História We Are Not Immortal - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Maria Luiza Ramos (MoonKase), Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft, The Walking Dead
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Cauê Bueno, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, MoonKase, Pac, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Baixathentic, Cellps, Jvtista, L3ddy, Lya, Malepok, Mitw
Visualizações 112
Palavras 411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heey galere,estou de volta com mais um capítulo,hoje com a apresentação de um novo personagem,minha OC,espero que gostem.
Boa Leitura❤

Capítulo 3 - If We Do Not Fight,We Will Not Survive


Fanfic / Fanfiction We Are Not Immortal - Capítulo 3 - If We Do Not Fight,We Will Not Survive

P.O.V Maya 


{ 2 / 10 }


Hey! Meu nome é Maya Santos, mas me chame apenas de Maya ou May, tenho 18 anos e estou um pouco nervosa. 

Depois do que Felps e Mike falaram fiquei pensativa, o que será de nós agora? O que teremos que fazer? O que realmente está acontecendo? Vamos sobreviver? São tantas perguntas, mas nenhuma resposta. 

Estamos andando há algum tempo, olho no meu celular e já são 12:30, reparo também que não tem sinal, ótimo, agora meu celular é inútil. 

Andamos mais um pouco até chegarmos no local da festa de ontem e está como pensamos, totalmente destruído, vários amigos nossos estavam lá e agora estão mortos, ou meio mortos.

- Vamos embora, quero ver como está nossa casa. - falei e seguimos caminho.

Sim, moramos todos na mesma casa, como o grupo todo veio fazer faculdade fora do Brasil decidimos morar juntos, juntamos nosso dinheiro e compramos uma casa enorme para acomodar a todos.

 As festas que davamos eram as melhores, bebidas, comida, música, amigos e muita pegação, tudo que pessoas da nossa idade gostam, mas isso acabou.

Quando chegamos em casa já era 13:30 da tarde, entramos em casa e bom, está melhor do que imaginávamos, só a casinha de ferramentas nos fundos foi atingida, a casa em si está intacta, trancamos os portões e fomos para dentro.

Quando entrei em casa pareceu que tudo havia voltado ao normal, nenhuma explosão, nenhum zumbi, tudo numa boa, mas essa sensação durou pouco.

- E o que vai acontecer agora? - Luba perguntou.

- Vamos lutar, aprender a atirar, nos defender. - disse Mike de forma simples.

- E como vamos fazer isso, não temos armas. - disse Moon em tom sarcástico. 

- Simples, vamos na delegacia, pegamos as armas e depois voltamos pra cá. - respondeu Mike como se fosse óbvio.

- Claro, vai ser super fácil invadir o arsenal da delegacia com policiais dentro dela. - falei como se Mike fosse louco.

- Se não houver policiais lá entramos e pegamos as armas e de quebra uma viatura, mas se eles estiverem lá voltamos embora - disse Mike. - Mas vamos deixar isso para amanhã, já passamos por muita coisa hoje.

Depois disso fomos conferir se estava tudo certo, havia comida o bastante para uma semana, a nossas caixas d'água  durariam por  pelo menos dois meses cada uma, já que temos duas e temos energia elétrica graças ao nosso gerador que funciona a gasolina.

Essa é nossa vida agora, se não lutarmos, não sobreviveremos.


Notas Finais


E esse foi o capítulo de hoje.
Maya é a garota da capa desse cáp,mas sem a franja e o piercing,foi a foto mais parecida que eu achei.
Bom,espero que tenham gostado do capítulo,vou postar todo domingo.
Até domingo que vem com mais um capítulo.
Obrigado por ler❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...