1. Spirit Fanfics >
  2. We had today

História We had today


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction We had today
Sinopse:
Se tinha algum tipo de dúvida, Suzy esqueceu-a assim que as mãos de Yuta pressionaram as suas bochechas, antes de lhe depositar um beijo carinhoso na ponta do nariz. Se teve alguma dúvida, dissipou-se assim que encontrou os olhos calorosos dele e o seu bonito sorriso.

Sentir falta de Yuta tinha feito parte da sua realidade durante três meses seguidos. Tinha-se enterrado num poço de melancolia e nem a bonita cidade de Paris, onde residia, conseguira elevar-lhe a moral. Tinha-se perdido em momentos, revisitado memórias, criado outras, até quase se perder. Sentir falta de Yuta tinha sido a sua realidade, mas, por fim, decidiu que consumir-se em amargura não seria o fim que algum deles tinha escolhido.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 55
Favoritos 44
Comentários 3
Listas de Leitura 14
Palavras 2.695
Concluído Sim
Categorias Bae Suzy, Neo Culture Technology (NCT, NCT 127, NCT U, NCT Dream, WayV)
Personagens Bae Suzy, Yuta
Tags Date, Hyein, Nct, Paris, Suzy, Tagdaescrita, Van Gogh, Yuta

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama / Tragédia, Romântico / Shoujo

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Paris no verão
3
55
2.695

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por rainfiorest
Capítulo 1 - Paris no verão
Usuário: rainfiorest
Usuário
Estes dois deixam-me triste e a culpa é tua :( O amor deles é maior do que eles próprios, mas as idiossincrasias da vida e os seus próprios orgulhos continuam sistematicamente a impedi-los de serem felizes juntos. Uma e outra vez e outra vez os seus caminhos cruzam-se e eles percebem que seriam melhores juntos, mas lutam contra a corrente até saírem completamente do rio.

Acho que as minhas cenas favoritas foram as descrições da cidade - especialmente a forma como desenhaste em palavras a capela santa -, o cheiro da comida, a aura parisiense. A parte em que o Yuta fala no futuro, nas fotos dela e nas saudades que ainda não sente, mas sabe que vai sentir... o meu coração partiu-se um bocadinho aí. E depois a despedida deles... que vontade de dar uma de parent trap e os fechar aos dois sozinhos num quarto e só os deixar sair quando estiverem os dois com um anel no dedo. Eles são perfeitos um para o outro e fingem que não. É frustrante!

Eles podiam ter a eternidade da vida juntos, se quisessem. Podiam ter o seu felizes para sempre, se quisessem. Podiam ter-se um ao outro, juntos contra o mundo, se quisessem. Mas não querem. E isso é de partir o coração.