História Welluba is real! (Tlvz não mais) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Gustavo Stockler (Nomegusta), Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Gustavo Stockler, Kéfera Buchmann, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Tags Lubellinton, Welluba
Visualizações 58
Palavras 1.037
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Felizes para sempre (final)


Fanfic / Fanfiction Welluba is real! (Tlvz não mais) - Capítulo 32 - Felizes para sempre (final)

Um tempo depois...

-"Pois é.. aquele dia foi tenso demais... me lembro até hoje de todos os detalhes.." -digo relembrando.


-"Me conte papai, por favor!!" - pedia Phoebe.


-"Tem certeza? Essa história tem bruxas e montros que puxam seu pé de noite!" -digo tentando a assustar, conseguindo.


-"Então é melhor não, eu tenho medo papai..!" -diz afundando o rosto na almofada em seu colo.


-"LUCAAASS não assuste ela, querida não tem nada disso não, seu pai que é um bobo!" -diz engraçada fazendo a menor rir.


-"Então me contem logo!" -pede impaciente.


-"Ok, ok.. você batalha pelo que quer igual seu pai" -falo- "vamos Well, me ajude a conta-la." -digo o puxando para se sentar ao meu lado.


-"Pois bem..." -começo.


Estava eu, seu pai e seu tio Leonardo amarrados em três cadeiras uma de Costa para a outra, formando um círculo. Já tinhamos tentado nos soltar de todas as maneiras, até que Leonardo se lembrou de um canivete em seu bolso, que de acordo com ele, seria usado para machucar um de nós caso o sequestro desse errado.


Ele cerrou as cordas em seus braços, logo soltando eu e o Wellinho. Assim que estavamos todos soltos procuramos uma saída, acabamos por encontrar um alarme de incêndio escondido atrás de umas caixas, o tocamos na esperança de ser silencioso e a polícia ser chamada junto dos bombeiros.


Ouvimos algumas vozes no andar de baixo, Maxuel conversava com Steve sobre algo, então determinamos ficar em absoluto silêncio.


Encontramos algumas armas e facões que seriam usados na tortura, e pegamo-as para nos defender.


Descemos as escadas do galpão em silêncio e nos escondemos numa outra sala mais escondida. Ouvimos dessa vez polícias e bombeiros na área de fora invadirem o galpão. Barulhos de tiros foram escutados bem na hora que nos acharam.


Explicamos resumidamente para o policial que nos encontrou e saímos sendo protegidos pelo mesmo. Assim que chegamos na parte exterior do galpão vimos Steve e Maxuel algemados entrando num carro da polícia.


Fomos levados para a delegacia local e explicamos o que aconteceu, cada detalhe. Maxuel e Steve tiveram seu julgamento alguns dias depois e foram sentenciados a muitos anos de prisão, e nós três fomos liberados.


Aí, seu pai como um grande cavalheiro, parou no meio da rua e se ajoelhou em minha frente. Pegou uma caixinha e disse...


"Eu disse: "Eu sei que agora não é o melhor momento, sei que passamos por muita coisa nessa semana, o choque de ser quase morto ainda não abandonou meu corpo, e imagino que nem o seu. Mas essas horas que passamos sendo rodeados pela dona morte foi a resposta que eu precisava para saber que você é o amor da minha vida, a pessoa pela qual eu arriscaria a vida e que me faz feliz de verdade. Como eu já disse, esse não é nem de longe o melhor momento, eu planejava fazer isso em um jantar mas... agora é mais viável ao que minha reserva já vou cancelada -risos- então Lucas Rossi Feuerschütte... -tira uma caixa preta de veludo e a abre, mostrando as alianças pratas com um pequeno diamante no meio- você aceita ser o homem da minha vida e se casar comigo?"  -narra Well


-Own você ainda lembra!" -falo e lhe roubo um selinho.


-"Claro môr, foi a melhor coisa que eu fiz." - Sorrimos.


-"Continuando.." -digo sorrindo bobo.


-"Claro, claro, claro, aí meu Deus nem sei o que falar!!" -Eu disse puxando ele para mim e o beijando.


As pessoas que passavam na rua aplaudiam e sorriam, outros apenas tinham olhares preconceituosos. Mas não ligamos, afinal, felicidade alheia encomoda.


Depois daquela explosão de amor voltamos para o hotel, Leonardo disse que ficaria na casa de um amigo e depois voltava a nos encontrar.


Naquela noite fizemos amor como nunca, éramos um só. Me lembro de susurrarmos vários "Eu te amo"..


-"Amor não conte isso a ela!" -me repreende Well se fazendo de bravo.


-"Melhor ela já saber por nós o que é sexo do que aprender na rua e sair dando pra todo mundo!" -digo e ele parece concordar meio corado.


-"Ok, ok, mas ela só tem 8 anos, vamos com calma." -diz.


-"Ok, mas enfim.."


Voltamos para o Brasil algum dias depois da poeira abaixar. Anunciamos o casamento na internet, e gravamos um Update Vlog explicando o que aconteceu na viagem.


O casamento foi dois meses depois, numa praia escondida numa cidadezinha próxima de Tubarão. Alugamos uma casa de praia próximo do local para hospedar os convidados. A festa de comemoração foi incrível, nosso amigos mais próximos, a família e alguns turmenicos que ganharam uma promoção para ir no casório estavam lá, comemorando a calmaria pós tempestade.


Leonardo se tornou seu tio quando a adotamos a seis anos atrás, ele não parava de pedir desculpas pelo ocorrido, e como ele não queria fazer mal a gente, resolvemos como pedido de desculpa que ele fosse parte da família. E hoje estamos aqui!


-"Então foi isso filhota. Foi assim que tudo se resolveu depois daquele dia! E hoje não poderíamos estar mais felizes." -a pego no colo e a abraçamos. -"Amamos você entendeu?" -perguntei colocando uma mecha de seu cabelo castanho atrás de sua orelha.


-"Também amo vocês papais!" -diz e beija nossas bochechas.


-"Acho que alguém está com fome."- diz Wellinton após ouvirmos o choro no andar superior.


Pois é... nossa vidas mudaram completamente, Wellinton agora já era um médico pediatra bem sucedido e eu continuava com minha carreira de Youtuber, porém mais inativo, lógico que a Turma entendeu meus motivos, e super apoiaram a gente.


Tínhamos dois filhos lindos, a Phoebe com oito anos sendo a mais velha, dona de olhos azuis da cor do oceano, seus cabelos escuros e levemente ondulados, pele branca como a minha. E Daniel com seu um ano de idade, pele parda e olhos castanhos claros, quase verde, cabelinhos cacheados e escuros.


As pessoas diziam que Daniel puxara Wellinton, com seus olhos e cor, e que Phoebe puxara a mim, por conta de seus olhos claros, que mesmo não sendo iguais lembravam a mim, e sua pele albina como a minha. Diriam ser nossos filhos de sangue, e por mais que não fossem, eram considerados.


Estamos morando no litoral de São Paulo, Santos especificamente. Uma cidade maravilhosa e com pessoas carinhosas e educadas, um ótimo lugar para se crescer.


Nossas vidas não podiam estar melhores S2



Fim <3


Notas Finais


Oi gente!
Devem estar se perguntando o que estou fazendo aqui. (Ou não tbm, ngm se importa com isso)

Enfim, eu estava meio triste por essa história não ter um final descente. Eu sempre tive a inspiração para o final dela, e nunca para o enredo, mas enfim.

Essa história foi a primeira que escrevi, da pra notar a grnade diferença de escrita, desde a mais merda até isso que vcs estavam lendo agora. Fiquei orgulhosa da minha evolução, por mais que não tenha sido tudo isso.

Esse final era planejado por mim, que eles terminassem morando em minha cidade (sei que o Luba diz que n sairia de Tubarão) com filhos e com o casamentos dos sonhos por mim. E amei o final, e tbm espero que tenham gostado.

Desculpa desapontar vcs com o final, mas foi de coração ❤

Nos vemos em breve tlvz... Quem sabe uns epilogos sobre o casamento e depois dele né? 🙈

Ah, e desculpa qualquer erro. Sempre passa algum.

Beijos meus amores S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...