História We love our Manager - Imagine TWICE - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Tags Chaeyoung, Dahyun, Imagine, Imagine Twice, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Twice, Tzuyu, Yuri
Visualizações 175
Palavras 735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, FemmeSlash, Festa, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não me pergunta que tipo de título é esse, tava sem ideia
Capítulo tá com bastante coisa sexual qq
Demorei mas tô viva, pse

Boa leitura ❤️

Capítulo 7 - Última despedida antes que se apague


Minha auto estima havia aumentado desde que comecei a trabalhar, pela primeira vez na vida me sentia útil, tudo que precisavam elas vinham até mim e incrivelmente eu conseguia resolver:

— Meu notebook está com vírus — Nayeon disse.

E o que tenho haver com isso?

— Nayeon — Fiz cara de espanto — Tu tá metida com pornô? — Brinquei.

O que eu não esperava aconteceu, vi seu rosto pálido corar.

— Como você sabe? — Perguntou surpresa.

— Eu não sabia — Soltei uma risada. — Não acredito, tu assiste mesmo pornô.

E tem gente que ainda acha que idols são seres puros e inocentes, por trás dessa carinha de anjo se esconde uma viciada em pornô.

— Ya! — Chamou minha atenção irritada — Quem é você pra me julgar? Não fala como se nunca tivesse feito isso.

Parei de rir e pensei um pouco, de fato, não tenho moral pra julgar Nayeon, xvideo era o site que mais acessava na minha época fujoshi.

— Tudo bem, não irei falar nada — Levantei minhas mãos em sinal de rendição — Me da o notebook.

Peguei o aparelho com Nayeon e o liguei, o desempenho do aparelho estava de fato muito ruim

— Consegue arrumar?

— Você tem sorte — Comecei a procurar despistadamente a sua pasta de pornô — Aprendi a formatar computador com meu primo no Brasil.

— Ya! Não entra aí — Colocou sua mão por cima da minha no mouse tentando me impedir.

Começo a rir e concluo meu objetivo de entrar na pasta.

— Vamos ver o que você tem aqui — Começo a rodar pelos títulos — Nayeon, Você é fujoshi.

Olhei de relance para ela, estava com as bochechas coradas, quem olha nem pensa que vê pornô.

— Bem, pode ir se despedindo, quando formatar, não sobra mais nada.

— Me deixe despedir primeiro — Segurei para não rir novamente, ela dizia de forma realmente aborrecida.

— Claro — Coloquei o notebook em seu colo

— Me acompanha? — Perguntou de forma natural.

É o que? Cadê sua vergonha? Como assim?

— O que? — Perguntei para ver se havia entendido certo.

— Assiste pornô comigo — Resolveu ser bem clara. — Acho que somos maduras o suficiente pra isso

Por mais que soubesse que o certo fosse fugir dali, me dei por vencida e cheguei mais perto a ela, numa posição que dava para ver a tela.

Nayeon logo tratou de ligar em um dos vídeos.

Admito que não estava usando meu lado racional, nem acredito que estou ao lado de Nayeon prestes a ver um porno…. lésbico?

— Lésbico? — Perguntei confusa

— Qual problema? Não gosta? — Ela dedicava toda sua atenção a tela.

Preferi não responder sua pergunta, era estranho estar ali assistindo aquilo com Nayeon, mas resolvi ignorar e me focar na tela.


***


A cada gemido que invadia meu ouvido através do fone fazia com que eu sentisse um desconforto maior no meio das pernas, olhei de relance pra Nayeon, notei que ela estava inquieta, ficava se mexendo o tempo todo indo pra frente e pra trás, essa imagem fez com que meus pensamentos voassem longe, nunca pensei que porno lésbico fosse tão bom.

Não que aquilo fosse novidade pra mim, admitia que o corpo feminino poderia ser tão bonito quanto o masculino, e já tive curiosidade de como seria beijar uma menina, mas isso é normal certo?

— Acabou — Anunciou Nayeon meio sem jeito

— Sim… — Fiz uma pausa e ficamos caladas por alguns segundos — Bem, eu fico com isso então — Fechei a tela e peguei o notebook me levantando do chão.

— Claro, cuide bem dele — Sorriu meio sem jeito — Eu já vou — Saiu em direção a porta.

Suspirei fundo, coloquei o notebook em cima da mesa, olhei para baixo, aquilo ainda me incomodava, precisava arrumar um jeito de acabar logo com isso.

Me direcionei até o banheiro, tranquei a porta, lavei as mãos e abaixei minhas calças.

Desci com minha mão até o clitóris começando com movimentos sutis, tentei pensar em algum idol que queria pegar, logo imagens de Jin invadiram minha mente, mas não conseguia me manter focada naquilo.

— Nayeon… — Deixei escapar um gemido ao me lembrar da outra, imaginei nós duas no lugar daquelas atrizes pornô.

Não, aquilo não podia estar acontecendo, que diabos estava pensando? Eu gostava de homem, e se fosse pra me masturbar por uma mulher não poderia ser por ela.

Parei de me masturbar, lavei a mão e subi a calças, precisava sair dali, e para casa e tomar um banho frio.


Notas Finais


Alguém apresenta a nossa querida S/N a bissexualidade?? A coitada ainda não conhece
Cara.... nem pergunta, não sei o que dizer desse capítulo, espero que tenham gostado de alguma forma, é isto, espero ver vcs nos comentários

Divulgação: Essa é pra quem gosta de Naruto e kpop, resolvi fazer uma espécie de programa de sobrevivência com as meninas de Naruto, no fim elas iram formar um grupo feminino, assim como foi com twice e ioi, com total escolha do público, tem até um formulário pra votar:
Link: https://www.spiritfanfiction.com/historia/konoha-entertainment-mix11-13611271


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...