1. Spirit Fanfics >
  2. Waskgeda >
  3. Longo Tempo

História Waskgeda - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Eu num digo é nada, só...
Espero que gostem...
Bjs...

Capítulo 8 - Longo Tempo


Fanfic / Fanfiction Waskgeda - Capítulo 8 - Longo Tempo

*1 Mês depois*

— O seu braço está melhor? — indagou Bia.

— Você perguntou isso o mês inteiro, eu já disse que sim. — respondeu Noah dando uma risada leve.

*Noah tenta se levanta.*

— Vem cá, deixa eu te ajudar. — disse Bia lenvatando Noah.

— Bia, eu preciso falar com  você. — disse Vic após chegar de repente.

— Oi Noah, você melhorou? — indagou Vic.

— Ah, eu já estou melhor sim. — respondeu Noah.

— Eu te espero lá fora. — disse Vic.

— Ok! — concordou Bia.

— Eu já volto. — sussurrou Bia no ouvido de Noah.

*Bia saiu para fora da casa, que eles acharam, localizada um pouco distante do acampamento.*

— O que houve? — indagou Bia.

— É que... Eu fui nomeada a nova Líder dos caçadores. — disse Vic um pouco nervosa por conta da reação que sua amiga teria.

— O quê????! — disse Bia preocupada.

— Pois é... — disse Vic um pouco sentida.

— Mas e a sombra? Como vão sobreviver a ela? O que farão com ela? Como lutaram contra? Não quero perder você amiga, quase perdi meu namorado. — disse Bia surtada e indignada.

— Amiga eu não tenho escolha, terei que liderar os outros para encontrarmos mantimentos. — disse Vic.

— Entendo, toma cuidado viu. — disse Bia.

— pode deixar, ah e um outro aviso você será minha ajudante. — disse Vic.

— Agora não poderei ir, mas se cuide. — disse Bia.

— Entendido. — disse Vic.

*Bia e Vic se abraçaram e se despidiram.*

Como Vic havia se tornado a nova lider do grupo caçadores compostos por 4 pessoas mais a lider. Roger também havia se tornado o lider dos tecnólogos uma parte do grupo que cuidava da casa e comunicação, assim sendo os líderes mudado seus cargos. O Anton virou tecnólogo de engenharia comunicativa e informática; a Lúcia se tornou assistente dos líderes mantendo os mesmos informados de tudo. Bom os caçadores tinha um objetivo simples caçarem mantimentos e tecnologia pela floresta.

Os tecnólogos: Roger líder, Lucia além de assistente era médica, Anton engenheiro, e o Noah mas como ele estava incapacitado para cumpri seu papel, ele ainda não foi visto como tecnólogo ou caçador.

Os caçadores: Vic líder, Zeff rastreador, Bia ajudante de Vic, Emily ajudante de Zeff e o David caçador profissional.

*Anoitece.*

A Juh sai em plena lua cheia para caminha pela floresta até que ela chega em um penhasco, faltando poucos passos para cair e morrer. Quando ela olha pra trás ela ver algo entre as árvores da floresta, era ela a sombra.

— Quem está aí apareça logo infeliz. — gritou Juh.

*A sombra aparece apontando uma arma para Juh.*

— Oha só, vai mais uma pra lista, você é muito mal educada sabia, respeitar os mais velhos.

— Seu idiota...

— Ah... Ah ...Não diga isso. Agora eu vou lhe dar duas escolhas, pule do penhasco ou um tiro. Qual você prefere? — indagou a sombra.

— Vai se ferrar, babaca.

Juh vai pra cima da sombra, a sombra da um tiro pra cima, Juh vai se afastando até que chega na berada do penhasco.

— Você não me respondeu, cretina. Qual você prefere? — indagou a sombra novamente.

— Vai se fuder..

*A sombra pega Juh, pelo pescoço.*

— Eu escolho pra você então.

A sombra joga Juh do penhasco. Ela cai, até que se espedaça toda no chão morta.

— Hm, deve ter doído, bom menos um. — disse a sombra indo de volta pra floresta e rindo.

Jung e Laís:

*Escoderijo da sombra.*

— Laís...

— Hm...

— Lembra aquele dia que você perguntou do Jeff? — indagou Jung.

— Sim...

— Eu vou tentar contar o que aconteceu... 

— Entendi, mas se você não quiser falar, não tem problema.

— É bem difícil falar, mas eu vou tenho... Eu preciso desabafar... — disse Jung choramingando.

— Pois pode contar sou todo ouvidos.

*Jung deu um suspiro profundo.*

— Eu nem sei por onde começar. Bom, antes do Jeff-Hee se tornar político, muito antes disso. Eu tinha uns 10 anos quando começou, o Jeff era uma alcoólatra ainda é, mas teve uma época que foi a pior da minha vida. O Jeff começou a beber muito, tanto que ele só vivia bêbado e chegava em casa tarde da noite. 

*Jung começou a chorar muito.*

— Ele sempre batia na minha mãe todos os dias, sem nenhum motivo, na minha frente. Teve uma vez que ele vinha correndo até min pra me bater, eu não pude fazer nada à não ser me jogar pra trás no chão de medo e pânico, mas antes que ele pudesse algo contra min minha mãe apareceu bem na hora, a pancada foi tão forte que tem a marca até hoje.

— Jung eu... Eu sinto muito, não sei nem o que dizer... — disse Laís começando a chorar de emoção.

— Olha pro meu pulso, outra vez ele que fez isso em min. Ele veio no meu quarto com a faca escondida, e me obrigou a estender o braço, quando percebi já tinha sangue por todo meu quarto e minha cama, eu tinha perdido muito sangue que apaguei, quando acordei estava no hospital.

— Jung... Que horror. Olha aqui segura minha mão bem forte, podemos está de costas mas tenho certeza que sairemos dessa. Se você nunca perdoa-lo eu não julgo, mas em min você pode confiar, se eu pudesse te abraçar agora. — disse Laís tenta do animar Jung.

— Só você mesmo pra me fazer rir uma hora dessas, sabe quando fugirmos daqui quero te perguntar algo. — disse Jung abrindo um sorriso no rosto.

— O que? — indagou Laís.

*Chega a sombra.*

— Ora, ora, ora, então os dois pombinhos acordaram, trouxe visita. — disse a sombra.

— Seu desgracado, Solta a gente agora!!! — gritou Jung.

— Cale-se. Olha o que eu trouxe.

*A sombra tira o capuz de Carl.*

— Carl? — indagou Jung.

*Carl estava amordaçado.*

— Ah, é bom que vocês se conhecem terá uma boa companinha.

— O que você fez? — indagou Jung.

— Não interessa o que eu fiz, ou que vou fazer, a única coisa que importa é, eu vou pegar o resto de vocês. — disse a sombra e logo depois de uma risada malifica.

*A sombra acorrentou Carl em um canto e tirou sua amordaça.*

— O que você fez com o Noah seu maldito? — indagou Carl.

— Ah, aquele seu amigo! Infelizmente ele conseguiu fugir porém quando fui atrás dele, ele tropeçou em algo e caiu em um barranco, foi uma queda feia, quando cheguei lá, eu nem quis trazê-lo, até por que pra que eu vou querer um morto?! — disse a sombra.

— Seu maldito, desgraçado, seu miserável, você está mentindo, você me paga... — disse Carl enquanto tentava se solta, mesmo seu braço sangrando por causa das correntes.

*A sombra aparece do nada em sua frente, olhando dentro de seu olho.*

— E você vai fazer o que? Seu merda, você se quer consegue me parar, não conseguiu salvar nem seu amigo. — disse a sombra rindo e saindo.

— Carl, onde você estava esse tempo todo? — indagou Jung.

— Ele me levou pra um lugar, não sei onde exatamente, fiquei lá até agora, e enfim ele me trouxe pra cá. — disse Carl.

— O que aconteceu com você? — indagou Lais.

— Eu fui espancado por uns capangas nesse lugar. — disse Carl.

*Carl desmaiou de fraqueza.*


Notas Finais


Waskgeda está entrando em reta final, faltão pouco capítulos...
Capa feita por Frank-fk...
Thanks...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...