História Defend My Brother, Defend Jimin - Imagine Park Jimin - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Nammin, Vkook, Yoonseok
Visualizações 56
Palavras 1.643
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Survival, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


P E S A D Ã O

Boa leitura unnies/noonas <3

Capítulo 5 - Salve Park Jimin


Morrer ou brincar com Namjoon e seus brinquedos?
Essa frase ecoava na mente da jovem S/N, que tremia de medo e chorava bastante, em pensar no que estavam fazendo com seus amigos e seu irmão.
S/N conseguia ouvir gritos vindo do andar de cima, ela não conseguia distinguir de quem eram os gritos, mas eram agudos e gritavam por socorro.
Então, S/N parou para pensar - mais ainda - e chegou a conclusão, aqueles gritos de socorro eram do Park, Jimin estava em apuros.
Mas oque mais assustou a Jovem Park foi não ouvir mais os gritos de seu irmão, oque poderia ter acontecido? Oque Namjoon fez com ele?
*-*-*
Namjoon
Levei-o em meus braços até o banheiro da mansão, o coloquei sentado encima da tampa do vaso sanitário e me encostei na parede de frente á ele, o encarando, ele se encolheu, deixando algumas lágrimas escaparem.
Eu ficou com pena dele, mas eu não deveria sentir pena dele, nem dos outros, eles tiraram Seokjin de mim!
-Se você for um bom garoto, não irei usar meus brinquedos com você. - Menti.
-Idiota! Me tira daqui! - Ordenou Jimin.
-Aqui é minha casa, quer dizer, minha mansão e eu só saio daqui quando você estiver quase morto ou se você for um bom garoto e não nos denunciar, aí você não será morto - Disse eu.
Ele não disse nada, parecia pensar em algo, então, olhou para a pequena janela no banheiro e tentou se levantar do vaso sanitário mas caiu na minha frente.
-Mesmo se você tentasse sair não conseguiria, estamos em outra cidade e aqui é uma região abandonada, ninguém vem aqui. - Disse eu, o levantando - Vou tirar suas cordas para lhe dar um banho, depois sua roupa e por favor, não me desobedeça! - Exigi.
-Hum... - Ele confirmou balançando sua cabeça para cima e para baixo lentamente.
Tirei as cordas que estavam em suas mãos, depois as das suas pernas e coxas.
Depois abaixei sua box lentamente, dando de cara com seu membro, deveria ter - talvez- 18 cm, diferente de mim e meus 22 cm.
-Haa... - Gemeu quando eu toquei em seu membro.
-Huum! Gema para mim! - Segurei suas mãos e as levei para cima de sua cabeça, apoiando-as na parede.
-Deixe-as aí! Não as tire sem que eu peça! - Disse eu, maldoso.
Então, toquei em seu membro novamente, ouvindo seu gemido arrastado e fino.
Comecei uma masturbação lenta nele, ele tentava conter seus gemidos.
-SOCORRO! ME TIREM DAQUI! - Gritou ele, o mesmo se negava a dizer que gostava de minha mão em seu pau.
Aumentei a velocidade e levei meus lábios ao seu membro, vi lagrimas descerem de seus lábios, quando ele percebeu que já estava duro como pedra em minha boca.
Suguei a sua glande e lambi a base, logo o 'engolindo, ele mordeu seus lábios tentando conter outro gemido, mas não conseguiu e gemeu arrastado e manhoso.
-Nammie... Aah! - ele levou suas mãos aos fios dos meus cabelos e ditou os movimentos, eu iria castiga-lo por ter descomprido uma ordem mas eu apenas aumentei a velocidade quando vi a cara assustada dele, ele havia percebido oque havia acabado de fazer, ele estava caindo nas minhas mãos.
Ele rapidamente tirou suas mãos de meu cabelo e tentou me afastar, mas eu permaneci em meu lugar e aumentei a velocidade de meus lábios e minha língua em seu pau.
-SOCORRO! SOCORRO! - Gritou ele.
-Você grita demais, Jimin! - Disse eu e levei minha destra a sua boca, tampando a mesma e continuei meus movimentos, ele mordeu minha mão, contendo gemidos, gemi baixo de dor.
-Filho da... - Continuei os movimentos.
Ele gozou na minha boca e eu engoli seu liquido viscoso e doce, dei uma risca longa e alta.
-Ele gozou! - Debochei tirando minha mão de sua boca.
-Idiota! - Seu rosto estava em um tom rubro.
-Venha, vou lhe dar banho e lhe castigar porque você descompriu a ordem de não mexer suas mãos! - Disse eu e o peguei no colo, seu membro ainda desperto batia contra meu abdômen, levei-o até a grande banheira, daria umas cinco pessoas nela, então, ela é grande.
O coloquei ali dentro e coloquei algumas coisas para espumar, a água estava morna, era muito luxuria para Jimin, mas mesmo assim, ele merece, antes de ser fodido até não andar mais e ser gravado... Haha.
Retirei minha blusa branca e minha calça de couro, ficando apenas de cueca box preta, percebi os olhares de Jimin sobre mim e vi seu rosto ficar corado.
-Então, eu te fodo aqui ou no meu quarto especial? - Fingi pensar um pouco, com minha destra em meu queixo - Ah, já sei, os dois! - Soltei uma risada maléfica fazendo ele se encolher na banheira.
Entrei na banheira e retirei minha cueca, amostrando-o meus 22 cm completamente ereto.
-Venha aqui! - Ordenei com uma voz maldosa.
Ele permaneceu em seu lugar e desviou o olhar do meu pênis para as espumas que já se formavam na banheira.
-Está surdo mesmo?! - Perguntei mais do que afirmei, o puxando para perto de mim.
Esfreguei meu membro no meio de suas nádegas gostosas e avatanjadas, apertando as mesmas, ele gemeu junto a mim, ele escondeu seu rosto em meu pescoço.
-Não faça isso Namjoon... Não é assim que você vai conquistar Seokjin... Ele vai nos procurar... Vai descobrir sobre você... Não faça isso! - Ele me lembrou o motivo de tudo aquilo e eu dei um tapa em sua nádega direita, não deve ter doído tanto por conta da água que quase cobria a sua nádega direita.
-Eu vou lhe foder, babe. Não me importo! Vou lhe foder como eu queria foder Seokjin, porque hoje eu estou sendo bonzinho! - Disse eu, e forçei meu membro contra sua entrada apertada.
-Aaah! Pare! - Gritou quando sentiu a cabecinha do meu pau dentro dele.
-Doí? - Perguntei sarcástico, ele apertou sua entrada contra meu membro de largura média.
-Doí, Nammie! - Gemeu Jimin no meu ouvido, fazendo meus pelos se arrepiarem.
-É para doer, babe! - Apertei sua cintura, o forçando para baixo, adentrando o meio do meu membro nele.
-Aaah, NAMJOON! - Gritou arcando as costas, se eu não o segurasse ele cairia para trás. Mas tem um problema - para ele - : quando ele arcou as costas, ele deslizou pelo resto do meu pau e gemeu alto.
-Dói! Isso dói muito, Namjoon! - Gemeu arrastado, apertando seus braços em volta do meu pescoço.
Esperei ele se acostumar, como eu já disse, eu estou bonzinho hoje, mas eu juro, que se ele falar o nome de Jin denovo, eu deixarei de ser bonzinho.
Ele rebolou contra meu membro e eu comecei meus movimentos o estocando devagar, lentamente, ouvindo seus choramingados e vendo suas lágrimas escaparem de seus olhos.
-Você... Não deveria... Ter feito isso! AH! - Atingi seu ponto doce. - Seokjin... Não vai lhe... perdoar! - Estoquei ele com brutalidade, apertado sua cintura e deixando marcas muito vermelhas ali.
-Seokjin... Eu não preciso... Do perdão de Seokjin depois de te foder! - Disse Eu.
Depois de um tempo quando eu já estava chegando em meu ápice, eu agarrei os cabelos de Jimin e forcei ele a fazer um boquete em mim, eu ditava os movimentos com certa brutalidade e quando já ia gozar, me encaixei novamente dentro dele e gozei ali.
Depois ele gozou, lhe dei um banho, eu conseguia ver um liquido avermelhado na banheira, eu havia machucado ele. Parece que alguém não vai andar amanhã... HAHA!
O vesti com uma blusa preta e uma cueca box da mesma cor, me vesti com minhas roupas normais, uma calça jeans, blusa larga e branca e uma box da Calvin Klein.
O levei para comer algo na cozinha, ele estava com medo de mim, estava com os pés amarrados e as mãos também, então eu que dava a comida para ele.
Eu conseguia ouvir os gritos e gemidos de Yoongi e Jungkook, coitados, estão no mesmo quarto junto a Taehyung e Hoseok, que vergoinha - olha o sarcasmo.
Depois de um tempo, levei Jimin de volta para o sótão/porão, o amarrando lá, levei uma maça para irmã dele e um pouco de água e fui embora, alias eu tenho que trabalhar!

*-*-*-*
Quando eu voltei para casa, Hoseok e Taehyung estavam sentados na mesa, sérios, me encararam e me chamaram com seus dedos indicadores.
Me sentei perto deles.
-Daqui a uma semana eu vou fugir com Yoongi. - Disse Hoseok.
-QUE? - Praticamente gritei.
-Eu vou embora com o meu amor! Ele quer ir embora então eu o propus uma acordo, ou ele vai comigo, ou ele morre e é claro que ele escolheu viver, 'né?! - Hoseok disse rindo.
-Eu também vou embora, com Jeongguk, nós quatro vamos para Guangju. - DIsse Taehyung feliz.
-Oque eu faço com S/N e Jimin? - Perguntei.
-Mate S/N e faça Jimin seu! - Disse Hoseok.
-Mas eu amo KIM SEOKJIN! -Disse eu.
-Então, mate os dois - Disse Taehyung maldoso, até parece que eu vou matar Park Delicia Jimin, eu quero foder ele mais vezes, porra.
-Você quer que eu contrate alguém para matar ela? De boa, eu contrato. - Disse Hoseok.
-Hoseok... Idiota! Por que você inventou essa porcaria de sequestro? - Perguntei furioso.
-PORQUE EU AMO MIN YOONGI! - Gritou Hoseok.
-ELE E JEONGGUK PODE ESTAR MENTINDO, SABIA? PODEM NOS DENUNCIAR! - Gritei.
-EU NÃO LIGO, SÓ QUERO FICAR COM YOONGI, TALVEZ EU SAIA DA COREIA DO SUL, TALVEZ EU VÁ PARA ITÁLIA, SE VOCÊ MATAR S/n, É CLARO! NÃO VÃO NOS ACHAR! TÁ ENTENDENDO? - Perguntou Hoseok, Taehyung apenas assistia.
-Hoseok, eu vou resolver isso, eu mato S/N e jogo Jimin em um lugar qualquer, em qualquer lugar abandonado de Seoul, certo?! - Perguntei.
-...






Continua...




Notas Finais


Desculpem-me por não postar antes, tive bloqueio de criatividade.
Me digam oque acharam <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...