História Wassup - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Jack & Jack, Nate Maloley, Sam "Wilk" Wilkinson
Personagens Jack Gilinsky, Jack Johnson, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson
Visualizações 15
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Resolvi postar aqui também meus amores, por favor, deixem a opinião de vocês. Beijo no coraçao! ❤️

Capítulo 9 - A new day of sadness


Fanfic / Fanfiction Wassup - Capítulo 9 - A new day of sadness

Ponto de vista  Annie Johnson

 

                Omaha, Estados Unidos, Nebraska.

 

-ACORDA CAMBADA DO CARALHO!-Abro os olhos e vejo Nate de abraços aberto na porta do meu quarto e meu irmão do meu lado na cama toca um travesseiro na direção de Nate, mas acerta minhas maquiagens, que se espatifam no chão.

-JACK! -Grito estapeando o braço dele. -oi Nate. -sorrio e abro os braços pra ele, que vem correndo na minha direção. Enquanto eu estava esperando um abraço apertado, ele vem tasca um beijo me puxando pela nuca. 

-Ai que nojo vocês dois, podem parar? -Meu irmão pergunta se levantando.

-Que bicho mordeu ele? -Nate pergunta interrompendo o beijo e me encara com a sobrancelha arqueada.

-Não sei, ele tá assim desde que a gente voltou do hospital.  -digo me levantando da cama e percebo que estou com um short extremamente curto de dormir e minhas bochechas ficam vermelhas quando percebo o sorriso malicioso de Nate encarando minhas coxas. -sai dai seu pervertido. 

 

Faço minhas higienes matinais de todo dia, passo um hidratante no meu corpo e me encaro no espelho do banheiro. Tudo o que eu queria era um momento de paz depois dessa loucura toda, lembrar de Nate jogado no chão me deixa com náuseas. 

-No que você tá pensando? -Nate chega por trás de mim pondo as mãos na minha cintura e apoiando o rosto em meus ombros. Vi o reflexo de nós dois no espelho. Era surreal. A covinha de Nathan começou a aparecer junto com um sorriso e aquilo fez meu coração derreter. -A gente vai conversar sobre isso? Sobre nós... 

-Eu não sei exatamente o que dizer... Ainda não consegui associar o fato de que talvez eu goste de você.

-Talvez? -Ele perguntando soltando minha cintura e me fazendo virar pra ele. 

-É... Eu não sei. Sabe, a gente se conhece desde sempre, Maloley... Eu te conheço bem até demais, sei o quanto tu gosta de ser o galinha da turma, e você... você parece o expresso de Hogwarts de tanto que fuma maconha. Ou você pensa que eu não sei? Da pra senti o cheiro que vem de você a quilômetros de distância. -Você é famoso, vive cercado de meninas mil vezes mais gostosas do que eu. VOCÊ NAMORAVA A JORDYN! Meu peso todo equivale só ao peso da bunda dela. -digo e por algum motivo Nate ri rapidamente, mas volta a ficar serio logo em seguida. -você não é o tipo de uma garota só, e por mais que eu adore pensar que tu vai mudar por mim, não acho que seja possível.

-O que isso quer dizer? Que eu não gosto de você o suficiente pra te fazer feliz e mudar?

-Tu não acha que é errado isso? Digo... mudar por outra pessoa. Eu deveria gostar de você por tudo, mas não é assim. -Eu gosto do seu beijo, gosto quando você me abraça, o cheiro do seu perfume me faz ficar excitada. -digo e ele solta um sorriso malicioso. -mas eu não consigo ver um futuro pra nós dois. 

-Não fala isso... Eu nunca faria nada pra te magoar, Annie.

-Olha, a gente pode, sei lá... Ficar de vez em quando?! Mas quando tudo isso acabar e vocês tiverem que ir embora, eu vou continuar aqui e seguir a minha vida. 

 Nathan começou a morder o lábio pensativo e a cabeça em sinal de negação, soltou uma risada fraca, mas era uma risada de irritação, ele fazia isso quando estava prestes a explodir. Respirei fundo e quando fui abrir a boca pra falar qualquer coisa, ele virou as costas pra mim e saiu batendo a porta do banheiro. 

 

Ponto de Vista Nathan Maloley

 

Eu sabia que não deveria ter falado nada, eu sou um imbecil de achar que uma garota como ela cogitaria a hipótese de ficar comigo. Annie não é esse tipo, ela quer um futuro brilhante, e eu não posso fazer parte disso, por que eu sou um musico drogado fodido da porra. Ela vai achar alguém melhor que eu, certeza. Eu não mereço ela, não mereço aquele sorriso, nem aqueles olhos brilhando enquanto eu canto. Ela tá certa... Eu também não sou cara de uma mulher só, isso é só uma paixãozinha ridícula, ela nem é tão bonita assim... aquelas pernas finas que parecem palito de dente, aquela barriga que só faltava aparecer a costela toda, mal tinha peito... E aquele sorriso, aquele sorriso... aquele sorriso... horrível, ela parecia uma capivara sorrindo... Isso, ele é horrível. Por dentro e por fora. Garota escrota. 

 

Peguei meu baseado pronto de dentro de uma caixinha e acendi. Eu tinha descido para o pátio do condomínio dela. Era meio sem graça. Tinha dois balanços e um dele tava arrebentado, um jardim com umas flores mortas acompanhava o muro que cercava o prédio. Dei a primeira tragada e fechei os olhos, esperando ficar um pouco ais relaxado, dei outra tragada, e mais outra, e mais uma... Essa garota me estressa tanto que nem a maconha me relaxava. Levantei irritado do banco e sai daquele condomínio, nem sabia por que eu ainda estava ali. 

 

 


Notas Finais


Gostaram? Ficaram confusos? Hahaha Annie também... comente, favoritem... isso me incentiva mais. Até o próximo 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...