História We've always been distant. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Citação, Drama, Oneshoot, Poesias, Yuri
Visualizações 3
Palavras 347
Terminada Sim
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction We've always been distant. - Capítulo 1 - Capítulo Único

Parece um mundo paralelo repetitivo agora, eu vou andando pela rua, as vezes escura e as vezes clara demais mas sempre muito embaçada, até chegar em um lugar que eu mal conheço todos os dias, as flores, que as vezes eu roubava para dar aquela moça da esquina, cairam uma por uma daquela árvore, só sobrou algumas folhas secas e os galhos com aparencia meio cansada, assim como eu.

 

Ninguém diz como é dificil essa parte, cansativo, repetitivo e solitário, muito solitário, ainda mais sem você aqui, não tem mais nada que eu possa fazer e eu não sei exatamente em que momento eu não pude mais ir naquela praça com você. Eu tinha um coração de papel e ele sempre congelava rápido demais com os milk shakes que eu comprava pra nós.

 

Não foi amor, eu não sei o que foi mas foi bom, e eu ainda quero que você seja muito feliz mas não quero voltar a te ver, porque sei que não vai ser nada mais que isso... Só te ver, de longe, bem distante, mas tudo bem, nunca fomos tão perto o bastante um do outro.

 

Eu tentava entrar no seu coração mas só tinha permissão pra entrar na sua casa, então andavamos de bicicleta e eu sempre ficava pra trás por que queria poder te observar, mas com o tempo percebi que estava cada vez mais distante, então tentava pedalar mais rápido e você só ia se afastando, e eu acho que isso deixou de ser sobre a realidade e virou metáfora em algum momento. E parece que não fomos nada além disso, uma metáfora.

 

E eu tentei manter o pouco que nós tinhamos porque pensei que poderia ser mais e valer á pena. Mas você voltou pra casa e eu voltei para aquela rua solitaria onde não havia mais flores.

 

E não tem um nome pelo qual você possa me chamar agora, você se libertou do desastre que sou, agora você pode ir, mas vou manter a porta destrancada caso você queira voltar, mesmo sabendo que eu possa ser invadida.

 

¨


Notas Finais


h m


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...