História Warriors of the night. 2 temporada. - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Luta, Sobrenatural, Violencia
Visualizações 23
Palavras 1.290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii genteee. Desculpem o atraso, mas eu estava sem ideias pra escrever. Sabe quando parece que um aspirador de pó suga tudo da tua mente? Pois é...Eu também não sei, só estava sem ideias mesmos.kkkkkkk
Bom...Espero que gostem do capitulo. Boa leitura. Beijos.

Capítulo 6 - Um espião entre nós?


Fanfic / Fanfiction Warriors of the night. 2 temporada. - Capítulo 6 - Um espião entre nós?

Pessoas corriam pra todo lado carregando maletas com o símbolo da emergência, macas estavam espalhadas por todos os cantos com guerreiros machucados e com membros decepados. 

Jin apareceu no topo da escada, J-Hope estava apoiado no garoto com o rosto retorcido, mas se mantendo firme para não parecer fraco, atrás deles Rap Monster apareceu com Sun-Hee no braço, a garota estava imóvel, mas não estava machucada. De repente a correria cessou, ao mesmo tempo Suga apareceu no recinto com Shin apoiado nas costas, o homem estava totalmente desacordado. 

- O que estão esperando? - A voz do rapaz saiu alta e clara. - Venham ajudar o chefe Shin!

As pessoas se apressaram até os dois, colocaram Shin em uma maca e o rodearam enchendo-o de ataduras, remédios e algumas pomadas de cor cinza. Suga se afastou e foi de encontro aos amigos que já tinham arranjado uma maca e colocado J-Hope sobre ela.

- O que aconteceu com o Shin? -Rap Monster perguntou. Sun-Hee não estava mais em seus braços, sendo filha do chefe com certeza já devem estar atendendo-a.

- Eu não sei. Ele ficou a batalha inteira balbuciando algo sobre um Kwam e no final ele jogou um ácido na cara de Aleck...Foi show, mas depois ele desmaiou. Por isso que dizem que idosos não podem passar por emoções fortes. - Respondeu o rapaz com ironia. 

- A Sun-Hee também falou algo sobre esse tal de Kwan. Ela nem conseguiu lutar! - A voz do J-Hope saiu baixa devido ao esforço de falar.

- Eita J-Hope, o que aconteceu cara? -Suga perguntou encarando o amigo. -Parece que lutou com um trator. 

- Como coisa que você está melhor. -Rebateu J-Hope com indignação. 

- Eu lutei com o próprio "Rei dos vampiros". - Suga empinou o nariz.

- E eu lutei com o irmão! - J-Hope falou ríspido.

- Tá, tá gente, chega. Agora é hora de socorrer as pessoas! -Jin falou firme. 

- Eu vou procurar o Tae e o Jimin. -Namjoon anunciou começando a se afastar mas parou abruptamente quando os dois rapazes apareceram no final da escada que levava até o galpão.

- Vocês estão bem? - Jimin parou em frente a maca em que amigo estava.

- Sim, mas o J-Hope está bem machucado! -Jin estava agachado com a caixa de medicamentos equilibrada nos joelhos. Olhou para o amigo, de baixo para cima.

- Eu estou bem. Sou um homem muito forte. Jin que exagera! -J-Hope cruzou os braços sobre o peito nu. Jin já havia se levantado, estava com um pequeno fraco de álcool nas mãos. Após ouvir o cometário do rapaz jogou o líquido sem piedade no ferimento aberto no abdômen dele. O mesmo abafou um grito de dor mordendo a mão e fuzilou o amigo com o olhar.

- Você não disse que é homem e que eu sou exagerado? Homens não sentem dor! -Jin jogou o frasco vazio na maleta e pegou um pacote de gaze.

- Nossa Jin, quero morrer seu amigo! -Taehyung assistiu a cena com os olhos arregala-dos. Jimin ao lado dele conteve o riso.

- Com quem vocês lutaram? - RM que estava encostado na parede perto da maca, se pronunciou pela primeira vez desde que os dois chegaram. 

- Com a irmã do Aleck. Ela até abusou sexualmente do Taehyung. -Jimin respondeu e todos os meninos menos Tae começaram a sorrir.

- Eu disse pra você não contar! - Tae empurrou o amigo, suas bochechas estavam rubras.

- Aleck falou que a irmã estava querendo transformar o Taehyung. E que iria acabar com o J-Hope já que ele esta debilitado. -Suga se apoiou na maca fitando a multidão que se dispersava lentamente. 

- E...O Jungkook? Alguém o viu? -A voz de Jin saiu quase como um ruído. Falar sobre o amigo era difícil, mas o pior era não saber se ele ainda estava com os puros. - Vocês acham que eles...

- Claro que não Jin! Transformar uma pessoa é muito difícil, e eles conseguiram com o Jungkook. Eu posso até estar errado, mas eles não se livrariam de algo que pode ser tão útil para uma batalha. - A dureza na voz de Taehyung fez Jin abaixar a cabeça envergonhado. Para Tae o assunto é muito mais delicado, afinal ele é o melhor amigo de Jungkook...Ou era antes de tudo. 

- O Jin não tem culpa Taehyung...Acredito que todos nós temos essa dúvida, só não temos coragem de dizer em voz alta! - Suga repreendeu o amigo. A tensão entre os rapazes cresceu, mas foi logo quebrada por uma presença atrás dos mesmo. Dae-Hyun adentrou a sala com a maior tranquilidade do mundo, ele estava com as roupas amarrotadas e manchadas com um pouco de sangue. Ignorando a presença dos meninos, se juntou a equipe que auxiliava Shin.

- Ele deve ser um ótimo instrutor. Nem parece que acabou de sair de uma luta contra um exército de mestiços. - J-Hope falou fixando o olhar do outro lado da sala.

- Devemos falar com ele? - Jimin se virou para encarar os outros.

- Não. Vamos voltar para o apartamento, quero verificar uma coisa. - A rigidez na voz de Namjoon fez todos os meninos o encararem, era óbvio que tinha algo incomodando o moreno, mas se ele não dividiu até o momento era por que não tinha certeza. 

- Vou chamar alguém para ficar com o J-Hope. - Jin se afastou da maca, mas RM o impediu colocando a mão em seu ombro.

- Não! Acho melhor a gente não se separar. Vamos todos. - Jin assentiu com o cenho franzido. Junto com Suga ajudaram J-Hope a se levantar e seguiram o moreno, atrás deles Jimin e Taehyung tinham uma pequena discussão sobre a idade de Freya.

O andar do apartamento estava silencioso, os meninos sacaram os athames e caminharam com cautela, ainda podia haver alguns mestiços. Ao chegarem na porta do apartamento, RM destrancou com cautela, entrou para verificar e depois sinalizou para os outros entrarem. Os meninos relaxaram e adentraram, Jin repousou J-Hope no sofá.

- Rap Monster? O que você tem? -Jimin perguntou enquanto passava a tranca na porta. 

- Eu estou com um dúvida extrema. -Falou pegando o notebook e abrindo em cima da mesa. -Não é por ser desconfiado não, mas eu instalei algumas câmeras minhas camufladas perto das câmeras de segurança daqui.

- Imagina...Nem é desconfiado! -Disse Suga com ironia. -Mas qual a dúvida? 

RM parou o que estava fazendo e encarnou os amigos com o semblante sério. -Eu acho que tem um traidor entre nós. Não há como um exercício ter entrado aqui sem ajuda!

A diversão na face dos garotos cessou. Eles ficaram mais rijos e se juntaram ao amigo para assistir as câmeras de segurança. 


" Dois guardas estavam patrulhando quando alguém com uma longa capa de capuz preto se aproximou. Os guardas o pararam, mas ele abaixou o capuz dando uma visibilidade parcial do rosto, mas infelizmente ele estava de costas para a câmera. Os guardas se afastaram em choque. A câmera saiu do ar e quando voltou os dois estavam degolados."


-O que foi que aconteceu? -Jimin perguntou confuso. 

- Eu não sei, mas acho que é um homem, pelo porte do corpo. -Suga passou o dedo na tela do computador mostrando para os outros. 

- Eu também acho. E pela surpresa dos guardas é alguém conhecido! -Jin falou tambolirando as mãos no encosto da cadeira em que RM estava sentado.

- Eu tenho um suspeito. Acho que é o Dae-Hyun. -RM falou e todos o encararam. 

- Eu também acho. -J-Hope que estava deitado no sofá disse aos amigos. 

- E o que vamos fazer? -Taehyung perguntou. 

- Acho que está na hora de entrarmos em contato com nossa antiga base - Um sorriso de canto se formou no rosto de RM enquanto ele fechava o notebook.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...