História We Are Just One. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Justin, Romance
Visualizações 56
Palavras 943
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tá aí babys, links nas notas finais.
Bjjocas amores 😍❤

Capítulo 3 - Não quero que fale comigo !


Fanfic / Fanfiction We Are Just One. - Capítulo 3 - Não quero que fale comigo !

             P.O.V. Justin Bieber

Ela estava ali, na minha frente, depois de 2 anos ela estava ali me olhando eu naquele momento percebi uma coisa: eu nunca parei de amar ela, Alyssa Parker é e sempre vai ser o amor da minha vida.

             P.O.V. Alyssa Parker

Naquele momento eu não me mexia, não falava, não piscava, não respirava. Meu mundo parou e voltou a 2 anos atrás. Meus olhos estavam pesados de lágrimas, e elas logo não se negaram a cair. Ele não podia estar aqui, não pode estar aqui olhando pra mim, não pode.

Quando percebi já chorava muito, Hope assim que viu veio correndo me amparar mais dei com a mão pra ela se afastar. Sequei as lágrimas e ele ficou ali, me encarando, e tenho certeza que ele está pensando o mesmo que eu.

Respirei fundo e tentei me acalmar o máximo que pude, até pq estava no serviço e não podia agir assim. Respirei profundamente novamente e olhei para cada um deles que estavam muito confusos com tudo que aconteceu.

--Alyssa, você tá aqui, você...-o interrompi.

--Aqui está a conta.-Entreguei para o mesmo sem olhar.

--Aly, nós precisamos conversar. Me escuta...-o interrompi de novo olhando no fundo de seus olhos.

--Não quero que fale comigo !-disse o mais fria que consegui e peguei o dinheiro me retirando. Ele ficou me olhando mais não veio falar comigo. Nada mais justo, até porque, o culpado foi ele.

                    Flashback On

Hoje é meu aniversário de 15 anos, estou muito feliz porque minha festa está maravilhosa (link 1), tenho minha mãe comigo e meu namorado maravilhoso. Ele que preparou toda a festa pra mim, até porque eu nunca que teria condição de pagar uma festa assim.

A festa começaria as 19:00, já são 16:30 e hoje eu fiquei o dia inteiro assistindo filme com Justin. Quando vi o horário me levantei e fui tomar um banho rápido já que faltavam só meia-hora para o cabeleireiro e maquiador chegar.

Tomei um banho rápido e enrolei meu cabelo em uma toalha e coloquei um roupão. Logo bateram na porta e eu atendi vendo os cabeleireiros e os maquiadores ali.

Eles fizeram minha maquiagem que ficou perfeita (link 2) e meu cabelo que ficou lindo também (link 3). Depois disso vesti minha roupa que era maravilhosa (link 4) e estava pronta. Como já eram 18:45 me apressei em ir pro buffet. Chegando lá várias pessoas que eram meus amigos e do Justin, da minha mãe, familiares e tals vieram me abraçar e desejar feliz aniversário.

Depois de todos os cumprimentos enxerguei quem eu tanto queria ver, meu príncipe, ele estava lindo naquele terno maravilhoso (link 5). Sorri pra ele e ele veio em minha direção com um sorriso maravilhoso e assim que chegou me deu um selinho e um beijo na testa.

--Você está linda !-sussurrou no meu ouvido e eu sorri mais ainda.

--Você está ainda mais !-sussurrei de volta e vi ele sorrir.

                        ******

Já passava das 00:30, já não tinha tanta gente como antes no buffet mais ainda tinha gente ainda. Já fazia mais ou menos 1 hora que eu não encontrava Justin e eu já estava preocupada. Procurei ele em todo buffet e não o encontrei, até que lembrei que no Jardim dos fundos que não tinha ninguém (eu acho) eu ainda não tinha verificado.

Tirei meus saltos que já estavam moendo com meu pé e joguei num canto qualquer indo rapidamente para os fundos. Olhei por tudo e não o encontrei, fui ao único lugar que não tinha visto que era atrás do chafariz dali e assim que vi aquela cena meu mundo desabou completamente.

Justin estava lá aos amassos com uma das únicas pessoas que nunca imaginei que faria isso pra mim, Blair. Ela é a minha irmã  e do Chris mais velha. Na época ela tinha 20 anos e o Justin 18 anos. Ela era minha irmã, sangue do meu sangue. Quando presenciei aquilo só dei as costas e sai correndo chorando pelo meio da rua enquanto ouvia Justin me chamar.

Depois de alguns minutos correndo e chorando acabei me destraindo e fui atropelada por um carro. Acordei no hospital no dia seguinte e Justin estava no quarto me esperando acordar pra conversarmos. Não aceitei conversar e ele foi embora. Essa foi a última vez que o vi até hoje.

Quando sai do hospital minha mãe pegou seu dinheiro de seguro desemprego já que ela tinha sido mandada embora porque tinha acabado de descobrir a doença e viemos embora para L.A., minha mãe nunca mais quis ver Justin assim como eu.

                 Flashback Off

Depois disso Blair ficou no Canadá e nunca mais vi ela, e nem pretendo ver. Eu não o reconhecimento, estava tão diferente. Nem notei que era o grande amor da minha vida, ele me traiu, com a minha irmã, faltando 1 semana para completarmos 3 anos de namoro.

Quando chegasse o nosso dia, eu iria perder a minha virgindade com ele, mas depois que isso aconteceu nunca mais namorei. Fiquei com algumas pessoas mas não namorei e muito menos fiz sexo.

Não acreditava que era ele. Ele estava tão lindo, como sempre foi.

Quando olhei pra onde ele e seus amigos estavam anteriormente encontrei todos os lugares vazios. Ajudei as garotas a fecharem tudo e depois fui embora. Cheguei em casa 20:00 e fiz a janta levando pra minha mãe e já jantando com ela. Preferi não contar do ocorrido pra não a preocupar.

Assim que terminamos de jantar ajudei ela a tomar banho, dei seus remédios e a coloquei pra dormir.

Fui para meu quarto e entrei direto no banheiro, tomei um banho relaxante e fui até meu guarda-roupa e escolhi uma roupa pra dormir a colocando (link 6) e me deitei tentando esfriar a cabeça. Demorei bastante mais finalmente consegui adormecer.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...