História Wake Me Up - Imagine Changmin - - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias TVXQ (DBSK) (Tohoshinki)
Personagens Max Changmin, Personagens Originais, U-know Yunho
Tags Bigeast, Cassiopéia, Changmin, Dbsk, Imagine, Jyj, Kpop, Max Changmin, Mirotic, Tvxq, U-know Yunho
Visualizações 13
Palavras 527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ai manxs me perdoem por só postar agora mas é que eu não uma ideia sequer pra essa fanfic '-'

boa leitura

Capítulo 7 - Meu irmão.


_______ POV 

Acordei com dor nas costas. Estava completamente jogada encima de Changmin. Droga... Era dificil sair dali sem acordá-lo. E esse beiçudo parecia um anjo dormindo...

— An... Shim? — me balançei levemente encima dele, que deu uma resmungada. — Acorda homem! — dei um tapa na cara dele que gritou.

— Tá doida?! Te ofereço carona e você me dá um tapa?! — gritou, depois de sair do carro.

Sai também, me espreguiçando.

— Você passou a noite com essas mãos em mim! — esbravejei. — E droga, eu acabei por me atrasar!

— Atrasada por quê? — Changmin perguntou.

Não respondi, apenas peguei minhas coisas dentro do carro dele e saí caminhando. Aquele homem era o pior que eu já tinha conhecido.

Era um dia quente até. Olhei as horas no celular e eram 9 da manhã.

— Por que você não me responde? — Changmin segurou meu braço, fazendo com que eu me virasse bruscamente para ele.

— Você é mal educado, sabia?

— Você também é! — cruzou os braços. — Tem carros passando. Eu te levo pra lá, vai ser melhor.

Ri alto, dando as costas para ele.

— Não preciso da sua ajuda! Eu sei o caminho até Seul, Shim!

Ouvi ele reclamar, enquanto ia embora. Então ele veio atrás de mim novamente e segurou meu braço com mais força, mas dessa vez ele me beijou. Levantei as mãos, um pouco surpresa. Aquela era a última coisa que eu pensava que o homem iria fazer. Me beijar... Ainda mais no meio de uma rodovia, com tanta gente nos observando.

Ele beijava bem e ninguém poderia negar aquilo. Baixei minhas mãos e coloquei elas sobre o peito de Changmin, enquanto ele alisava meu cabelo. 

— Para! — empurrei Shim de leve, deixando nossos rostos bem próximos. — É sério, preciso ir agora para Seul.

— Por que? — insistiu em perguntar de novo.

Suspirei. Não gostava de falar de coisas assim para as pessoas, ainda mais para Changmin que era só meu vizinho.

Vizinho esse que já beijei duas vezes... Droga... Changmin, você é muito bonito, caralho...

— É o meu irmão. Ele sofreu um acidente de trabalho e... — respirei fundo antes de continuar a falar. — Ele está quase morrendo naquele hospital desgraçado!

Senti meus olhos se encherem de lágrimas.

— O médico disse que a pancada na cabeça foi muito forte e ele pode não sair do coma em que caiu. São os últimos dias que eu vou ter com ele!

Changmin colocou a mão na boca, chocado. Sem pestanejar, fui acompanhada por ele até o carro. Shim me entregou um lenço e uma água, ligando o carro.

— Nunca nos demos bem e ele sofreu esse acidente já faz alguns dias. Pensei que Raphael iria sair dessa sozinho, sem a minha ajuda, como sempre foi... Então o médico para mim, que sou a única parente na Coréia e disse que iam desligar os aparelhos em alguns dias porque já não havia mais solução para o caso dele. — enxuguei as lágrimas que caiam. — Vou ir me preparar pra morte dele então.

— Sinto muito. — ele disse.— Mas você veio só com a roupa do corpo praticamente. — olhou para mim.

— Isso não é problema. Tenho algumas roupas na casa na casa de Yoochun. — respondi.

— Quem é?

— Meu namorado.


Notas Finais


tá pequeno pra caralho né? Porém vou postar outro logo em seguida. É só eu pegar o costume de escrever no notebook que vai! kkk

bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...