1. Spirit Fanfics >
  2. Welcome to my heart >
  3. Capítulo 1

História Welcome to my heart - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, pessoas! Eu sei, ando sumida. Agora estou de volta! :)
A história anterior meio que perdeu o sentido de tanto tempo que ficou parada (e eu me perdi e perdi a inspiração também).
Espero que gostem da nova história, que gostem, que leiam.
Beijos!

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Welcome to my heart - Capítulo 1 - Capítulo 1

- Meu Deus! Estou atrasada. - levanto quase correndo da cama, passo correndo pelo banheiro e saio como um furacão.  Abro o guarda roupa e e visto rapidamente, saindo pela casa tropeçando e tudo que vejo pela frente.  
Chego na faculdade quase atropelando as pessoas e esbarro em Alice, que anda tranquilamente pelos corredores da universidade.
Ai!- gritamos juntas. -Quer me matar? Onde vai com toda essa pressa, Vick?
-E você? Onde vai com toda essa tranquilidade? Não vai a aula?- pergunto recuperando o fôlego.
-Esqueceu que não temos o primeiro horário hoje? A noite foi boa assim que esqueceu de tudo?
Sinto meu rosto esquentando de vergonha. Não gosto quando a Alice fala essas coisas. Ela ri e me chama para comermos alguma coisa na cantina da faculdade. Mas sei que é só uma desculpa para contar o que aconteceu na noite anterior.
-Acho que o Matt vai pedir a minha mão. -digo, enquanto Alice cospe seu suco surpresa com a noticia.
-Quê? E você me conta isso assim? Quero todos os detalhes. Não me poupe de nada. Nem dos mais sórdidos.
Digo que não sei de nada e que apenas encontrei um cartão de uma joalheria na sua cômoda e que ele havia de dito que precisávamos conversar. Mas não disse quando.
-Ele é frustrante- Alice suspirou. - E você não vai fazer nada?
-Claro que vou! Vou até a casa dele de surpresa ais tarde preparar o jantar. Ele disse que iria ficar até tarde no trabalho, então quando ele chegar, vai encontrar o cenário perfeito. Vou até fingir surpresa.
-Não é maravilhoso? Você está se formando, vai se casar com o homem dos sonhos, viajar pelo mundo... eu queria ter a sua vida - suspira, sonhadora. -Quando o gato do seu irmão chega? - sinto uma leve animação na sua voz.
-Até o fim da semana. Fica até a formatura. E continua solteiro.
Percebo um leve sorriso e seu rosto. Sempre soube que ela tinha uma queda pelo meu irmão, embora ela nunca tenha admitido. Acho até que já ficaram algumas vezes.

Depois da aula, passo no mercado e compro os ingredientes para fazer seu prato preferido e sigo para a casa de Matt para começar a preparar tudo. Estamos juntos há dois anos, embora nunca tenhamos nos assumido para todo mundo. Não temos fotos só nossas e nossos perfis ou mudamos os status. Matt diz que tudo isso é bobagem, além de atrair muita inveja.
Pego a chave no esconderijo e, antes de colocar na porta, ouço risadas vindo de dentro da casa. Paro u pouco e tento entender o que está acontecendo. Ouço a voz de Matt e de uma mulher, mas não reconheço. Parecem estar comemorando alguma coisa.
Sem que eu esperasse, a porta se abre e uma mulher está parada na minha frente. Ela me olhava e eu devia estar com cara de idiota olhando para ela e com as sacolas nas mãos. Não conseguia raciocinar. Não entendia o que estava acontecendo. Uma voz me trás de volta do meu transe.
-Pois não! O que deseja?- a moça a minha frente perguntava curiosa.
-Vick, a reunião do trabalho não era amanhã?- disse em tom nervoso. -Essa é a Vick, querida. Estudamos juntos.
-Muito prazer, Vick! Sou a Eva. Noiva do Matt - disse sorridente a moça a minha frente, estendendo a mão.
-Noiva?- meu tom era incrédulo- Não sabia que era noivo.
Sorridente, Eva disse que o pedido acabara de ser feito e mostrou orgulhosa a aliança. Atrás dela, Matt me olhava como se pedisse desculpas. Parabenizei o casal, inventei uma desculpa qualquer e saí de lá as pressas.
Quando entrei no carro, ele me alcançou. Pedia desculpas desesperadamente e que queria se explicar.
-Explicar o que? Que eu fui a outra? Que você enganou essa moça e e enganou por dois anos? Você te uma explicação para sua falta de caráter?- falei com toda a minha raiva. -O que você fez não te nome. E devia ir lá e contar tudo para ela. Mas não vou. Prefiro que ela descubra sozinha o babaca mal caráter que você é - liguei o carro e saí em disparada antes que ele pudesse dizer alguma coisa, antes que pudesse ver meu rosto banhado em teimosas e doídas lágrimas que teimavam em brotar dos meus olhos.

   

 


Notas Finais


Partes da história são baseadas em fatos reais. Espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...