia o olhar. 

-Porque está me tocando dessa forma?  

-Acho que você já sabe a resposta Sasuke – ele estremece ao ouvir o próprio nome sair da minha boca – Porque eu gosto de você! 

Antes que ele possa falar qualquer coisa beijo seus lábios, meu peito fica ainda mais cálido, seus lábios são macios e a sensação é entorpecente, peço passagem com a língua e ele dá sem resistir, sua mão toca meu peito e ele segura minha blusa. 

Me afasto apenas por estar sem fôlego, agora eu sei o que realmente sinto por Sasuke, mas o que ele sente por mim nesse momento? Raiva? Nojo? Repugnância? Ou coisas totalmente opostas a isso? 

-Eu estou apaixonado por você Sasuke, muito, muito, muito – digo segurando seu rosto. 

-E-Eu também, eu também estou apaixonado por você, apesar de que ambos somos garotos... 

Dessa vez ele beija meus lábios, seus dedos deslizam pelo meu cabelo, sinto minha nuca ficar arrepiado com esse simples toque, voltamos a nos afastar somente quando estamos sem fôlego. 

-O-O que eu devo fazer com esse sentimento que estou nutrindo por um garoto? – ele se aproxima – C-Como se lida com esses sentimentos? Eu nunca senti isso antes, por favor me diga, você sabe o que vai acontecer se descobrirem isso? 

-Bom também é a primeira vez que me apaixono, e não quero ter que abandonar esse sentimento e tenho certeza que tampouco vou sentir isso por mais alguém na minha então por favor fique ao meu lado – pego na sua mão e entrelaço nossos dedos – Eu não vou deixar que nada de mau te aconteça por causa desse sentimento, só confie em mim ok?  

Ele concorda com a cabeça e me abraça, seu coração está batendo tão forte quanto o meu, a única coisa que mais desejo nesse momento é poder ficar com ele para sempre. 

 

*Flashback Off* 

 

Sasuke fica me encarando por alguns segundo sem saber o que dizer e antes que possa o fazer o sinal toca e ele vai embora sem ao menos olhar para trás, será que ele ficou zangado? Confuso? Irritado? Ou apenas envergonhado? 

O fato de que ele não tenha me xingado até a morte ou tentando me bater por isso já é um bom sinal, mas não posso ser tão impulsivo e ultrapassar a linha com rapidez, tenho que tomar isso com bastante calma e cautela, não quero que ele me odeie mais do que ele já odeia. 

Será que agora estará bem se eu o beijo mais vezes? Ou talvez seja melhor eu esperar um pouco mais de tempo para fazer isso novamente?  

Volto para sala e vejo que Sasuke ainda não voltou apesar do sinal ter tocado e ele nunca se atrasar, talvez ele esteja apenas tentando se acalmar e colocar a velha mascara fria de novo. Alguns minutos depois da aula ter começado ele volta e sussurra algo para a professora que assente com a cabeça. 

Fico observando ele caminhar calmamente até sua mesa, ele lança um olhar de soslaio para mim e sem conseguir me conter abro um sorriso, ele cora levemente e desvia o olhar, noto que ele não tirou o colar e sinto uma pontada de felicidade. 

Então quer dizer que está tudo bem continuar com isso? Está tudo bem continuar tendo esperança de que algum dia meus sentimentos serão correspondidos? Encosto minha cabeça na mesa e continuo a olhar para Sasuke, espero que realmente tudo fique bem entre nós. 

 

*Sasuke* 

 

Porque ele me beijou desse jeito? Porque sinto que já havíamos feito isso antes? Porque não o afastei, inconscientemente continuo encarando-o e desperto do meu atrase apenas quando o sinal toca. 

Saio da sala o mais rápido que posso sem olhar para trás pois sinto que meu rosto está mais vermelho do que nunca, eu ainda não entendo porque não consegui afastá-lo, qual é o meu problema? 

Me tranco no banheiro e paro em frente ao espelho, ao me olhar no espelho sinto uma súbita vergonha, como eu posso fazer uma expressão tão patética e humilhante na frente da pessoa que eu odeio?  

Meus olhos acabam se fixando no colar que ainda continua pendurado em meu pescoço, porque eu o aceitei? Eu deveria tirar e devolver para ele, não isso seria ainda mais problemático porque sei que se eu ficar sozinho novamente com ele hoje, provavelmente ele me beijará novamente. 

Porque eu simplesmente não dei um soco na cara dele naquele momento? Meu coração acelera e acabo tocando nos meus lábios, porque aquele maldito beija tão bem? A sensação dos seus lábios sobre os meus ainda está aqui. 

São muitas perguntas na minha cabeça e nenhuma resposta, por hora devo deixar isso de lado e focar nos estudos, respiro fundo e volto para a sala. Explico para a professora que estava no banheiro e vou para o meu lugar. 

Sinto os olhos dele me acompanharem e quando olho de soslaio ele sorri, sinto meu rosto começar a esquentar novamente então resolvo não olhar mais para ele, não deixarei que ele me veja com essa expressão patética, nem ele e nem ninguém. 

Aposto que nesse momento ele deve estar rindo de mim por ficar dessa forma, porque isso tem que estar acontecendo comigo? 


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo!!! Até o próximo!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...