1. Spirit Fanfics >
  2. We found love >
  3. Bobo e apaixonado

História We found love - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 💜

Capítulo 9 - Bobo e apaixonado


Jimin não conseguia tirar Jeon Jungkook de seus pensamentos nenhum instante sequer. Parecia que o alfa conquistou de fato todo o interesse do ômega por ele, era estranho e diferente ter alguém que acabou de conhecer habitando em sua mente.

— Jungkookie.

Ele se encontrava deitado em sua cama, encarando o teto azul cheio de desenhos de estrelas do seu quarto. Quando era criança, ele havia feito estes desenhos com o seu pai alfa, eram estrelas brancas com brilho de diversos tamanhos e formas diversas. 

Jimin gostava de estrelas, pois elas brilhavam e eram bonitas. Ele queria ser uma estrela.

Bons momentos o ômega havia tido em seu quarto e também momentos ruins, mas ele adorava ficar em seu quarto. Jimin logo se a levantou da cama e pegou seu diário azul pastel e sua caneta preta, anotando o que tinha acontecido mais cedo.

A cada palavra que ele escrevia no caderno, seu sorriso aumentava cada vez mais e os flashbacks passavam pela sua cabeça como se fosse um filme.  O ômega soltou um grito fraco e baixo para que seus pais não ficassem preocupados quando relembrou o beijo que Jungkook havia o dado.

A sensação dos lábios do mais velho nos seus, Jimin não sabia como descrever para poder escrever no seu diário. Suas bochechas automaticamente se tornaram rodadas com as cenas que o ômega pensava e ele apenas balançava suas pernas animado enquanto tentava desenhar um mini Jungkook no seu diário.

Taemin havia batido na porta mas parecia que Jimin não tinha ouvido, então ele entrou e sorriu largo ao ver seu amigo sorridente e animado rabiscando algo em um caderno azul, parecido com um diário. O alfa em passos lentos foi em direção a cama do mais novo e observou o que Jimin estava fazendo.

— O que está desenhando?

Jimin saltou de sua cama ao escutar seu amigo dizer atrás dele, Taemin apenas riu do espanto do mais novo, enquanto tentava decifrar quem era aquele desenho.

— Você me assunto, hyung! — Jimin bateu de leve no braço do maior e rapidamente tirou seu caderno das mãos de Taemin, com seu rosto vermelho. — Não pode ver meu diário.

— Quem é aquele que você desenhou? — O alfa questionou com suas sombrancelhas arqueadas e com seus braços cruzados, esperando uma resposta vindo do ômega. Jimin balançou os ombros e olhou para o retrato de seu patrão, satisfeito com o resultado.

— Jeon Jungkook.

— Quê? — Taemin engoliu seco com a resposta vinda de Jimin, como alguém como ele havia se tornado tão importante e especial para Jimin ter feito um retrato e ter escrito no seu diário. Uma pontada de ciúmes atingiu em cheio no alta, o ômega não tinha muitos amigos e ainda mais outros  alfas e tinha que ser justo um alfa tão babaca. — Desde quando conhece ele, uh?

— Ele é meu patrão agora. — Respondeu a pergunta do mais velho. — Sou a babá do Woonie, o filhote alfa dele e nós viramos amigos.

"Amigos que se beijaram. " Pensou Jimin sorrindo largo.

— Aigoo. Não gosto deste cara.

— Por quê? Jungkookie é tão legal e bonito.

— Bonito? De onde você tirou isso?

— Você as vezes é bem bobinho, hyung. — Jimin disse guardando seu diário em sua escrivaninha e organizando sua bolsa. — Eu vi ele hoje mais cedo e Jungkookie é um alfa lúpus de uma beleza incrível e invejável. Para mim ele é o homem mais bonito que já conheci.

— Hey, e eu? — Taemin fez um bico nos lábios, claramente enciumado com a declaração do menor sobre alguém que ele não gostava. Jungkook era o típico alfa babaca e uma pessoa totalmente oposta do ômega e por isso Taemin não gostava da maneira que Jimin descrevia o CEO.

— Você é muito bonito, hyung, porém Jungkookie é mais. Desculpa, Min.

— Há cinco horas atrás você me disse que sou o homem mais bonito do mundo e agora estou em segundo lugar. Magoou meus sentimentos, Ji. — O alfa colocou sua mão no seu coração, fingindo estar triste e desapontado mas no fundo estava se corroendo de ciúmes.

— Para de drama, Min Hyung! — Pediu Jimin rindo da expressão dramática e exagerada do maior, era tão estranho Taemin fazendo drama mas ao mesmo tempo era fofo. — Você ainda continua sendo meu Hyung preferido.

— Está bem.

A tela do iPhone do ômega ligou indicando que alguém havia mandado mensagem, logo em seguida ele desbloqueou a tela e abriu o aplicativo para visualizar o que Jungkook havia o mandado.

[ Gguk 💕 ]

jk | Olá, bebê.

jk | Seus pais brigaram comigo se eu te chamasse para irmos a Busan juntos com o Wonnie?

jm | Olá, Gguk. 😊

jm | Não sei, ele não negariam mas darão vários avisos e que eu não saia do seu lado. Eles têm medo que alguém possa fazer mal a mim, por ser um ômega.

jk | Eu nunca deixaria que te fizessem mal.

O coração do loiro disparou ao ler a mensagem do alfa.

jm | Você e Woonie irão me proteger?

jk | Sim, somos alfas fortes.

jm | Eu aceito ir nesta viagem com vocês. Quando ela será?

jk | Hoje as sete iremos para o local do aeroporto. Posso passar na sua casa para te buscar, o que acha?

jm | Uma ótima ideia, Gguk. Vou arrumar minhas coisas e conversar com meus pais. Até mais.

jk | Até mais, bebê.

— Uhuum! — Jimin começou a dar pulinhos deixando Taemin sem entender nada do motivo do menor estar tão animado e feliz. — Jungkookie, Woonie e eu vamos para Busan está noite.

— Como assim, se conheceram hoje e já irão viajar juntos? — Jimin não gostou nada do tom que seu melhor amigo havia usado, era um tom que não trazia boas lembranças a ele e também a expressão brava de Taemin deixava o ômega triste e com um certo medo.

— Min Hyung está me assustando. — O loiro se encolheu com a cabeça baixa olhando para o chão do quarto com medo de encarar seu amigo.

— Desculpa, Mochi. — Taemin correu para envolver o menor em um abraço como pedido de desculpa. — Apenas fiquei com ciúmes, eu confesso.

— Não fale mais naquele tom comigo, hyung. — Pediu o loiro. — Me deixou com medo.

— Perdoa-me?

— Está bem, só não faça mais isso.

— Nunca mais, anjo. 

Jimin desfez o abraço e apenas saiu do quarto para ir até onde seus pais estavam para pedir a permissão deles se ele poderia ir viajar com Jungkookie. Baekhyung e Chanyeol estavam na sala assistindo um filme qualquer abraçados, curtindo um momento juntos.

— Papais. — O loiro os chamou para que pudesse prestar atenção nele. — O Gguk já disse para vocês?

— Sim, ele mandou mensagem para seu pai Chan. — O ômega mais velho respondeu sorrindo e com uma expressão estranha. — Claro que pode, meu amor.

— Eu não deixaria mas seu pai me ameaçou e então não tive escolha. — Chanyeol disse revirando os olhos. — Mas se esse alfa fizer você chorar, eu mato ele.

— Jungkook é um garoto bom, ele irá cuidar bem do nosso filhote. — Baekhyun fez um gesto para que Jimin pudesse se aproximar. — Trate de se comportar bem e faça tudo o que eu te ensinei.

— Do quê exatamente o senhor está se referindo, papai? — O loiro o olhou sem entender e confuso.

— Você sabe muito bem, mocinho. — O ômega mais velho sorriu malicioso. — Do fazer amorzinho, anjo.

— O que? — Chanyeol e Jimin disseram ao mesmo tempo.

— Park Baekhyun! — O alfa o chamou pelo nome inteiro, claramente incomodado com o rumo aue aquela conversa estava tornando. 

— Pode ficar bem quietinho, Park Chanyeol! Depois nós conversamos. — Baekhyung retornou sua atenção para seu filhote que ainda estava tentando entender o que seu pai queria. — Se ele tentar fazer algo que você queira, deixe sua timidez de lado e agarra neste alfa.

— E se ele tentar te tocar sem o seu consentimento, você faça o que eu te ensinei, filhote.

— Dar um chute no reprodutor masculino dele. — Jimin disse envergonhado.

— Que horror! Quando você ensinou isso ao seu filhote, Chanyeol?

— Ele apenas saberia se proteger se estiver em perigo, amor.

— Saia daqui, você não está ajudando em nada. — O alfa mais velho se retirou da sala ao mando do esposo. — Minnie apenas se divertia e me prometa que se acontecer alguma coisa, a primeira coisa que irá fazer é me ligar?

— Sim, papai. Eu prometo.

— Não saia do lado do seu alfa. — Jimin sorriu ao escutar seu pai falando, seu alfa.

— Está bem, papai.

— Vai com tudo, meu filho. Agarre esse alfa.

— Papai! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...