História We Are Too Young To Think Of Tomorrow(Interativa K-Pop) - Capítulo 4


Visualizações 45
Palavras 488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Ficção Científica, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Kang Dean, canadian boy;


Fanfic / Fanfiction We Are Too Young To Think Of Tomorrow(Interativa K-Pop) - Capítulo 4 - Kang Dean, canadian boy;

Kang Hyunggu is Kang Dean

 

Kang Dean �� - canadian boy ���� — Homossexual ��— 17 anos ��

 

 

Mais uma vez eu acordei cedo. Típicas sete e meia da manhã. Fiquei um tempo olhando para o nada em quanto pensava qual é a diferença entre falar e dizer. Entre este meio tempo meu despertador apitou. Sete e quarenta e cinco. 

 

Dean:Puta que pariu... —Resmunguei pondo a mão no rosto e logo rolando no edredom branco bagunçando minha cama.

 

Logo tomei vergonha na minha cara linda e fui andando para o banheiro. Me despi logo tomando um banho e escovando os dentes. Vesti uma blusa preta sem estampa juntamente a uma calça jeans e um tênis Adidas branco com detalhes pretos.

 

Logo fui andando pelos corredores largos cheios de quadros de minha família. Alguns bem vergonha alheia. Vi aberta a porta do quarto de meu irmão. Sorri de forma fraca logo indo a caminho da escada onde desci vendo a doméstica de minha casa. A mesma sorriu e eu retribui logo indo a caminho das ruas frias de Seul. Saudades Canadá. 

 

Passei no café que havia perto da escola. Comprei um expresso com chantilly e flocos de chocolate. Andando pelas ruas frias de Seul fiquei brigando olhando algumas lojas já abertas e pessoas andando provavelmente indo a seus trabalhos ou a escola. Algumas pessoas que já havia visto na escola assentavam e sorriam para mim e eu para não ser mal-educado fiz o mesmo para os demais. Em quanto tomava o café me dei conta de que...

 

Caralho, eu tenho dezessete anos. Eu tô no fim da vida.

 

Mas deixando de lado isso. Fui andando a escola que estava com alguns alunos conversando. Boa parte do grupo lá estavam. Cumprimentei alguns e fiquei sorrindo para alguns alunos estranhos que passavam.

 

Fui para a sala de aula. Segundo ano...quem diria que eu estava tão perto assim de me formar...Fiquei arrumando minha mochila na última carteira da segunda fila do lado da janela. Senti dois braços me rodeando...aquele cheiro de cereja era familiar...senti algo roçando em minhas costas. Provavelmente a face do sujeito. 

 

Park Moon...

 

Moon:Appa? Eu não ‘tô bem...me abraça? —Ela fala com a voz abafada.

 

Dean:O que você tem? —Falei me virando abraçando a mesma com força. Ouvi um grunhido baixo de sua parte. Separamos tal ato em segundos, olhei em seu rosto, seus olhos pediam ajuda, seu rosto...uma marca quase invisível de mão.  —Foi seu pai, não é?

 

Moon:Sim... —Seu olhar abaixou. Não vou mentir, eu realmente odeio o pai de Moon, se é que pode chamar um idiota daqueles de pai.

 

Dean:Olha, ele é um babaca. Só quero eu você fique bem. Por favor, não faz essa cara. —Fiz um biquinho logo a abraçando.

 

Moon:Okay! —A menor sorriu.

 

Voltamos a entrada da escola. Alguns estavam conversando. Assuntos aleatórios e bem idiotas tipo o porquê azeitona é tão ruim. Deus me livre. Quem inventou a azeitona? Tomara que morra.

 


Notas Finais


Kang Dean e seu ódio por azeitonas.
Desculpe o capítulo pequeno. É só uma introdução.

Parabéns @soubl! Hino de ficha que chama né?

O capítulo da menina está em andamento. Logo postarei.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...