1. Spirit Fanfics >
  2. War between kingdoms (Imagine Jeon Jungkook) >
  3. Filhinha

História War between kingdoms (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Olha eu aqui de novo 😁

Capítulo 2 - Filhinha


Fanfic / Fanfiction War between kingdoms (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 2 - Filhinha

Na maioria das vezes que Jungkook tinha um problema ele procurava esquecê-lo de duas formas treinando ou fodendo com com alguma de suas servas. O Jeon havia ficado extremamente irritado na noite passada já que o mesmo não havia conquistado seu objetivo, matar Lee Soohyun, para seu completo desgosto o desgraçado havia conseguido fugir, até que tinha tentado esquecer aquela frustração imensa que estava sentindo porém não conseguiu e quando uma serva qualquer foi levar seu café na manhã seguinte Jungkook não pensou duas vezes antes de jogá-la em sua cama e fode-la para tentar se distrair.

-M-Mais rápido senhor-A morena abaixo de si gemia alto e tudo que o Jeon fazia era revirar os olhos, mas não por prazer, odiava gemidos exagerados.

Não demorou muito até que sentisse o líquido escorrer entre as pernas da mulher e assim que sentiu seu ápice também se aproximar retirou seu membro de dentro da morena e com alguns estímulos atingiu o mesmo. Jungkook soltou um suspiro, estava cansado tanto pelo ato que acabará de terminar como também por toda aquela situação que a cada dia o irritava mais, por que Soohyun tinha que existir em sua vida?

-Saia-Falou de forma indiferente para a mulher ao seu lado, a mesma apenas se limitou a vestir suas roupas e sair do cômodo, assim como as outras servas ela sabia que não ganharia mais do que aquele momento de prazer com seu rei.

-Majestade-Jimin bate na porta um pouco receoso não sabia como estava o humor do rei naquela manhã e com certeza as notícias que trazia não eram nada boas.

-Entre Jimin.

O Park entra no quarto encontrando um Jungkook vestindo apenas uma calça, com cabelos bagunçados e alguns fios colados à testa por conta do suor.

-Senhor, eu vim trazer notícias do reino Lee-Disse um pouco receoso.

-Pela sua cara não deve ser boa-Sorriu sem humor, infelizmente sabia o que o amigo iria dizer-Pode falar.

-Os homens passaram a noite inteira procurando, mas não encontraram Soohyun-Disse por fim vendo o homem à sua frente se levantar e arremessar alguma coisa que estava perto de si na parede.

-Maldito infeliz-Jungkook esbraveja completamente irritado-Continuem com as buscas, eu quero que me tragam Soohyun para que eu possa matar o assassino do meu pai de uma vez.

-Sim senhor.



-Estou com um mal pressentimento.

-Por que S/N?-Jin pergunta confuso com as palavras da irmã.

-Aqueles homens estão ali na frente desde de cedo, eles não param de olhar pra cá-S/N disse sentindo um frio estranho percorrer todo o seu corpo.

-Devem ser novos aqui ou algo do tipo, provavelmente estão perdidos ou esperando alguém não se preocupe com isso, se eles quisessem fazer algum mal já teriam feito-O mais velho falou tentando acalmar a irmã.

-É, você deve ter razão-A Kim mais nova balançou a cabeça tentando espantar aqueles pensamentos de si, mas não conseguia evitar a sensação que lhe consumia.


Algo ruim iria acontecer.


Já era noite, os Kim's já haviam fechado o restaurante, S/N estava dormindo no quarto com sua mãe até escutar um barulho estridente que fez ambas acordarem assustadas.

-Quem são vocês?!-A garota grita desesperada ao perceber a situação.

Três homens estranhos entraram em seu quarto e estavam arrastando tanto sua mãe quanto ela própria para fora do cômodo-Larguem a minha mãe!-Gritou desesperada tentando se soltar do homem desconhecido que segurava seus braços.

-Quem são vocês?!... Me soltem desgraçados!-Jin também estava sendo levado para junto das outras mulheres e tentava a todo custo se soltar dos homens que o estavam segurando porém sem êxito-O que vocês querem com a gente?!

Sem nem mesmo responder um dos homens tirou sua espada de dentro da bainha e a encaixou na curvatura do pescoço da Kim mais velha.

-Mãe!-S/N gritou completamente apavorada com a situação.

-Se não calarem a boca e não vinherem com a gente sem nenhuma reclamação garanto que vou cortar a garganta da mãezinha de vocês e fazê-los limpar o sangue com as próprias mãos-O homem que segurava a Kim mais velha falou estampando um sorriso amedrontador em seu rosto.

-Tudo bem nós vamos com você, só abaixe essa espada por favor-Vendo que a irmã estava completamente transtornada com a situação Jin resolve responder.

-Bom garoto-O homem fala em tom de deboche-Agora andem.

-Calma S/N, vai ficar tudo bem, eu estou aqui com você não precisa ter medo-Jin fala enquanto é empurrado por outro desconhecido.

Não iria ficar nada bem, disso a garota tinha certeza, mas só o fato de ter o irmão ao seu lado lhe trazia um certo conforto.



-Os homens já devem estar chegando com a garota-In-ho fala para Soohyun que parecia estar inquieto.

Os dois sabiam que seria perigoso permanecer na casa do duque então saíram imediatamente do lugar e se esconderam em uma casa de campo que era de conhecimento apenas dos amigos mais íntimos.

-Nosso aliado já está aqui?-O monarca do reino Lee pergunta ainda mantendo seu olhar fixo na vista que lhe era proporcionada pela grande varanda presente no quarto.

-Sim, ele está lá embaixo.

-Ótimo, vamos precisar dele para que o plano aconteça-Disse por fim vendo alguns cavalos se aproximarem da casa-Ele chegaram.

Ambos não perderam tempo e desceram até o andar de baixo, era possível se ouvir as reclamações dos Kim's principalmente de Jin que estava completamente inconformado com tudo aquilo e ainda estava preocupado com sua mãe e irmã.

-Finalmente-Soohyun abriu um largo sorriso ao reconhecer a Kim mais velha e confirmar que os homens haviam trago as pessoas certa, por outro lado a senhora Kim não pode esconder seu olhar de pavor.

-V-Você?-Quase que sua voz não saia tamanho era seu medo diante do Lee.

-Olá So-rim-Soohyun caminhou em direção a mulher e levou sua mão até a bochecha da Kim acariciando aquela região-Senti sua falta.

-Não encoste em mim!-A mulher falou completamente transtornada.

-Calminha, caso tenha esquecido eu ainda sou um rei e não permito que fale comigo nesse tom-Apertou o maxilar da mulher e o soltou com brutalidade-Não me diga que essa é nossa filha-Caminhou em direção a S/N que acompanhava toda aquela situação sem entender absolutamente nada.

-Nossa filha?-A garota perguntou totalmente confusa.

-Não encoste na minha filha seu infeliz-So-rim falou logo sentindo uma forte ardência em seu rosto, havia levado um tapa de Soohyun.

-Cale a boca, eu tinha esquecido o quanto sua voz é irritante-Falou com desdém e em seguida voltou sua atenção para a Kim mais nova-Sim S/N eu sou seu pai, não é uma honra? Você é filha de um rei o que torna você uma princesa.

-Você não me disse que sua filha era tão linda Soohyun-In-ho que até agora se mantinha calado se meteu na conversa-Acho que encontrei um jeito de unir nossas famílias-O Baek direcionou um olhar malicioso para a Kim mais nova que o olhava com desprezo.

-Fiquem longe da minha irmã-Jin faz com que sua presença seja notada mais uma vez.

-A claro, você deve ser o Seokjin, quando eu te conheci você era apenas um garotinho assustado, mas parece que está tentando virar um homem-Soohyun falou claramente ofendendo o garoto-Já chega de enrolar, como eu já disse S/N, você é minha filha e eu preciso que faça um favor ao seu pai.

-Mãe, ele é mesmo meu pai?-Ignorando completamente as palavras do Lee, S/N dirige sua atenção a sua mãe.

-Sim filha, quando o pai do Jin ainda era vivo nós morávamos aqui no reino Lee, um dia eu saí para ir ao mercado e como nós morávamos um pouco afastados da aldeia eu resolvi cortar caminho pela floresta, foi quando esse monstro...ele…-Sem conseguir mais continuar So-rim se entrega às lágrimas ao lembrar do passado tão doloroso.

-Eu vi sua mãe na floresta e a concedi a maior honra de todas, a fiz minha mulher.

-Mentira, você me obrigou seu monstro e quando eu descobri que estava grávida você invadiu minha casa, matou meu marido e ainda tentou matar eu e meu filho.

-Claro que sim, iria prejudicar muito minha reputação ter uma filha com uma ninguém como você, mas o mundo dá muitas voltas não é mesmo, eu tive misericórdia de vocês três naquela época e os deixei fugir, agora está na hora de me devolverem o favor.

-Nós não lhe devemos favor nenhum-S/N toma uma atitude diante de toda a barbaridade que ouviu.

-Claro que devem minha querida, principalmente você, aliás se não fizer o que eu quero pode ter certeza que eu farei você assistir a morte de sua mãe e do seu irmão, e então vai deixar que eles morram ou vai salvá-los? A decisão é somente sua filhinha-Soohyun fala a última parte em deboche e cruza os braços já esperando a resposta positiva da garota.

-Por que eu? Por que não pede esse favor a qualquer outra pessoa?

-Simples, eu quero outra pessoa infiltrada no castelo Jeon, uma pessoa que não levante suspeitas e que possa sair para me trazer informações sobre aquele rei maldito sem levantar suspeitas e quem melhor para essa tarefa do que uma garotinha inocente como você?

-S/N não faça isso, se o rei Jeon descobrir ele mata você-Jin intervém temeroso pela vida da irmã.

-Eu aceito-S/N não via outra solução, se limitou a aceitar de uma vez aquilo tudo, preferia morrer do que saber que sua família morreu por sua culpa-Mas como pretende me infiltrar dentro do palácio?

-Simples, eu…

-Dessa parte eu cuido-O aliado que até então estava escondido observando aquela cena resolve revelar sua presença.

-V-Você?-A garota não podia acreditar no que estava vendo só poderia ser uma ilusão horrível-General Jung?

-Darei um jeito de colocá-la dentro do palácio sem que ninguém desconfie-Hoseok fala com um sorriso perverso no rosto.

O general forte e corajoso que S/N tanto admirava e desejava não passava de um traidor que ao ouvir as promessas de riqueza que o Lee lhe fizera anos atrás não exitou nem um minuto em trair seu antigo rei, e agora também não exitaria em trair Jungkook.

-Levem esses dois para algum quarto e os amarrem-In-ho falou se referindo a Jin e So-rim-Vigiem eles atentamente.

-E ela senhor?-Um dos homens se referiu a S/N.

-Não se preocupem, ela não seria tão burra de fugir e colocar a vida da família em risco, não é mesmo filhinha?-Dessa vez Soohyun responde sorrindo com desdém da expressão amedrontada da filha.

-Sabe S/N, quando Soohyun me disse que tinha uma filha no reino Jeon não imaginei que fosse tão linda como você-In-ho tenta se aproximar da mais nova-Quando isso tudo terminar e seu pai tomar o reino de Jungkook quem sabe eu não faça de você uma duquesa?.

-Eu nunca ficaria com alguém desprezível como você.

-Olha só a gatinha tem garras, eu vou adorar cortá-las-O Baek segura o queixo da mais nova que cospe na cara do duque este que se irrita e levanta a mão para bater na menor que se encolhe com medo.

-Pare com isso In-ho-Hoseok segura o braço do mais velho-Não queremos que ela chegue no palácio com o rosto vermelho não é mesmo?

-Tudo bem, mas eu ainda vou te ensinar a me respeitar garota-In-ho sobe as escadas completamente irritado, para limpar o rosto.

-Como teve coragem de trair seu reino?-S/N ainda estava descrente que o Jung era realmente um traidor.

-Honra, lealdade, nada disso pode ser comparado com riquezas meu bem, um homem rico, como eu pretendo me tornar não precisa desse tipo de bobagem-Decepção era isso que a garota estava sentindo.

-Bom chega de conversa fiada, amanhã você irá com Hoseok, observe tudo, ele também lhe dirá algumas coisas importantes para que você diga a mim, faça um bom trabalho princesinha se quiser que seu irmão e sua mãe continuem vivos.



Mais uma vez Jungkook estava escorado na janela de seu quarto observando o céu estrelado, como eram lindas as estrelas, pensava ele, quando seu pai era vivo os dois adoravam observar as constelações. Como o Jeon sentia falta do seu pai e de sentir que era verdadeiramente amado por alguém, se sentia tão incompleto e tão sozinho, queria amar e ser amado novamente, mas não como era com seu pai e sim um novo amor, um amor que lhe fizesse esquecer todos os problemas que lhe fizesse encontrar a paz…


Notas Finais


Espero que tenham gostado 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...