História We Are Furious - Jikook - 2Jae - Chanbaek - Capítulo 91


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO, B.A.P, Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X, Seventeen, SHINee, Stray Kids, VIXX
Personagens Baekhyun, BamBam, Boo Seungkwan, Chanyeol, Chen, D.O, Daehyun, Eunwoo, Han Ji-sung, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hongbin, Hyuk, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeon Wonwoo, Jinyoung, Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Junghan "Jeonghan", Kai, Ken, Ki Hyun, Kim Mingyu, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Min-ho, Lee Seokmin "DK", Lu Han, Mark, Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, Moonbin, N, Park Jimin (Jimin), Sehun, Seungcheol "S.Coups", Show Nu, Soonyoung "Hoshi", Suho, Taemin Lee, Tao, Wen Junhui "JUN", Won Ho, Xiumin, Xu Ming Hao "THE8", Youngjae, Youngjae, Yugyeom, Zelo
Tags 2jae, Carros, Chanbaek, Corridas, Furiosos, Jikook, Kpop, Taoris, Velozes, Vhope
Visualizações 417
Palavras 3.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Lemon, Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


COM ESSE CAP A HISTÓRIA DE WAF SE DESPEDE!

Capítulo 91 - We Are Furious


Pov Normal

Silencio, era algo que nenhum deles teve desde que tudo isso começou, nem mesmo quando pensaram estar tudo acabado 2 anos atrás.

Mas nada tinha realmente acabado.

Quando Jaebum sumiu, tudo para eles desabou e se tornou um mundo escuro, mas agora ele estava de volta. Voltou para eles, para ficar ao lado de seus amigos e família, de onde nunca deveria ter saído de perto.

O C-17 ficou para o Seventeen, que se tornou uma unidade oficial da EBS, agora o grupo estava junto, e Woozi teve que sair. Mesmo com a tristeza disso, ele escolheu ficar com os amigos que fez nessa aventura, e com Yoongi, que quando o conheceu naquela noite de racha, nunca pensou que ele seria o amor de sua vida.

Quando chegaram seguros em casa naquele dia, foram recebidos pelos carinhos e abraços de Jin, Kris, Tao, Hobi, Yugyeom, Bambam e o pequeno Eunwoo. Que abraçou forte seus pais, ver seu pequeno chorando fez Jungkook prometer nunca mais fugir assim.

E Jin, bem, esse deu uns cascudos por ter sumido daquele jeito, deixando todo mundo preocupado.

-“O que tanto escondem ai?” Kris percebe que os meninos estavam escondendo algo deles, o sorriso de Chanyeol, Yoongi e Jackson só cresce quando eles saem da frente da pessoa.

Os olhos dos meninos estouram. Jin não perde tempo em ir abraçar seu filho, não estava acreditando que era real até ouvir sua voz. Oh como ele sentiu falta daquela voz!

Outra coisa aconteceu, eles viram Kris chorando pela primeira vez em 2 anos. Foi ai que ele foi até Jaebum e o abraçou.

-“Senti sua falta.”

-“Não esperava ouvir isso de você.” Admitiu mas abraçou de volta, logo os braços de Tao os envolveram também, assim como os de Yugyeom, Bambam e Hoseok.

-“Jaebum, conheça seu sobrinho.” Jimin mostra Eunwoo para ele, que sorri e se agacha para acariciar as bochechas do pequeno.

-“Como vai baixinho?” Sorri docemente.

-“Estou bem titio!” Sorri ainda mais, os reencontros tinham apenas começado.

-“BIN MEU GAROTO!” Taehyung recebe o filho nos braços, que sorri e ri ainda mais quando o pai começa a girar pelo meio da grama do jardim.

-“MEU BEBÊ!” Baekhyun corre para Hakyeon e o pega no colo, com Chanyeol logo atras dele.

-“Omma! Appa! Finalmente tenho vocês de novo!” Sorri e abraça o pescoço de seu omma, Chanyeol sorri e abraça os dois pequenos em um forte e apertado abraço, antes de pegar Hakyeon no colo e girar com ele pelo jardim. Aquilo era lindo.

-“Hwannie!” Hakyeon vai até Jaehwan assim que seu pai o coloca no chão, os meninos se abraçam, logo Bin e Eunwoo abraçam Jaehyun e Jaehwan também, a família estava junta mais uma vez. E desta vez, nada iria separá-los.

-“Acho que...” Jaebum começa e chama a atenção de todos. –“Tem algo que ainda precisa ser feito.” Quando seus olhos encontram os de Youngjae, todos sabiam o que ele queria dizer.

(...)

O Sol quente de verão ilumina tudo, passava atraves dos tecidos brancos suaves que estavam ao ar livre, o som do mar que estava perto dali e o cheiro de ar fresco deixava tudo melhor. A música era suave, calma e ao mesmo tempo combinava com a situação.

Quando Jaebum pegou a mão de Youngjae e colocou o anel dourado em seu dedo.

Os olhos dos dois se encontram naquele momento especial para os dois, com sorrisos doces um para o outro. Jungkook e Jimin sorriem com Eunwoo no colo deles, o mesmo com Taehyung e Hoseok, Sehun e Luhan, Tao e Kris, Chanyeol e Baekhyun, Jin e Namjoon, Lay e Junmyeon, Jackson e Mark, Xiumin e Chen, Woozi e Yoongi, Kai e Kyungsoo, Jennie e Jisoo, Taemin e Minho. As crianças, Hakyeon e Bin sorriam para Jaehwan e Jaehyun que estava ao lado de seus pais no altar.

-“Kim Jaebum, aceita Choi Youngjae como seu legítimo esposo, aceitando protegê-lo, ama-lo, nunca abandona-lo e estar ao seu lado em todos as dificuldades de sua vida de agora em diante?”

-“Aceito.” O sorriso dele cresce mais, olhava para o rosto delicado de seu marido, cabelos castanhos-claros levemente levantados com o vento, em cima de sua cabeça, uma coroa de flores rosas e brancas. Ele estava lindo.

-“Choi Youngjae, aceita Jaebum como seu esposo?”

-“Aceito.” Dizia e logo, coloca o anel no dedo dele.

-“Então eu vos declaro, marido e esposo, podem se beijar.”

Jaebum pega as mãos de Youngjae e o puxa para perto de si, até ficarem bem próximos.

-“Esperei dois anos por isso.” Jae sussurra pra ele.

-“Eu também, baby, eu também.” Jaebum sorri e fecha a distância entre eles. Quando os lábios dos dois se encontram, todos se levantam às palmas e aos gritos. Jaebum sorri e o puxa para outro beijo antes de se separaram.

Jaehwan e Jaehyun jogam o sexto de flores pra cima, fazendo uma chuva de pétalas em cima dos recém-casados. Jaebum pega Jaehwan no colo e Jae pega a mão de Jaehyun.

Jimin vai abraçar o amigo, dizendo-lhe que ele merece, que ele fique feliz.

Kook dá um abraço forte no irmão, e este recebe abraços de todos os seus amigos.

Agora sim, está tudo como deve ser. Todo mundo junto, essa família grande estava unida, e nada mais ia separa-los novamente.

(...)

Uma semana depois...

O som da música animada se espalhava pelo jardim da mansão de Jin e Namjoon, que insistiram em fazer um almoço especial para todo mundo. Os carros estavam espalhados pelo quintal gigantesco, esse mesmo era virado para a praia.

O som do mar e do gostoso vento batendo nas palmeiras deixava o lugar ainda mais relaxante.

Kris estava na grelha ajudando Namjoon com a carne, Jin, Junmyeon, Xiumin e Mark arrumavam a mesa.

Jackson estava com Kook, assistindo as crianças brincarem e ambos com uma garrafa de cerveja na mão.

Jaebum? Bem...

-“Pai me põe no chão! Não! Faz cócegas!” Jaehyun gritava rindo, enquanto Jaebum o prendia na grama e fazia cócegas em sua barriga.

-“Aguenta ai hyung!” Jaehwan se joga em cima dele e os dois rolam na grama verde.

-“Ai! Hahahaha!” Ria como os dois lhe faziam cócegas.

-“Vingança!” Jaehyun ajuda o irmãozinho nessa luta, Kook e Jackson davam risadas. Era fofo.

Jae se junta a eles e salva o papai das garras dos filhotes vingativos.

-“Jaebum virou um pai bem babão, não acham?” Jimin diz olhando para a família ali no meio. Hoseok sorri e Baekhyun também.

-“Não acho que eu possa dizer algo.” Baekhyun disse, foi ai que Jae se juntou a eles, assistindo. –“Olha ali.” Baek aponta para Chanyeol, que rolava no chão para Hakyeon pular por cima, estava com os cabelos castanhos bagunçados e cheios de grama.

-“Eu também não posso dizer nada.” Hobi diz e os meninos olham para Taehyung que brincava de pula sapinho com Bin. Eram todos crianças.

-“Deixem eles brincarem.” Tao se junta a eles na mesa.

-“Cadê sua cria, Tao?” Jimin pede pra ele e Tao aponta para a criança atletica que jogava futebol com Xiumin e Chen ali mais longe, o garoto era grandinho e tinha 9 anos, cabelos negros e uma face brincalhona.

-“Hyukie, vem aqui!” Tao chama o filho e o mesmo vai até ele. –“Não deixei seus hyungs tão cansados, okay?”

-“Pode deixar!”

Xiumin já estava ficando velho pra isso, e Chen ria disso. Jongdae gostava de cuidar do garoto, tanto que o chamou pra brincarem mais.

-“Tadinho do Xiumin.” Jae ri e os meninos também. Tao, Hobi, Jimin, Jae e Baek estava felizes que seus filhos estejam crescendo bem.

Kris assistia o filho brincar enquanto Namjoon sorria pra ele. –“Ser pai é bom, não é?”

-“É uma sensação nova.” Sorri de volta. Namjoon e Kris gostavam de conversar, era divertido. Jummyeon e Lay estavam arrumando as coisas e chamaram Mark e Jackson para ajudar. Jisoo e Jenne também estavam bem, as duas engataram um relacionamento sério fazia 1 ano. E elas estavam bem.

Jungkook ri das vezes que a cunhada tem ataques de surto e Jaebum ri ainda mais.

-“Olha o arroz!” Luhan e Sehun entram no jardim com mais panelas e pratos, e colocam na mesa.

-“Hey Luh, quando vai ter filhos?” Baek olha para o amigo, e Sehun lança o mesmo olhar pra ele.

-“Eh... Eu não sei se estou pronto para ser pai...” Dizia deixando as coisas na mesa, Sehun não deixou de dar uma risadinha.

-“Calma amor, garanto que seria um pai ótimo.” Sehun o abraça de lado e pega um beijo dele, esses dois eram lindos juntos.

-“Cadê o Kai e o Soo?” Jimin pede e Jae aponta para os dois sentados em um banco olhando para o mar, com Kyungsoo com a cabeça deitada sobre o ombro de Jongin. Os dois estavam com as mãos dadas, e dava para ver anéis iguais nos dedos dos dois.

Sabiam o que aquilo significava.

-“Taemin e os meninos vem?” Jimin pede ao marido que vem sentar perto dele.

-“Minho disse que sim, devem estar chegando.” Kook disse abraçando seu pequeno, deixando um beijo em sua testa. Foi ai que não apenas 1, e sim 3 carros entram pelo portão e estacionam ao lado do Spano de Kook e do GTB de Jimin.

Yoongi e Woozi sorriem para as pessoas de dentro deles.

Um Ford GT40 2016 azul brilhate, e de dentro dele, saem Hoshi e Joshua.

O Koenigsegg Agera R branco, e dele saem Taemin e Minho.

E por fim, um Lykan SuperSport Fenyr prata, e de dentro dele, sai Yoo Youngjae. Este que sorri para as pessoas ali.

-“Fala Young!” Kook fez amizade com ele, mesmo se lembrando de tudo. E começaram a chama-lo de Young para não confundir com o outro Youngjae.

Ele ainda não tinha explicado o que tinha acontecido lá, iria faze isso hoje.

-“Eu chamei umas pessoas pra vir também, espero que não se importem.” Disse olhando para os donos da casa.

-“Que nada! Quanto mais melhor!” Jin sorri e Junmyeon, Namjoon e Yixing riem disso.

Jae se levanta para falar com Youngjae, e nesse momento Jaebum queria esquecer a memória para não assistir a merda que podia dar. Embora ele não tivesse culpa de nada.

-“Ai...” Taehyung olha para os dois Youngjaes conversando e viu o rosto de Jaebum. Mas por incrivel que pareça, aqueles dois estavam se entendendo.

-“Então não me odeia?” Young olha pra ele.

-“Eu não tenho motivos pra isso.” Sorri e Young não resiste em abrala-lo.

-“Você é mesmo um anjo!”

-“Você é uma figura.” Aperta as bochechas do mais velho. Os dois estavam se entendendo bem, conversando. Yoo até pediu para cuidar das crianças caso precisasse. Jae disse que podia ser a hora que quisesse.

Taemin sorri e comprimenta o pessoal e Minho fazia o mesmo, se sentando entre eles.

Jaebum suspira aliviado, pelo menos não iria apanhar.

Depois de uns minutos e de Yoo brincando com as crianças, outro carro chega, na verdade, dois.

Aston Martin DB10 prata brilhante, e de dentro dele sai Zelo.

E o outro carro era um Lexus, LF LC Azul brilhante, e de dentro dele sai um garoto de cabelos castanhos-escuros meio penteados para trás mas com uma pequena franja sobre seu olho esquerdo.

Ao ponto de vista de Jimin, Jae, Tao, Baek, Hobi e outros (funções de esposa kkkkk) ele era bonito, e por isso seus maridos não estavam gostando muito disso.

O garoto era bonito mesmo, lábios grandes e brincos, se vestia com calças jeans azuis, jaqueta de couro e camiseta branca por baixo.

Zelo já usava um abrigo de verão, Kai se levanta no banco e vai abraçar ele, os dois eram praticamente melhores amigos agora.

-“Não vão apresentar a gente?” Zelo sorri para Youngjae (B.A.P) que revira os olhos.

-“Pessoal, esse é o Junhong, mas chamem de Zelo, e esse aqui é...” Antes que ele terminasse, o garoto novo agarra sua cintura e o puxa para si, até selar seus lábios em um beijo bruto.

Kook engasga com a cerveja e Kai fica sem reação e Jaebum fica como ele, sem saber o que dizer.

Youngjae (Yoo) resmunga no beijo e se afasta dele quando o empurra com as mãos, estava ofegante e sentia seus lábios vermelhos e inchados pelas leves mordidas e chupadas que ele deu. –“Eu falei pra parar de fazer isso!”

O garoto apenas sorri. –“E eu disse que iria parar?” A resposta fez o mais novo ficar ligeiramente vermelho e rosnar para si mesmo.

-“Grrr! Pessoal esse é o Daehyun, ele é-“ Daehyun o corta novamente.

-“Namorado do Jaejae aqui.”

Kook estava quase deixando a cerveja escorrer de sua boca, Youngjae tinha namorado??? Então... Como ele...? ISSO TAVA CONFUSO DEMAIS!

Bem, isso seria explicado no almoço.

-“VENHAM COMER!” Jin berra e chama os garotos para a mesa, Daehyun colado em Youngjae e se sentando com os meninos.

A mesa era quilométrica, era a junção e duas mesas grandes, para caber todo o pessoal. Quando se sentaram, se sentaram na seguinte ordem:

Jikook, 2jae, Chanbaek, Vhope, Sulay, Namjin, Xiuchen, Yoonzi, Taoris, Kaisoo, Hunhan, Markson, 2min, Zelo, Joshua e Hoshi, e DaeJae, seguido pelas crianças. Eunwoo, Bin, Hakyeon, Jaehwan, Jaehyun e Hyuk (VIXX).

O almoço foi cheio de piadas e conversa, era uma comemoração ao terem Jaebum de volta. Cerveja para os adultos e coca-cola para as crianças, esse também foi a vez que Yoo Youngjae explica as coisas para todos naquela mesa.

-“Espera ai, você é agente da EBS???” Taehyung olha para Yoo incrédulo.

-“Sou sim.” Yoo sorri. –“Poucas semanas antes do Kook sumir eu me infiltrei entre os soldados do Jungsu para vigiar ele, a cada passo eu informava ao Hoshi e ao Joshua.” Bebe mas cerveja.

-“Então por isso vocês sempre sabiam a onde ele iria atacar!” Baekhyun diz e os 5 (Jae, Dae, Zelo, Hoshi e Joshua) riem.

-“E também, quando eu li a ficha do Kook, eu vi sobre o Jaebum e o reconheci pelas fotos.” Dizia o Yoo. –“Por isso tentei ajudar ele a lembrar. Joshua me mandou fotos dele com os amigos e eu imprimi pra mostrar pra ele.”

-“Então aquele pacote pardo que eu achei debaixo da minha porta com as fotos, foi você quem colocou lá?” Jaebum pergunta e Youngjae assente.

-“Me agraceçam.” Bebe mais um gole. –“Agora a parte que vocês vão me matar...” Coça a nuca, apenas Zelo, Kook, Jaebum e Kai sabiam do que se tratava.

Daehyun não sabia, e ficou encarando o namorado esperando ouvir a história.

-“O Jungsu sabia que o Jaebum tinha um noivo chamado Youngjae... E... Como eu tenho o mesmo nome... E-Ele me pediu pra, fingir ser... Noivo... Dele. Pra enrolar a cabeça dele.”

Jaebum queria enfiar a cabeça na terra, e Youngjae (Yoo) também queria sair dali, não por medo do que os garotos iam dizer, mas pelo jeito que Daehyun olhava pra ele.

-“Choi-Kim Jaebum eu espero que não tenham passado de leves selares e troca de olhares.” Jae olha para o marido com aquele olhar calmo mas ao mesmo tempo repreendedor.

-“Claro que sim amor!” Jaebum foi rápido na resposta, sorrindo satisfeito, o esposo agora olha para o outro Youngjae.

-“N-Não me odeia... Não é?” Yoo engole o seco.

-“Considerando que você ajudou ele a se lembrar, salvou o Kook, era espião e precisava manter o disfarce, tudo bem. Eu perdoo você.” Sorri.

Yoo solta um suspiro aliviando, mas não era todo mundo que estava de bem com isso. Young solta um gritinho de dor meio afinado quando sente Daehyun apertar forte sua cintura.

-“D-Daehyun...” Agora foi quase um gemido.

-“Vamos ter uma conversinha quando chegar em casa.” Daehyun sussurra perto do ouvido do mais novo, e logo dá uma mordida em seu pescoço deixando marca.

-“TEM CRIANÇAS NA MESA!!!” Yifan grita e Mark, Jackson, Minho, Joshua e Hoshi cobriram os olhos das crianças.

-“Tio Dae é bem pervertido!” Jaehyun disse mesmo com Joshua cobrindo seus olhos.

Jae e Jaebum suspiram, estavam com medo da mente dos seus filhos no meio dessas pessoas.

Tirando a provocações extremamente sexuais de Daehyun sobre Youngjae, o resto do almoço se seguiu bem, Youngjae disse que ele e Taemin eram membros da EBS, mas Youngjae se infiltrou com Jungsu e Taemin fez sua missão anos atrás quando se infiltrou no Seventeen.

Taemin e Minho estavam namorando faz um ano, foi uma história engraçada.

-“Hey Zelo, tem amante?” Jackson pede ao garoto.

-“Tenho, mas ele tá em trabalho.” Bebe a cerveja. (Em solo americano ele podia, e ninguém ia prender ele por isso).

-“É um cara com cara de mau, mas gostamos dele.” Daehyun ri e Zelo joga batata frita nele. –“Ai!”

-“Não fala mau do meu tigrão!”

-“Tigrão?” Chanyeol olha sem entender.

-“Longa história.” Zelo revira os olhos e os meninos riem novamente.

-“Hoshi como está o pessoal?” Woozi pede pra ele.

-“De férias mas maldivas!” Disse bebendo uma lata inteira de cerveja e pegando outra.

-“Mas e vocês? Não foram por quê?” Baekhyun olha curioso.

-“Temos outros planos.” Com a resposta de Joshua e o sorriso que Hoshi mandou pra ele, não foram precisas palavras para dizer o que eles tinham em mente.

-“Vão passar a noite na cama também?” Hyuk solta e mais uma vez os adultos quase desmaiam na mesa.

-“YIFAN O QUE HÁ DE ERRADO COM SEU FILHO!?” (JK)

-“INFLUÊNCIA DE VOCÊS!!!”

Hoshi e Joshua abaixam a cabeça, os adultos estavam secos de expressões, bem nem todos. Youngjae espancava o coitadinho do Taemin enquanto dava risada, e Daehyun quase afunda a cara na maionese se tanto rir.

Depois de quase ter ataques de risada e infartos com a falta de vergonha de algumas pessoas e das crianças, todos estavam na missão de limpar a bagunça. Que depois de cumprida, todos agora estavam pensando em outra coisa.

Algo que remetia aos velhos tempos.

-“Hey Daehyun!” Kook chama o novo amigo. –“Aquela sua máquina é veloz?”

A pergunta fez todos pararem o que estavam fazendo, apenas pra olhar os dois.

Jungkook estava com um sorriso no rosto, olhava para o Lexus de Daehyun e depois para ele. Jung reconheceu aquele sorriso, e sorriu de volta. –“Garanto que é.”

Kook estava com nitro no sangue, e todos ali sabiam o que ele queria.

-“Que tal uma corrida?” Entre amigos e por diversão, bem como era antes.

-“Eu também vou.” Jaebum disse. Estava com saudades dos velhos tempos.

-“Nesse caso eu também vou.” Taehyung se junta no quarteto, Daehyun olha para as pessoas, e sorri novamente.

Aquele sorriso desafiador.

Hobi, Jimin, Jae e Youngjae sabiam do que se tratava, assim como todos o demais que assistiam os quatro encararem os carros.

Vamos ter uma corrida.

(...)

(kade: Toquem How We Roll de Velozes 5 *UMA ORDEM KKKKK*)

-“Vamos lá!” Jackson grita quando os 4 carros se juntam na linha de largada. Taehyung com o Charger 1970 negro, sorrindo como a noite caía sobre as colinas. Ao lado dele, Jungkook no Spano agora em cor branca, pisando no acelerador apenas esperando.

Ao lado de Kook, Jaebum no Pagani Huayra agora negro, sorrindo como sentia-se bem ao entrar no velho carro de novo. Tantas lembranças.

E ao lado dele, Daehyun no Lexus LF LC, sorrindo para os oponentes e acelerando, apenas esperando.

-“Senti falta disso.” Yoongi sorri sentado em cima de sua Ferrari Enzo.

-“Como nos velhos tempos.” Chanyeol disse sentado no Mustang 2018.

-“Isso vai er divertido.” Jackson em seu GT500 cobra, e ao redor dele, os demais. Jimin, Jae, Mark, Hobi... Todos, eles, cada um com seus carros.

Zelo assistia aquilo sorrindo de cima de seu DB10. -“Essa família é divertida.”

-“Quer fazer parte dela?” Yixing dizia sentado em cima de seu Bugatti Chiron.

-“Eu quero.”

O som dos motores só ficava mais alto, e os meninos estavam mais animados do que nunca.

-“Nosso lema mesmo é???” Jungkook grita para todos os amigos ouvirem.

-“WE!”

Os motores ficam ainda mais barulhentos.

-“ARE!”

Pneus queimando atrás deles, olhares furiosos e com brilho por uma corrida eram trocados entre os pilotos, que olhavam para a estrada e viam a si mesmos, como furiosos.

-“FURIOUS!”

A partida se dá e os 4 carros saem em disparada, sem limites e nada para segura-los, esses eram eles.

Sempre velozes, e sempre furiosos.

 


Notas Finais


Agradecimentos né, kkkkk mas ainda tem uns extras por ai, olha eu não prometo nada muito comprido tá? apenas fazer uma historinha em cima dos filhos dos 3 casais principais. NCTIZENS ME DIGAM O PAR DO JAEHYUN PFV

Bem,espero vocês em algum extra por ai, mas a história geral termina aqui. Obrigado aos 800 favs e logo serão 900! Voces são demais, amo vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...