1. Spirit Fanfics >
  2. Weasley >
  3. Capítulo Único

História Weasley - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo Único


Quando se é a única filha mulher, é complicado. Gina Weasley cresceu cercada de homens. Oito para ser mais precisa. Seu pai, Arthur, que trabalhava arduamente para sustentar a família. E seus seis irmãos mais velhos: Gui, Charles, Percy, os gêmeos Fred e Jorge e então Rony. Não foi uma tarefa fácil sobreviver a seis irmãos mais velhos: Charles tinha mania de puxar seu cabelo, Percy roubar seus livros, os gêmeos de usá-la como cobaia, Ron de comer seus doces. O único que realmente se salvava era Gui. Mais havia algo bom nisso: Gina aprendeu desde cedo a fazer sua voz ser ouvida.

Eles tentaram mantê-la longe de “assuntos de garotos”, mas Gina jamais deixou que seu sexo ditasse o que ela podia ou não fazer, o que era aceitável ou não. Quadribol, coisa de garotos? Não para Gina. A cor azul é de menino? Não para a Weasley. Meninas não podiam falar palavrões? Gina Weasley tinha um dicionário de palavras que deixariam até sua avó de cabelos em pé.

Enquanto Molly Weasley queria ensinar a filha a tricotar, cozinhar, passar, Gina via os irmãos aprendendo com o pai a jogar quadribol, dirigir o carro enfeitiçado deles e até mesmo saindo para caçar animais selvagens. Ela horrorizou a família quando surgiu, vestida com o uniforme de quadribol antigo de um dos irmãos, para a partida da família.  Mesmo com impedimentos dos pais, irmãos, Gina se mostrou inabalável quanto a isso. Se seus irmãos podiam jogar, ela também podia.

Ela mostrou sua determinação.

Quando chegou a Hogwatrs, poucos realmente se importavam com quem ela era. Para muitos, Gina era apenas mais uma Weasley de uma longa genética. Alguns subestimaram seu valor. Outros menosprezaram sua origem. Em vez de abaixar a cabeça, escolher-se, Gina usou todos os anos de ensino ao lado dos irmãos. Ela obrigou cada aluno daquela escola a reconhecer que ela não era apenas mais uma Weasley. Ela era a Weasley. Ela era Gina Weasley.

Com seu temperamento forte, sua determinação, Gina logo ficou conhecida naquele castelo. Uma fama que seus irmãos não tinham: Ela era feroz. Uma leoa com fogo no sangue. Suas azaraçoes eram muito comentadas, seu poder e coragem eram muito bem vistos por todos, até os sonserinos pensavam duas vezes antes de mexerem com ela.

Ela mostrou sua coragem.

Quando seu namorado, Miguel, tentou diminuí-la, ela não deixou. Mostrou suas garras e o chutou para fora da sua vida. Gina sabia que se deixasse Miguel pisar nela para se sentir melhor, nada impediria outros homens de fazerem o mesmo. Ela tinha amor próprio acima de tudo, jamais se subteria a homem algum. Ela não deixou ser oprimida, não deixou ser desvalorizada. Gina sabia que merecia algo melhor.

Ela mostrou sua ferocidade.

Ela não se deixava levar por rótulos. Enquanto todos colocavam rótulos uns nos outros ( esquisito, louco, nerd ), Gina procurava amizades em pessoas genuínas, aquelas que todos excluíam por serem esquisitos. Na verdade, Gina preferia os esquisitos. Ela viu algo especial em Neville e Luna, viu algo realmente bom neles, e os três se tornaram um trio iridescente; Quando Neville se automenosprezava, Gina estava lá para defendê-lo. Quando implicavam com Luna, Gina corria em sua proteção. Ela sabia que, mesmo diferente dos outros, os dois eram os melhores.

Ela mostrou sua lealdade.

Quando iniciou sua carreira no Holyhead Harpies, Gina precisou de força para não desistir diante de todos as barreiras que foram colocada a sua frente. O time, que era apenas de mulheres, ainda tinham barreiras machitas, barreiras que Gina fez questão de quebrar. Ela jogava Quadribol melhor que muitos homens, sabia disso, e obrigou o mundo a reconhecer isso. Bateu de frente, ergueu a cabeça, jogou com garra, Gina mostrou que ela não tinha apenas fogo nas veias, ela era o próprio fogo. Chupe isso, garotos!

 Ela mostrou sua tenacidade.

Quando aceitou casar com Harry Potter, outra vez teve que mostrar sua determinação. Todos a viam apenas como “ A noiva de Harry Potter” e Gina era muito mais que isso. Não podia ser resumida em apenas noiva de alguém, mesmo que esse alguém seja o herói do mundo bruxo. Ela havia lutado contra Voldemort também, participado da guerra, sofrido como todos, sobreviveu como todos. Gina Weasley era mais que a noiva de Harry Potter, ela era o fogo, a determinação, a própria resistência, ela era poderosa.

Ela mostrou seu poder.

Gina Weasley tinha mil qualidades, cada uma nascendo em momentos de dificuldade. Ela havia sobrevivido aos irmãos, lutado para conseguir seu espaço na família, ela havia sobrevivido aos anos em Hogwatrs, mostrando que não era apenas mais uma Weasley, havia sobrevivido ao mundo conservador, exibindo seu talento, havia sobrevivido aos rótulos, pois não havia exatamente um titulo que descreve-se perfeitamente Gina.

Gina Weasley é uma força a ser reconhecida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...