História We Will Become Zombies (Imagine BTS - Bangtan Boys) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Monsta X, The Walking Dead
Personagens Cl, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Bom, Park Jimin (Jimin), Won Ho
Tags Bts, Hoseok, Imagine Bts, Imagine Hoseok, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Imagine Namjoon, Imagine Seokjin, Imagine Taehyung, Imagine Yoongi, Jimin, Jungkook, Morte, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Você, Yoongi, Zumbis
Visualizações 148
Palavras 621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorou mas saiu capitulo.
Ta pequeno, mas tem bastante coisa interessante....
Prestem atenção

Boa leitura

Capítulo 4 - III


Passei a noite inteira olhando para o teto, não estava, e não estou acostumada a dormir em camas. Vi as horas passarem lentamente, lá pelas 4h da manhã consegui pegar sendo acordada 5 horas depois.



Fui acordada por Seokjin, me chamando para tomar café, coisa que eu também não estava acostumada. A manhã foi calma, Yoongi me mostrou todos os lugares e as pessoas que moravam ali. A maioria das pessoas eram coreanas, e alguns eram chineses que moram na coréia deste anos.



Neste exato momento, estava olhando atentamente para Taehyung, que afiava uma faca fina e comprida. Seu olhar era atento ao objeto comprido, seu maxilar estava travado por estar prestando atenção ao que fazia.



Me achou bonito? — perguntou sem tirar os olhos da lâmina, enquanto soltava um riso mínimo.


Dá pro gasto — respondi brincalhona tirando outro riso dele.


Todos dizem que eu sou lindo, não acredito muito nisso — respondeu me olhando por um momento depois voltando a atenção na lâmina


E não é mentira, quanto eu te vi pela primeira vez pensei que você era um modelo — respondi sorrindo.


Antes eu não era modelo, eu era advogado, meus pais queriam que eu seguisse os passos deles — ele parou de afiar o instrumento e olhou para um ponto fixo, como se estivesse voltando ao passado — eu sempre quis ser cantor, mas preferi seguir o sonho dos meus pais. E você S/n, oque você era antes?



Eu ainda estudava, acho que estava com 15 anos, eu me lembro de fazer aulas de dança mas são lembranças que não consigo lembrar direito — olhei para o nada tentando me lembrar



E sua família? — perguntou



Foram mordidos, minha mãe foi primeiro; havia saído para atrás de comida e os deixei sozinhos, quando voltei minha mãe estava mordida — parei por um segundo e logo voltei a falar — dias depois minha mãe se transformou e mordeu meu pai, eu tinha uma escolha; ou matava eles ou abandonava eles



E qual você escolheu? — perguntou o moreno olhando para mim, fazendo eu olhar para ele



Decidi abandonar eles, e desde aquele dia, fiquei sozinha — olhei por céu sentindo meus olhos lacrimejarem



Te entendo, eu tive que matar meus pais e meus irmãos sumiram — o mesmo falou, e eu o olhei.



Eles foram mordidos? — perguntei



Meus pais sim, mas meus irmãos fugiram, eu acho que eles morreram já — respondeu sério — eu ainda nao entendi….



O que? — perguntei



O que nós fizemos para merecer isso, nos nossos pecadores, mas não merecemos ver nossos familiares serem mortos pelas nossas próprias mãos; ver um amor devorar seus familiares; eu realmente não entendo, e queria entender — ele jogou a faca no chão enquanto passava as mãos nos cabelos — por erro de um, todos estão pagando



Eu também queria entender, deve ser por— fui interrompida



Ei, você é a tal S/n? — perguntou uma menina de estatura pequena, se cabelos longos e castanhos. Vi Taehyung revirar os olhos assim que escutou a voz da mesma.



Sim, e quem é você? — perguntei a olhando



Kim Jennie — disse estendendo a mão, relutei um pouco mas a apertei — todos falaram de você, a “encontrada na mata”



É eu realmente estava na mata — falei olhando para ela.



Eu proponho a você uma luta, aceita? — perguntou levantando uma sobrancelha em deboche



Claro, porque não — respondi simples


Okay, no por do sol na praça do centro, não se atrase — respondeu se afastando.



Se eu fosse você não confiava nela — pronunciou Taehyung



Por que? — perguntei estranhando seu comentário



Ela costuma trapacear nas lutas, usa armas e até mesmo venenos para os rivais morrerem — respondeu se levantando



Pode deixar Taehyung, ela não irá me machucar, esses anos me ajudaram bastante no requisito luta …..




Continua?....


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...