1. Spirit Fanfics >
  2. We'll have a baby >
  3. Capitulo Onze

História We'll have a baby - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Tai gente, mais um cap fresquinho pra vocês. Espero que gostem, Bjss

Capítulo 11 - Capitulo Onze


P.O.V. Theo 

Minha cabeça latejava e meus sentidos estavam confusos, podia sentir vários cheiros, mas minha visão estava embaçada e eu sentia uma dor horrível no pé da minha barriga. Quando tentei me mexer, notei estar amarrado pelas mãos e pelos pés a uma espécie de maca e mesmo tentando usar o máximo de força que eu conseguia naquela situação, não consegui me soltar das amarras. A sala onde eu me encontrava era iluminada somente por uma luz que vinha de um abajur perto da parede, as paredes eram escuras e não havia janelas, parecia ser um lugar bem sujo e remoto, abandonado. Me sentia totalmente indefeso. Pude ouvir passos se aproximando, fechei os olhos e não demorou muito para que eu ouvisse a porta ser aberta.

- Pare de fingir, eu sei que você está acordado. - Eu reconheceria aquela voz em qualquer lugar do mundo. 

Abri os olhos novamente e encarei sério, Moroe. Ela sorria como se tivesse ganhado na loteria e eu senti um calafrio passar pelo meu corpo. 

- Sabe Theo, quando eu mandei meus homens pegarem você, achei que seria muito mais difícil. - Disse enquanto chegava mais perto e balançava a arma que segurava com a mão direita. Eu somente a observei, não diria uma palavra sequer. - Humm... Calado... - Encostou a arma gelada na minha perna.

Eu conseguia ouvir seu coração um tanto quanto acelerado, mesmo eu estando fraco e amarrado, ela ainda tinha medo de chegar perto de mim, mesmo nunca admitindo. Pude ouvir movimentação do lado de fora, e logo a porta fora aberta novamente, dois homens entraram dessa vez. 

- Estamos ficando sem tempo, eles não querem esperar muito mais tempo. - O homem mais alto disse, segurava uma pistola na mão e nem por um segundo sequer me olhou. 

- Certo, eu vou fazer tudo que preciso. - Os dois homens foram embora e ela se voltou para mim novamente, dessa vez séria. - Certo, eu acredito que você não esteja entendendo nada do que está acontecendo aqui, então eu vou te explicar. A algum tempo, numa cidade um pouco distante de Beacon, enquanto caçava com meus homens eu encontrei alguns outros caçadores que queriam a minha ajuda, para caçar Chimeras. Eu estava atrás dos lobos e eles das chimeras, então fizemos um trato. Eu os ajudaria a pegar as chimeras que tanto queriam e eles me trariam os alfas,  mas... quando chegamos a Beacon o trato mudou um pouquinho. Eu os daria as chimeras criadas em laboratório, e eles me dariam a alcateia do McCall, um trato justo. 

Então ela chegou mais perto do meu ouvido, e mesmo eu rosnando e tentando me soltar, ela não se afastou e eu quase resmunguei de dor quando senti a dor em minha barriga piorar. Ela sorriu e então disse as palavras que fizeram meu estomago afundar.

- Mas você tinha que ser especial não é, Theo. - Se afastou o suficiente para me olhar de cima. - Afinal, nós temos vida crescendo aqui, não é mesmo? - Encostou a arma na minha barriga e eu rosnei involuntariamente. - Uma pequena criança sobrenatural e, por ordem, uma chimera também. 

- Como?... 

- Ah, agora você fala. - Deu risada. - Sabe que existem modos disso ser descoberto não sabe? Não somos homens das cavernas, bastou um pequeno exame para descobrirmos tudo. - Senti meus olhos doerem, mas eu nunca iria chorar na frente de um monstro como ela. - E agora, meu querido papai, você vai me dar a alcateia McCall, de bandeja. - Deu risada novamente e saiu batendo a porta. 

Me permiti gritar, o mais alto que consegui e com toda a raiva que tinha. Eu não poderia deixar que ela os machucasse, que machucasse Liam. Senti minha barriga latejar e acabei por soltar algumas lágrimas. Não conseguia me transformar para me soltar, não conseguia me curar, não conseguia sequer salvar quem eu gostava. 


Notas Finais


tai gente, soltei a bomba.
Pergunta, quem vocês acham que vai contar ao Liam sobre ele ser papai? Façam suas apostas.
Vejo vocês no próximo cap
bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...