1. Spirit Fanfics >
  2. We Found Love >
  3. Sangue e Lágrimas

História We Found Love - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 6 - Sangue e Lágrimas


Fanfic / Fanfiction We Found Love - Capítulo 6 - Sangue e Lágrimas

Clara sentiu mãos a puxarem pelos ombros . Ela se virou e encontrou os olhos da irmã. A se soltou de Lica e saiu correndo. Rafael se levantou e tentou sair da cabine mas Lica o acertou com uma joelhada no meio das pernas o que o deixou paralisado. Lica aproveitou para pegar o soco inglês que carregava jo bolso da jaqueta e o acertou com três socos o rosto o fazedo cair. Ela montou guarda em cima dele acertando mais dois golpes r logo abriu a lamina embutida no soco inglês Porém no treceiro ele segurou seu braço e começou a torcelo. Heloísa ouviu o crac do osso se quebrado e Rafael aproveitou pars inverter ad posições sem soltar do sey braço. Ele acertou três socos no seu rosto e começou a enforca-la . A garota estava prestes a desmaur qua do ela viu Samanta entrar correndo no banheiro e acertar um chute na cabeça de Rafael o fazendo cair. Samantha se ajoelhou ao lado da namorada e começou a gritar por ajuda.

- A Clara... Ele atacou a Clara...

- Calma meu amor eu vou pedir pro Guto ir atrás dela. Foi quando Malu entrou no banheiro e logo que viu a cena gritou por Edgar.

- Meu Deus minha filha o que aconteceu? Perguntou o diretor.

- O Rafael tentou me agarrar e a Lica me defendeu. Disse Samantha 

- A sua filha anda armada ! Tentou me matar eu só me defendi!

- Eu devia mesmo te matar depois do que você fez com a minha irmã!

- Cadê a minha filha? O que esse moleque fez com ela ?

- Não fez nada Malu , a Clara nem aqui tava a Lica bateu a cabeça na briga e deve estar confusa. Disse Samantha.

- Eu tentei beijar a Samantha e a outra sapatão veio pra cima de mim com um soco ingles com uma lâmina embutida!

- Já chega os dois estão suspensos uma semana. Bem filha eu vou te levar pro hospital. Samantha volta pra sua sala e Malu liga para a mãe do Rafael e fala pra Clara ir pra casa. Eu vou encontrar ela lá . Disse Edgar ajudando a filha a se levantar.

Enquanto isso.

Clara entrou em uma sala vazia e se sentou no chão chorando complusivamente . Rafael nunca iria deixa-la em paz e agora a irmã iria se machucar por culpa dela de novo. Ela viu seu celular apitar era uma mensagem de Samantha falando que Lica estava bem apesar de machucada. Ela fora uma covarde e correu ao invés de ajudar a irmã. Ela pegou um canivete em seu bolso e fez um corte na barriga , e outro , e outro , e mais outro. Foi quando Guto entrou na sala .

- Clara! O que você ta fazendo? Disse ele. O garoto foi até ela se ajoelhado na sua frente e tirando o canivete de sua mão . Ele tentou toca-la para examinar os cortesmas ela se afastou assustada.

- Clarinha eu não vou te machucar. Eu só quero te ajudar.

- Eu não mereço a sua ajuda Guto. Eu só faço mal pras pessoas. Eu fiz mal pra você...

- Não você não fez. Você me ajudou. E não me julgou. O nosso lance não feu certo mas eu sinto falta da nossa amizade. Alguém sabe que você faz isso ?

- Só a K2. Mas ela me deu uma semana pra contar pra minha família se não ela vai contar tudo pra Lica.

- Então eu vou te dar esse tempo também. Mas isso fica comigo. Disse ele indicando o canivete. Clara fechou o casaco pra esconder a mancha de sangue em sua camisa. Eles saíram da sala e logo deram de cara com Malu.

- Clara o Edgar te quer em casa . Ele foi levar a Heloísa no hospital e vai te encontrar lá.

- Hospital? A Samantha falou que ela tava bem!

- Parece que quebrou o braço mas saiu daqui andando.

- Eu vou levar a Clara pra casa que ela não esta se sentido muito bem. Falou Guto. Malu parecia nem notar o estado da filha. Os dois saíram do colégio e quando entraram no carro de Guto a loira desabou novamente.

- A minha mãe não se importa comigo e a Lica é tudo minha culpa...

- É culpa do Rafael.

- Ele vai mandar o vídeo pra minha mãe. Foi quando o celular dela tocou.

Ligação on

- Oi sapata loira.

- O que você quer Rafael?

- A sua irmãzinha sapata me deu uma surra então vou ter adiar o nosso encontro. Mas na quarta feira que vem você vai ser toda minha.

- Como você quiser Só não manda aquele vídeo pra minha mãe.

- Então você vai ter me encontrar todas as vezes que eu quiser. Vai ser a minha putinha. Disse ele desligando.

Ligação off

- Clara olha pra mim. A gente vai pegar essa cara. Ele vai ser obrigado a te deixar em paz . Prometeu Guto. Logo eles chegaram na casa de Edgar.

- Onde tem um kit de primeiros socorros ? Precisa cuidar desses cortes. Clara pegou o kit .

- Deixa que eu te ajudo.

- Não precisa Guto. Eu estou acostumada a fazer isso.

- Quando que você começou?

- Quando o Luís descobriu que não era o meu pai.

- São quase dois anos. Você precisa de ajuda pra parar com isso.

- Eu sei. Eu vou falar com o Luis eu só preciso de um tempo.

No Hospital .

- Edgar a Heloísa não teve qualquer lesão na cabeça que justifique confusão mental . Além do braço quebrado ela só teve hematomas. Disse Mitisuko.

- Você tem certeza ?

- Absoluta. Ela já pode ir pra casa. Edgar pegou a mão boa da filha e a levou até o carro.

- Filha você não tem lesão nenhuma na cabeça e eu sei que você não mentiria sobre a Clara ser atacada então me conta a verdade.

- Como se você se importasse !

- É claro que eu me importo. Eu sei que eu errei muito com vocês duas mas eu amo vocês.

- A Clara foi no banheiro e estava demorando. Então eu fui atrás dela. Deu pa ver que tinha duas pessoas na cabine e eu ouvi o Rafael ameaçar ela e exigir que ela fizesse coisas com ele então eu consegui destacar a porta. A Clara correu e eu partibpra cima do Rafael. Eu tava com tanta raiva.... Ele quebrou meu braço e conseguiu me dominar ai a Samantha chegou e chutou a cara dele fazendo ele cair.

- E porque a Samantha mentiu?

-Eu não sei. Lica mentiu . Na verdade ela sabia. Agora tudo fazia sentido. O vídeo ao qual Rafael se referia deveria ser de Clara com K2. Rafael estava chantageando a irmã e Samantha sabia. Lica mexeu nevorsamente na aliança coma mão esquerda.

- Você e a Samantha estão namorando?

- Por enquanto estamos.

- Heloisa eu sei que agi mal quando você começou a sair com meninas mas eu não quero te perder por conta disso. Eu não estou falando que gosto da idéia mas eu vou tentar respeitar.

- Obrigada pai. Deixa que eu conveso com a Clara. Se você tentar ela so vai se afastar. Disse ela quando os dois chegaram no prédio do diretor. Assim que Lica entrou no apartamento do pai foi abraçada pela irmã.

- Desculpa Lica...

- Você não fez nada de errado Clarinha. Disse antes de soltar o abraço.

- Bom agora que você não está mais sozinha eu vou pra casa. Disse Guto se despedindo.

- Lica é melhor você ir deitar. Eu vou pedir algum coisa pra gente comer e ligar pra Marta.

No quarto.

- Clara me fala a verdade.

- Que verdade ?

- Eu ouvi o Rafael falando que se você não fizesse o que ele queria ele ia mandar um vídeo pra Malu. Ele está te chantsgeando. E a Samantha sabe. Ele te machucou alguma vez ?

- Não. Essa foi a primeira vez que ele tentou algo. Ele gravou um vídeo ... Eu e a K2 nós beijando... A Sam ela tem um plano. Clara explicou plano para irmã.

- Nem pensar. Você não vai ficar no mesmo quarto que aquele cara!

- A K2 vai estar comigo e ...

- E eu devo confiar na grávida de Taubaté pra te proteger?

- Lica já falei pra não falar assim dela. E o Guto , o Felipe , o MB , a K1 e a Samantha vai estar no quarto do lado. Eles vão entrar antes que qualquer coisa aconteça.

- Clara...

- É o único jeito.

- Eu não entendo porque você me escondeu isso.

- Olha pra você Heloísa! Você está toda machucada. E se a Samantha não chega ia ser pior. Eu não te contei porque não queria que você se machucasse tentando me proteger.

- Clara se eu não tivesse impedido ele hoje ia doer muito mais do que um braço quebrado e alguns hematomas. Mas eu não vou brigar com você. Falou Lica colocando o braço esquerdo em volta dos ombros da irmã.

- Também não briga com a Sam. Eu sei que você gosta dela desde que vocês se conheceram você ta feliz com ela não estraga tudo por minha causa .

- Eu perguntei pra Samantha se você tinha contado alguma coisa pra ela e ela mentiu pra mim. Ela me prometeu que não esconderia de mim alguma coisa grave em relação à você.

- Ela queria te contar. Eu que pedi pra ela não te falar nada.

Enquanto isso na sala Marta chegou acompanhada por Luís.

- O que aconteceu com a minha filha? .

- Calma Marta. A Lica está bem. Ele explicou o ocorrido.

- Esse moleque tentou violentar a minha filha ! Exclamou Luís. .

- As nossas filhas precisam que nós mantenhamos a calma. Edgar liga ora Malu e Luís se acalme. Eu vou tentar falar com as meninas. Disse ela indo para o quarto de Clara.

- Meu Deus minha filha, você tá toda machucada. Clarinha aquele rapaz tr machucou?

- Mãe eu tô bem. E o Rafael não fez nada com a Clara. Ele vai deixar a gentr em paz .

- Mas filha...

- Mãe por favor sem interrogatório

- Por hoje mas eu quero a verdade. E não quero você andando armada por aí. Disse ela saindo

Edgar decidou que a reunião dos quatro adultos deveria ser fora do apartamento para evitar que Clara e Lica ouvissem alguma briga.

As irmãs estavam na sala assistido TV. Lica com a cabeça no colo de Clara quando a campainha tocou. Clara foi atendender e logo que abriu a porta foi abraçada por Samantha

- Cadê a sua irmã.

- Ela ta aqui se acalma. .

- Liga pra sua namorada Antes que ela apareça aqui. Disse Samantha entrando. Ela foi ate o sofá onde a namorada estava deitada.

- Heloisa ! Custava atender a merda do celular! Eu quase morri de preocupação! Ta toda cheia dr hematoma. Disse ela se aproximando mas Lica a afastou.

- Não toca em mim!

- O que foi? Ta louca?

- Eu louca? Eu descobri tudo Samantha! Disse Lica se sentando

- Você prometeu na minha cara que se alguma coisa grave estivesse acontecendo com a minha irmã você iria me contar !

- Lica me escuta...

- Se eu não tivesse chegado a tempo aquele maldito teria estuprado a Clara ! Você não tinha o direito de esconder de mim que tem a porra de um estuprador chantageando a minha irmã !

- Heloísa eu só estava tentando te proteger! Olha o seu estado! O Rafael estava te enforcado ...Se eu não tivesse chegado ele poderia ter te matando! Eu sabia que se eubte contasse você ia atrás dele...

- Não me importa o que você estava tentando fazer Samantha! Você traiue confiança e você colocou a Clara em perigo !

- E o que eu deveria fazer? Trair a confiança da Clara? Eu sou a única amiga que ela tem. Se ela achar que não pode me contar as coisas que ela não quer que você saiba ela não vai contar pra ninguém! E eu não achava que o Rafael ia ser louco o suficiente pra fazer alguma coisa com ela dentro da escola! Eu achei que eu poderia proteger vocês duas! Nesse momento as duas já estavam chorando.

- Você estava errada !

- Do que ia adiantar se eu te contasse? Você ia pra cima do Rafael e não ia adiantar de nads! Você deu uma surra nele, se machucou toda e mesmo assim ele não deixou ela em paz! Se eu não tivesse acertado ele o desgraçado tinha mandado o vídeo pra Malu !

- Pelo menos ele não teria tentado violentar a minha irmã no banheiro da escola ! Você me impediu de proteger a Clara! Você não podia ter feito isso Samantha! Eu tenho certeza que se fosse a Keyla ou a Bene sendo ameaçadas você ia querer saber!

- Engraçado você dizer isso já que você me escondeu quando o falso Deco perseguiu a Keyla!

- É diferente eu mal te conhecia naquela época. Você é minha namorada Samantha...

- Justamente por isso que eu não queria te ver machucada! Eu posso até ter errado Heloísa mas eu estava tentando manter a minha melhor amiga e a mina que eu amo seguras! Eu juro que eu nunca imaginei que a Clara estaria em perigo na escola. Eu tentei...Eu sei que eu falhei...Eu só queria proteger vocês e eu falhei...O Rafael machucou vocês duas e é minha culpa...Minha culpa...Minha culpa...O peito de Samantha estava apertado e ela estava encontrando dificuldade pra respirar ela desabou no sofá . Lica percebeu que a namorada estava hiperventilando e sua raiva foi substituída por preocupação. Ela pegou a mão da namorada e colcou contra o seu diagrama.

- Respira comigo Sammy. Senti a minha respiração e respira comigo.

- Minha culpa...É minha culpa...

- Não é sua culpa Sammy. Respira comigo meu amor. Vai ficar tudo bem. Depois de 30 minutos que pareceram 30hrs a respiração de Samantha se normalizou . Então Lica se sentou ao lado dela e a abraçou . Samantha descansou a cabeça no peito da namorada. A crise de Samantha fez Lica perceber o quanto toda a situação fora desesperadora para a namorada. Ele de dato havia tentado fazer o que era melhor em uma situação impossível. Ela percebeu que estava sendo injusta com Samantha.

- Me perdoa Sammy eu não devia ter falado daquele jeito com você. Nada disso é sua culpa. Você fez o melhor que você pode.

- Só perdoar também por ter mentido.

- Eu te perdoa meu amor.

- Eu gosto quando você me chama assim. E quando você me abraça desse jeito e cuida de mim. Eu não quero que a gente termine

- A gente não vai terminar meu amor. Eu não to mais brava com você . Você tá certa a Clara precisa de uma amiga em quem possa confiar as coisas que ela não quer me contar. Eu fico com ciúmes sabe? De não ser mais a pessoa em que ela mais confia. Mas eu mereço depois de todas as merdas que eu fiz.

- Não é sobre confiar minha linda. A Clara só escondeu isso de você pra te proteger. A sua irmã te adora. É melhor eu ir pra casa antes que a sua madrasta má chegue.

- Sammy você não tá bem pra dirigir. Você vai pra casa comigo. Eu vou ligar K2 . Assim ela conhece o sogro e cuida da Clarinha enquanto eu cuido de você.

- Minha linda eu já to melhor. Você que ta toda machucada. Quando eu vi o Rafael em cima de você te machucado eu tive tanto medo...

- Eu to bem agora Sammy. Você me salvou.

Enquanto isso no quarto de Clara.

A loira ligou para K2 que atendeu no primero toque.

Ligação on

- Minha loirinha, você ta bem? Ele te machucou? Tocou em você?

- Eu to bem mozão. A Lica me salvou mas ela ta machucada , tava brigando com a Samantha e é tudo por minha culpa. Eu devia ter resolvido isso sozinha. O Rafael ele quer que eu te leve comigo...

- Melhor assim. Eu não vou deixar ele encostar em você meu anjo.

- Eu não quero outra pessoa que eu amo se machucado pra me proteger . As vezes eu acho que seria melhor pra todo mundo se a Lica não tivesse me salvado aquele dia.

- Não fala isso meu anjo. Eu estaria perdida se eu não tivesse te encontrado. Eu te amo tanto.

- Eu também te amo muito. É que as vezes parece que eu só trago problemas pras pessoas que eu amo.

- Loirinha me fala onde você tá pra eu te encontrar. Você não ta bem.

- Eu tô na casa da minha mãe você não pode vir aqui . Foi quando Lica e Samantha entraram no quarto e Heloísa arrancou o celular das mãos da irmã.

- Oi cunhadinha.

- O que você quer comigo Heloísa?

- Estou em missão de paz. Hoje você vai conhecer o seu sogro . Estou te convidando pra um jantar em família. Quando nos chegamos na minha casa a Clara vai te mandar mensagem.

- Obrigada Lica. Eu to louca pra ver a minha loirinha. Eu estou tão preocupada com ela.

- Alguma coisa que eu precise saber?

- Ela acabou de me dizer que talvez fosse melhor se você não tivesse salvado ela aquele dia. Lica respirou fundo.

- Obrigada por me contar. Nós vemos mais tarde. Disse ela desligando .

Ligação off

- O que a K2 te contou? Indagou Clara.

- Que você disse pra ela que seria melhor se eu não tivesse te salvado aquele dia. Disse Lica se sentando ao lado da irmã .

- Lica...

- Irmãzinha eu não quero nem pensar o que seria da minha vida se eu não tivesse te salvado . Eu nunca senti tanto medo quanto naquele dia. Eu te amo muito. Não esquece disso nunca. Disse ela abraçando a irmã.

- Eu também te amo Lica.

Enquanto isso

Keyla recebeu uma mensagem de um número desconhecido. Era Tato informado o endereço de onde estava. Ela pegou o metrô e foi encontrá-lo. Ela chegou em um predio abandonado. Tato estava morando em uma invasão. Ela o viu e logo o abraçou e o beijou .

- Eu trouxe umas coisas pra você. Ele pegou a bolsa dela e pegou sua mão

- Obrigada meu amor. Ele a guiou ate um dos apartamentos.

- Eu estou no quartinho de emprega. É pequeno mss é melhor que a rua. O quatro realmente era minúsculo. Lá so tinha a pequena mala de Tato e um colchão de ar de solteiro.

- Eu troxe um edredom pra você. Um casaco bem quentinho que eu comprei , alguns remédios, trouxe comida, até o chocolate que você gosta .

- Não precisava gastar dinheiro comigo ...

- Eu falei que eu ia cuidar de você.

- Como ta o Tônico?

- Ele ta bem mas sente a sua falta.

- Eu também sinto muito a falta dele. E a sua também. Key eu só te trouxe aqui pra você saber que eu também. Não quero você aqui...

- Amor eu não vou me afastar de você.

- Keyla aqui não é lugar pra você...

- E nem pra você. Eu te amo Tato e não vou destir de você tão fácil .

- Eu também te amo Keyla. Disse ele beijando ela.

Na casa de Guto .

Bene chegou na casa do namorado para ensaiar e viu ele jogado no sofá parecendo abatido. Então ela se sentou no chão ao lado do sofá e fez carinho nos cabelos dele .

- Tá tudo bem Guto ?

- Não. Eu tive uma conversa com a Clara que me trouxe lembranças ruins.

- A Clara te magoou quando vocês namoraram ?

- Não. É que a gente nunca se gostou como namorados aí a gente tentou ficar juntos e estragou a nossa amizade.

- Mas se você falou com ela talvez vocês possam concertar. Porque vocês brigaram ? Questionou Bene.

- E que ela sabe coisas de mim que me deixam com vergonha e ela acha que me fez mal mas não é verdade. Respondeu Guto.

- E você falou isso pra ela?

- Falei. Acho que ela acreditou mas eu ainda tenho vergonha das coisas que ela sabe. Explicou Guto.

- Você fez alguma coisa errada? Perguntou a menina.

- Não.

- Então não tem porque ter vergonha. Declarou a namorada

- Não é tão simples assim. É que é um assunto complicado.

- Tem a ver com sexo?

- Tem.

- Você já fez? Indagou Benedita .

- Já mas não foram experiências boas. A Clara é a única pessoa que sabe. A gente não chegou a transar porque ela pereceu que eu não queria. A gente conversou . Eu contei tudo pra ela e nos decidimos terminar.

- Guto alguém te machucou? Te fez você fazer coisas sexuais sem você querer ? Ele não respondeu apenas confirmou com a cabeça e começou a chorar.

- Não precisa ter vergonha. Você não teve culpa do que fizeram com você.

- Você ainda quer ficar comigo mesmo sabendo disso ?

- Claro que eu quero Guto eu te amo.

- Eu também te amo Benedita. Você quer algum dia transar ?

- Eu acho que eu quero Guto mas eu não sei se eu consigo. Mas eu prometo que nunca vou te machucar . A gente só vai fazer isso se nós dois quisermos . Disse ela dando um beijo no rosto dele.

Na casa de Lica depois de algum surto de Malu Clara , Lica e Samantha finalmente estavam na casa de Marta.

- Dona Marta eu chamei a namorada da Clara pra jantar aqui.

- Tia Marta , esconde as facas por favor.

- Pode deixar Clarinha. Heloísa lembre-se que nessa casa nos tratamos bem os convidados . Avisou Marta. Foi quando a campainha tocou. Clara foi abrir e logo foi abraçada pela namorada.

- Minha loirinha eu tava tão preocupada com você. Disse K2 antes de dar um selinho na namorada.

- Eu to melhor agora meu amor. Vem que eu vou te apresentar oficialmente. Falou Clara guiando a namorada pela mão.

- Marta, pai. Essa é a Katiane minha namorada.

- Dona Marta, Seu Luís prazer.

- Não precisa de formalidade nem de nervosismo. Eu não faço o tipo pai ciumento.

- Até porque de ciumenta já basta o encosto que eu chamo de irmã. Disse Clara fazendo todos rirem. O jantar foi tranquilo apesar das provocação entre K2 e Heloísa.

- Clara você e a Katiane podem ficar no quarto de hóspedes. Os três casais foram para os seus respectivos quartos.

No quarto de Lica.

Samantha se deitou ao lado da namorada e a abraçou.

- Você tá com dor minha linda?

- Um pouquinho. E você Sammy? Tá melhor mesmo?

- To sim linda.

- Isso que aconteceu hoje acontece sempre?

- Só quando eu to muito nervosa estressada. Começou quando a minha mãe foi embora. Eu tinha dez anos e a Key tinha oito. Eu achava que era minha culpa. Que eu tinha feito alguma coisa de errado...

- Eu sinto muito que você tenha passado por isso meu amor.

- Eu não preciso mais dela. Eu tenho meu pai , minhas irmãs, até o Rooney e a Josefina que sempre foram maravilhosos comigo. E agora eu tenho a minha namorada linda. Disse Samantha beijando Lica. Foi quando o celular de Samantha tocou e ela foi atender.

Ligação on

- Alô. Quem é?

- Minha filha. A mamãe está voltando pra casa e está morrendo de saudades de você.


Notas Finais


Limantha sobreviveu a primeira briga como namoradas . A a treta Lica x Rafael quase acabou em morte. Será que a mãe da Sam vai causar? E o plano pra se livrar do Rafael vai dar certo? Comentem a opinião de vocês é muito importante. Digam o que gostam e o que precisa melhorar. Espero que tenham curtido o capítulo. XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...