História WastelandTale - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Burgerpants, Chara, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Tags Alternative Universe, Chara, Charisk, Frisk, Hentai, Papyton, Sans, Undertale, Undertale Au
Visualizações 23
Palavras 718
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Self Inserction, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Chegueeeeeeeeeeeeei!

Capítulo 8 - Armadilha.


-Essa cidade fica dentro de uma caverna agora? - Chara perguntou confusa e um pouco preocupada ao ver a entrada da caverna - Sans, eu acho que você não tá levando a gente pro caminho certo não...

-Você já veio por aqui? - Sans disse se virando pras duas com as mãos na cintura - Então fica quieta e não tenta dar informação que você não sabe.

-Mas aquilo é claramente uma caverna Sans. - Frisk disse apontando com uma das mãos pra entrada da caverna.

-Vocês confiam em mim ou não? - Sans disse voltando andar lentamente em direção a entrada da caverna, esperando ser acompanhado pelas duas que ainda estavam paradas atrás dele - Vocês sabem que só tem eu e meu irmão pra confiar, e meu irmão não tá aqui agora...

-O que a gente faz? - Frisk perguntou baixinho para a amiga, tentando olhar para dentro da caverna do lugar onde ela estava.

-Ele também é humano, não pode estar mentindo para a gente, e o irmão dele deve estar lá dentro pra nos acompanhar até a cidade. - Chara disse também em volume baixo, ignorando completamente Sans.

-Vão vir? - Sans disse esperando na entrada da caverna, olhando diretamente pras duas.

As duas conversaram mais um pouco e logo depois decidiram seguir Sans, ele sorriu ainda mais quando viu as duas se aproximando e em seguida olhou para dentro da caverna e viu seu irmão preparando uma de suas armadilhas na entrada, depois da explosões, seu irmão Papyrus pirou completamente, e com ganhou a estranha mania de desenvolver armadilhas, no começo elas eram ruins e nunca funcionavam, mas ele conseguiu evoluir e depois de muito tempo ele conseguia desenvolver armadilhas quase impossíveis de se escapar, a cada momento que as meninas se aproximavam mais, o sorriso de Sans aumentava cada vez mais, a porta no fim dela tremia e balançava como sempre, Sans queria libertar quem estava lá dentro e saber o que estava escondido lá dentro junto com seu antigo conhecido.

-Tudo pronto Paps? - Sans perguntou olhando para seu irmão depois de ele se esconder nas sombras da caverna, ele estava com roupas estranhas, completamente rasgadas e um tipo de cachecol laranja cobrindo o rosto.

-Sim irmão. - Papyrus respondeu de maneira estranha, muito animado e com a voz um pouco estranha.

-Vamos meninas, tartarugas do deserto andam mais rápido que vocês. - Sans disse apontando para a entrada da caverna, indicando que as duas entrassem.

-Não vamos entrar primeiro Sans,você vai na frente. - Frisk disse se acanhando um pouco quando foi entrar, mas depois de ver Sans entrar tranquilamente.

Quando Frisk entrou, Chara não conseguiu a puxar a tempo depois de ver um tipo de flecha voando em sua direção, mas não foi rápida o suficiente, e a única coisa que conseguiu ver foi o corpo de Frisk cair desmaiado no chão e outro humano, mais alto que Sans e quase nú pegando o corpo de Frisk e a arrastando para as sombras, Chara conseguiu desviar da que veio em sua direção e sacar sua faca, ela estava surpreendida sobre o que estava acontecendo, Sans não tentou ajudar Frisk ou nem mesmo para se salvar.

-Sans, o que caralhos você fez com ela? - Chara disse partindo para cima de Sans com a faca nas mãos - Você tá com eles caralho?

-Paps, faz seu trabalho que eu faço o meu... - Sans disse se virando e indo até a porta, passando gentilmente a mão nela - Calma G, pegamos elas, só vamos nos divertir um pouco ai te libertamos, pode ficar tranquilo...

-Paps? - Chara perguntou olhando para Sans, abaixando sua guarda, e não muitos segundos depois, ela sentiu algo perfurando suas costas e algum tipo de veneno se espalhando por seu corpo, a fazendo quase desmaiar - Quem...?!

Quando caiu quase inconsciente ao chão, sentiu outro corpo ser jogado em cima do seu, e quando olhou com a visão turva para ver quem era, percebeu que era Frisk, já completamente desmaiada, Sans estava parado em frente a porta, que tremia e emitia uma cor estranha, ela tentou se levantar segurando Frisk em suas costas para fugir dali, mas sentiu algo empurrando as duas com força pro chão de novo, e não muitos segundos depois, Chara também desmaiou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...