História Werewolves vs Vampires - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Dimitry, Iris, Lysandre, Nathaniel
Tags Amor Doce, Castiel, Castxnath, Drama, Lemon, Lobisomens, Nathaniel, Nathxcast, Revelaçoes, Romance, Vampiros, Yaoi
Visualizações 52
Palavras 1.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~ 23;59 viu !! Ainda é segunda feira hehe , TwT discupa. Minhas aulas voltaram hj passei o dia ocupada.
Obrigado de coração pra quem ainda ta cmg aq, e sejam bem vindos se vc chegou agr kkkk , qualquer duvida só chamar, leiam notas finais

Capítulo 20 - Mal Assombrada


Fanfic / Fanfiction Werewolves vs Vampires - Capítulo 20 - Mal Assombrada

            ~ Nathaniel pov On


Ainda um pouco receoso segui até onde aquele garoto de cabelos escuros disse ter visto a figura tão medonha, puts nem sei porque eu estou seguindo alguém assim, não há indícios de que ele saiba algo de Castiel são apenas minhas paranoias, o pior que eu posso me meter em confusão (de novo pra variar).

Cheguei em frente aquele casarão, ele era bem grande porém parecia abandonado a anos, também tinha muitos corvos gritando das árvores ao seu redor.

Pulei o pequeno portão de madeira e me aproximei da porta, dei uma leve empurrada e entrei.

Em passos lentos fui andando, mesmo com o chão de madeira rangindo igual os badalos do sino no relógio da igreja.

Ouvi uma voz vindo de um dos comodos, olhando através da fechadura de uma das porta vi alguém abrir uma pequena portinha do chão. Corri e me escondi atrás de uma cortina na esperança da minha presença não ser notada, mesmo querendo gritar feito louco por ver um rato correr entre meus pés, e também lutava para não espirrar com o pó.


Leigh: você parece mais calmo hoje Ruivo hahaha assim não tem graça.


Foi o que eu ouvi enquanto estava ali escondido e logo em seguida ouvi a portinha do "porão" ser fechada e a segunda que dava ao corredor ser aberta.

Abri de leve a cortina e vi o sujeito das descrições, sim ele realmente tinha um braço enorme de metal, passou gargalhando ao fechar a porta, saiu sozinho ou seja estava falando com alguém no andar de baixo! alguém de cabelos vermelhos! será ele um sequestrador ? será que era de fato Castiel ?.

É só tem jeito de descobrir..

Entrei no alçapão e desci as escadas, minha nossa! que lugar horrendo cheio de agulhas e potes, livros velhos e sujeira. Apesar de pouca luz era possível reparar bem esses detalhes.


Nath: alguém pode me ouvir ? - eu disse firme pra disfarçar minha pouca coragem -


Ouvi alguns resmungos, é eu não estava sozinho.

Procurei e depois de certo custo achei um interruptor na parede e acendi as luzes, ali atrás de mim sentado em uma cadeira estava..


Nath: C-Castiel ?!


Meu sangue gelou na hora era o próprio amarrado a essa cadeira, estava somente de calça sem seu manto, seus braços estavam machucados assim como o resto de seu corpo. Ele mantinha a cabeça baixa e sua boca era tampada por um lenço preso atrás da mesma.

Desatei o nó para que pudesse dizer algo.


Nath: v-você está bem ? (O que mais eu poderia dizer?!)


Cast: de novo não.. por favor pare e vá embora..


Nath: como ? Castiel sou eu lembra ?! - ergui seu rosto pra que ele me encarasse -


Cast: esses sonhos ainda vão me atormentar até quando...


Nath: eu não sou um sonho eu estou aqui na sua frente! você me entende ?! - ele parecia estar sob o efeito de algum tipo de droga -


Cast: por favor me deixa, já chega desses sonhos estou cansado!


Nath: eu sou real já disse! raios o que fizeram com você.. - eu estava quase chorando -


Cast: eu queria tanto que fosse você mesmo.. sinto sua falta.. muita falta..


Eu tinha que arrumar um jeito de provar que aquilo tudo era real e sem pensar muito fiz a primeira coisa que veio a minha cabeça.

Puxei com força seu cabelo para trás e dei uma bela mordida em seu pescoço, finquei com toda vontade meus dentes ali fazendo Castiel soltar um som dolorido.

Alguns segundos depois o soltei enquanto limpava o sangue que escorria de minha boca.


Cast: Nathaniel.. - falou num sussuro -


Nath: sim! sou eu Castiel - ótimo acho que ele acordou de fato. -


Cast: isso doeu..


Nath: ah m-me desculpe, anda vou te tirar daqui..


Mais doque depressa desamarrei os nós se seus pulsos e pernas e o libertei, apoiando-se em mim e caminhando com dificuldade conseguimos sair de dentro daquela casa que parecia mal assombrada.


Nath: vamos temos que sair daqui!, coloque isso está frio - tratei de cobri-lo com minha capa.


Cast: as suas.. orelhas.. alguém pode ver sabia..


Nath: isso não é nosso maior ploblema! , eu só conheço um lugar onde estaremos seguros mas é meio longe..


Cast: Desculpe eu..eu me sinto fraco..


Nath: tudo bem eu tenho um plano.


Coloquei Castiel sentado no chão enquanto eu desemperrava aquele portão que pulei mais cedo, fiz com que ele comesse a ultima parte da comida que eu tinha junto a água. Agora minha mochila só tinha restado poucas flechas e meu arco, estava bem mais leve.


Nath: consegue levar ela em seu ombro ? - falei soltando minha cauda de dentro da roupa -


Cast: Posso tentar, mas porque Nat...Ee..ei o-o que pensa que está fazendo..?


Nath: apenas se segure e tente ficar acordado..


Eu havia pegado o ruivo de cavalinho em minhas costas, Castiel era um pouco pesado mas nada que eu não pudesse aguentar.

Caminhando em passos largos e um pouco mais ágeis segui por um atalho de volta rumo a floresta, seria uma boa caminhada mas era tudo ou nada.


Cast: eu não posso deixar você se sacrificar assim.. depois de tudo que eu...


Nath: eu não estou fazendo por você, estou fazendo por mim mesmo. Se voltar a falar te farei comer um dente de alho! - nada que uma repreensão não desse jeito -


Cast: certo..


Castiel permaneceu quieto o caminho todo, eu sentia sua respiração nos meus cabelos e as vezes o escutava tossir, pelo menos ele não desmaiou e se manteve desperto.


****

Já era quase noite quando chegamos a floresta, eu estava destruído e minhas pernas já falhavam a essa altura, pelo menos não tivemos problemas no caminho.


Nath: sinto muito..acho.. que nós dois teremos que andar agora. - falei o descendo de minhas costas. -


Cast: sem problema, eu me sinto um pouco melhor.. onde você está nos levando ?


Nath: Pra casa.. a minha casa.


Cast: Mas Nathaniel a sua casa não tinha sido..


Nath: destruída ? sim mas minha mãe e minha irmã conseguiram se salvar e estão em outro lugar agora. Foi lá que eu estive neste tempo.


Cast: e como você acha que um bando de lobisomens vão receber um vampiro ?! eu não posso ir.


Nath: da mesma forma que eu fui recebido por um bando vampiros, além disso eu moro somente com as duas, elas não vão te machucar, não vou permitir.


Cast: Tudo..bem.. eu confio em você.


Pra nossa sorte que por Castiel ser vampiro ele enchergava bem no escuro, eu apenas disse para ele procurar luz pelo todo das árvores, é um pedido meio estranho né.

Fomos nos escorando nos longos troncos dos pinheiros até que gloriosamente conseguimos chegar ao pé da casa na árvore.

Caimos sentados no chão totalmente esgotados.


Nath: AMBRE!! - gritei o mais alto que pude -


Ela surgiu pra fora como um relâmpago e olhou lá de cima procurando por meu chamado.

Ambre : NATH VOCÊ... Você..


Nath: Por favor sem perguntas ou algo assim , nos ajude a subir por favor! - eu pedi com minhaz ultimas energias - Rápido Ambre por favor eu.. prometo explicar, apenas nos leve até pra cima.


Ambre: Sim! Ja irei descer agora mesmo!


Notas Finais


Eai aproveitando bem ? Kkkkk talvez eu esteja apenas distraindo vcs kkk ♡ mas okay , Abraços Nico boa noite


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...