História Walker's Pack: A Era da Lua - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags A Era Da Lua, Cursed, Dante, Sean, Spin-off, Walkers
Visualizações 35
Palavras 516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom, essa fic é um spin-off de Cursed: A Era da Lua.
Ela tem o objetivo de contar um pouco mais sobre a vida de Dante e Sean, que são dois de meus personagens que estão na fic.
Bem, espero que gostem e pa.

Capítulo 1 - .:prologo; Dante


Fanfic / Fanfiction Walker's Pack: A Era da Lua - Capítulo 1 - .:prologo; Dante

Não sei nem por onde começar a contar sobre minha vida, não faço ideia de como começar esse capítulo para vocês. Bem, a autora queria que vocês conhecessem mais sobre a minha vida e a vida de Sean antes de sermos transformados. Eu sou péssimo em explicar sobre mim e minha vida, mas prometo que vou tentar ser o mais claro possível e acho que Sean também.

Bom, minha vida não tem muita coisa de interessante antes da mordida. A ação mesmo só começou quando me tornei um lobisomem, mas como estou sendo obrigado a contar tudo o que aconteceu comigo na minha vida inteira, vou tentar ser breve quanto a isso.

Minha história mesmo começou quando eu tinha quatro anos, meus pais viviam brigando dentro de casa e eu apenas ouvia tudo do meu quarto. Muitas vezes ouvi o choro angustiante de minha mãe dentro de seu quarto e meu pai saindo enfurecido como toda noite. Eu não sabia o significado daquilo e muito menos o motivo de aquilo estar acontecendo, ainda era muito novo para conseguir entender que mais pra frente eles iriam se separar.

Naquele mesmo dia da briga, meu pai voltou para casa completamente bêbado e minha mãe tentou fazer com que ele saísse de casa. Eu ainda era pequeno então não me lembro de muita coisa, mas lembro que meu pai empurrou minha mãe contra uma parede a fazendo se machucar, na mesma hora eu gritei por ela e corri em sua direção. Meu pai não era de me bater, mas naquele dia ele levantou a mão para mim.

Nunca esqueci as palavras que ele me disse depois de me dar um tapa na cara — sim, foi no meu rosto que recebi o tapa. Suas palavras estavam frescas em minha mente por mais que eu tentasse esquecer, as palavras foram as seguintes: “Eu nunca quis você, garoto. Eu pedi tanto a essa vadia que te abortasse, mas infelizmente você nasceu. Sua aberração.”

Naquele dia meus olhos se encheram de lágrimas, eu era uma criança e tinha apenas quatro anos de idade. Levei um tapa e ainda por cima ouvi palavras ruins de meu pai. Quer dizer, do homem que deveria ser meu pai. Grudei em minha mãe que ainda estava caída no chão e observei aquele homem sair de casa apenas com a roupa do corpo. Depois daquele dia, nunca mais o vi.

Minha mãe no dia seguinte, queimou todas as roupas dele e depois desse dia posso dizer que fomos muito mais felizes. Sempre conversávamos sobre coisas aleatórias e brincávamos de diversos jogos.

No ano seguinte, uma família se mudou para minha rua bem na casa em frente a minha. Eu já tinha feito cinco anos e viva observando aquela casa que passava muito tempo trancada. Muitas vezes eu perguntava minha mãe quem morava ali e porque nunca saíam, sequer quando a vizinhança foi dar-lhes as boas vindas. Porém a criança que também morava lá ia começar a ir a mesma escola que eu, foi lá que eu e ele nós conhecemos. Foi lá que nossa história realmente começou.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...