1. Spirit Fanfics >
  2. Were You? >
  3. Flashback - Yang HongSeok

História Were You? - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Flashback - Yang HongSeok


Fanfic / Fanfiction Were You? - Capítulo 9 - Flashback - Yang HongSeok

INOCÊNCIA (s.f.)
1. Qualidade de quem é incapaz de praticar o mal; estado daquele que não é culpado de uma determinada falta ou crime.

    Ko ChaeWon POV's

    A infância, é a época onde as crianças são humanas, onde elas são puras e inocentes. Onde todos são iguais diante dos seus olhos. Essa era minha infância... Yang Hongseok meu melhor amigo, um garotinho de coração puro que faria de tudo pra cessar a falta que eu sentia de ter uma família. Hongseok era filho do motorista e da governanta de casa - eles trabalhavam há mais de uma década em minha casa, muito antes de eu nascer. E com isso ele foi o único amigo e confidente que tive a infância toda, se alguém perguntasse quem era meu melhor amigo, eu diria sem vergonha e em bom tom pra todos ouvirem. YANG HONGSEOK.

   Mas com a infância se foi a inocência, e na adolescência veio a maldade, quando eu ouvi pela primeira vez na escola que eu não devia andar com filhos de empregados, que ele seria apenas mais um de meus empregados no futuro. E com aquele pensamento, eu coloquei Hongseok em seu devido lugar. Quem um dia eu chamei de oppa, hoje me chamava de senhorita Ko.

   E ali foi a última esperança do que eu podia chamar de amizade verdadeira.

   Era aniversário de dezessete anos de Kang Hyunggu, mais um colega de sala e filho de um grande empresário, sua festa seria de dar inveja em todos os meninos de sua idade. Estávamos na sala planejando entre os melhores amigos de Hyunggu, mas parece que ele não se incomodava de convidar um empregado, meu empregado.

- Hyunggu você vai convidar o Hongseok? Não seria humilhante ter um filho de empregado no seu aniversário? - Do HaNa solta sem se preocupar se alguém ouviria.

- Gente qual o problema? Ele é um cara legal. - Hyunggu fala sem dar importância pro comentário malicioso de HaNa, e continua olhando no celular - Ele era melhor amigo da ChaeWon. - Eu ia matar aquele bastardo, o que ele andava falando sobre nosso passado. Do HaNa ria sem disfarçar, o que me incomodava, o que eles achariam de mim? Amiga de um mero empregado.

- Eu suportava ele, era diferente, eu não tinha amigos, não podia crescer uma retardada anti social, não é mesmo? - eu falo com desprezo, não deixaria essa história quieta, Yang Hongseok me pagaria.

   No mesmo momento que HaNa pensa em fazer outro comentário Hongseok entra na sala e vem em nossa direção, ele parecia feliz, em suas mãos tinha uma caixinha, parecia bombons. Hongseok era um garoto bonito, seus cabelos castanhos caiam na testa dando um ar inocente, mas seus lábios carnudos fariam você desejar outro tipo de pensamentos com ele. Ele faria qualquer coisa para te animar e era extremamente esforçado, daria seu melhor em tudo por mais difícil que fosse. Um garoto cheio de sonhos, que jamais deixaria de tentar realizá-los.

- Que bom que está aqui Hongseok, esclareça essa história absurda que éramos melhores amigos. - Me levanto abruptamente, não seria humilhada por Do HaNa, nunca.

- Hyung minha mãe fez pra você, ela queria agradecer pelo convite. - Hongseok me ignora e entrega a caixinha para Hyunggu.

   Jamais um empregado me ignoraria. Seguro no braço de Hongseok, com força, ele me olha assustado.

- Você devia saber o seu lugar, e pode ter certeza que não é aqui. - Falo alto para que esse otário entenda o que quero dizer. - Você só estuda aqui porque meu pai que paga suas aulas, mas isso não quer dizer que você pertence ao mesmo ciclo de amizades que eu. Seja menos ambicioso e vá sentar com os bolsistas.

- ChaeWon, ele me convidou pra festa dele. - Hongseok tenta contar a história, mas eu estava cheia dele, quando eu falo, quero ser obedecida.

- Não quero saber, você não vai! - grito atraindo olhares da sala.

- ChaeWon, calma, ele é meu amigo. - Hyunggu intervém. HaNa ri.

- Mas é meu empregado, não passa disso. - Pego a caixinha de Hyunggu e jogo no chão pisando em cima com toda força possível.

   É possível ver lágrimas nos olhos de Hongseok. Humilhação o nome.

- Acha mesmo que ele queria comer essa droga que sua mãe fez? Ele pode comprar qualquer chocolate que quiser.

- Não precisava fazer... - antes que ele tente terminar o interrompo, era surdo só podia.

- Se você quer manter a droga do emprego dos seus pais e um teto é melhor calar a boca e sumir daqui, se sua mãe não te ensinou onde é seu lugar eu vou ensinar. Hyunggu tenta me segurar, mas o empurro. - Você sabe que eu não estou brincando, Hongseok. Uma ligação e eu estrago sua vida.

   Com lágrimas escorrendo como uma cachoeira e olhos vermelhos, Hongseok pega a caixa amassada do chão, como se aquilo tivesse um valor grande pra ele e sai da sala correndo. Aquilo colocaria aquele lixo em seu lugar.

- Você é péssima, ChaeWon! - Hyunggu solta antes de sair correndo atrás do amigo.

- Maravilhosa! - Do HaNa elogia.

- Alguém precisava colocar esse garoto no seu devido lugar. - Choi MinKi me vangloria.

- Foi incrível, não esperava menos de Ko ChaeWon. - Outro amigo da roda me elogia.

   Naquele dia eu aprendi que se você quer estar com os populares, você tem que agir como eles. Naquele lugar não tem piedade, muito menos inocência. É cobra engolindo cobra, e eu iria engolir todos...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...