História Wake me Up - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias B.A.P
Personagens Bang Yongguk, Daehyun, Himchan, Jongup, Personagens Originais, Youngjae, Zelo
Tags Banghim, Bap, Daejae, Jonglo
Visualizações 43
Palavras 825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey! I'm Back!

Capítulo 13 - Thirteen


​Acordei naquela manha de segunda feira com o humor um cão, mas foi só ​ver o Bang parado na porta da frente da minha casa que todo aquele mau-humor foi embora dando lugar a um sorriso abobado. Não sabia por que o Bang me deixava assim, mas eu gostava e gostava muito. 

​Mas, alegria de rico com alma de pobre dura pouco. Estava eu e o Bang em um passeio, digamos que romântico, quando um ser, um demônio, um coiso que não deveria estar ali, uma garota apareceu do nada, e pulou no colo do Bang o abraçando, Bang para não cair teve que soltar a minha mão, que ele estava segurando, para pegar a garota só que aquele safado colocou a mão na bunda da garota e ainda apertou!!! 

​- Banggieeee!!! Que saudades!! Onde você se meteu? - A garota não saiu do colo dele, e nem o verme tirou ela do seu colo. A bixinha era feia, e fez até um bico para piorar sua situação critica.

​- Hana!! Quando tempo.... eu... eu estiver ocupado, entende? - Ele havia gaguejado, era isso mesmo produção? Bang Yongguk gaguejou para uma mocreia sem bunda!!! Ate minha bunda era maior que a dela!!!

​- Entendo... mas, que tal você ir la em casa, sabe? Conversar, botar o papo em dia. - Bang sorriu de um jeito estranho.

Foi apenas eu que senti um ar pesado nessa frase??? Botar o papo em dia era o cacete! Ela estava insinuando sexo para o Bang, e ele sorriu ainda para ela. Eu não acredito. 

​- Oi, licença, quem é você? - Me meti nos dois e só quando eu falei que o Bang se lembrou que estava acompanhado e tirou a menina do colo, a seu Filho da mãe. 

​- Quem é você? Da onde você apareceu? Eu te conheço? - A menina me olhava como se eu estivesse interrompido algo muito importante. ​​

​- Eu sou o.... - Apontei meu dedo para o Bang para dizer que sou o noivo dele, mas este tampou minha boca e sorriu. 

​- Ele é o meu amigo. - Simples assim. Bang disse isso de forma bem simples.

​E o meu coração? Se despedaçou na hora, fiz questão de empurrar aquele canalha e sair andando, não iria chorar, não por alguém assim! 

​ Bang Yongguk

 

​ Por que eu fiz aquilo? Eu não sabia, eu não sabia mesmo. Só fui perceber a burrada que fiz quando sai para procurar o Him e não o achei em lugar nenhum! Liguei para a mãe dele e nada, nem ela sabia, menti para ela que havia o encontrado só para não deixa-lá preocupada, mas no fundo eu não o achava. 

​Aquela garota era a minha ex, eu ainda me sentia remexido com ela, e mesmo que o Him esteja me fazendo esquece-la eu ainda não consegui totalmente, eu queria, era o meu maior desejo, mas não consegui ainda e agora, pelo jeito, não irei conseguir nunca!

--------------

 

​Depois de quase duas horas procurando o Him, eu o achei, mas não do jeito que eu queria. O Kim estava no colo de um cara que para mim era totalmente desconhecido, recebendo beijos na bochecha e carinho no cabelo, eu acharia que eram apenas amigos, mas o cara estava quase descendo a mão para a bunda do Kim que nem percebia, meu Sangue ferveu.

​- Kim Himchan! - O chamei e por impulso ele se virou, mas quando se virou, sua feição estava sorridente mas o me ver sua feição ficou raivosa. 

​Me aproximei dele e o tirei do colo do cara que se levantou ficando com raiva também.

​- Quem você pensa que é para tira-lo assim do meu colo??? - Assim que ele terminou o Kim começou a falar. - Vai embora, Yongguk, não quero saber de você.

​- Primeiro, eu sou o noivo dele e segundo, Kim, vamos embora. - Tentei me aproximar mas o cara que era miseravelmente maior que eu me empurrou, ele estava me deixando extremamente irritado. 

​- A, então você é o canalha que deixou o meu irmão assim? - O Cara riu e me empurrou de novo. - Minha mãe fez uma péssima escolha colocando você na vida do meu irmão. 

​ Fiquei assustado com o fato de que aquele cara era o irmão do Kim, esse que desde de que o irmão se aproximou mais, se afastou para não se envolver. 

​- Eu não quero brigas, eu só quero levar o seu irmão para casa, como prometido a sua mãe. 

​Se eu estava me cagando? Um pouco, mas não que eu fosse me abaixar totalmente por esse cara.

​- Meu irmão não vai a lugar algum com você. - Ele falou isso e pegou a mão do Kim o puxando, este que foi com gosto. 

​- Himchan, vamos conversar. - Fui atrás do Kim, como um bom insistente que eu sou.

​- Sai da minha vida, Bang.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...