História What Do Did I To Love You? - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, Stray Kids
Personagens Hwang Hyun-jin, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Seo Chang-bin
Tags Amigos, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Magia, Sonhos
Visualizações 6
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Poesias, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Música do capítulo.


BTS - Butterfly ~~~~~♡

Capítulo 3 - Novo: Um sonho


Jennie Kim

Agora eu sei que, muitos têm dons. 

Uns ou outros gostam de os ter. Gostam de mostrar e se gabarem por fazerem coisas tão simples, surpreendentes ou especiais.

No meu caso, não o mostro. As pessoas não o olham e ficam admirando, é coisa de outro mundo. Confesso como um estudante. 

"É surreal."

Tudo não era para ser assim. Sonhando com o futuro, com o passado e até mesmo o hoje. As datas não vêem em papéis. Os sonhos não mostram o dia, e nem mesmo esse.

O barulho de vidros se chocando me tiraram dos pensamentos. Levantando o olhar, vejo sorrisos e ouço risadas abafadas e escandalosas. Isso tudo era para mim? tantos amigos, pessoas no mesmo local me deixavam confortável e constrangida, mais ainda com o Diretor ao meu lado. Bebendo e sorrindo a cada piada que o ex secretário pessoal do Presidente contava.

— Diretor? — o chamei baixo, não chamando atenção das pessoas ao redor. Se virou para o meu lado, engolindo a cerveja e fazendo uma careta. — Por que o presidente não veio? 

— Bom, o Presidente não gosta desse tipo de ocasião. Ele trabalha e as vezes vira a noite trabalhando. E falando nisso, você terminou de organizar os papéis que ele botou na sua mesa? — voltou a beber depois da perguntar.

— Falta só um bloco, Diretor. — respondi sorrindo. Voltei a minha atenção para o resto de pessoas. HyunJin Sunbae acenou do outro lado da mesa e eu fiz o mesmo, assim como Taehyung e mais algumas funcionárias. O estabelecimento que estávamos estava cheio. Pessoas bebendo e comendo, conversando e rindo. Até que não era ruim.

Colunas de madeira e paredes em tons marrons bem claros. Nossa mesa ficava bem no centro do estabelecimento. Pedaços de carne assavam e haviam todos os tipos de comidas. 

— Vocês não acham que já beberam demais? — depois de algumas horas o Diretor perguntou, recebendo como resposta, suspiros. — Amanhã tem trabalho e eu não quero ninguém passando mal ou reclamado por dor de cabeça. — avisou, fazendo todos se ajeitarem, pagarem e se despedirem. — O bom de ser Diretor é que ninguém desobedece. — sorriu.

— Hoje foi divertido. — afirmei tirando um sorriso mais largo do Diretor. — Confesso que estou bem preocupada com o Presidente. Ele já se acostumou a não dormir por uma noite? — perguntei, recebendo um suspiro longo. — Acho que sim.

— Ele trabalha assim a mais de cinco anos. — confessou, me fazendo o encarar e ver a fumaça sair da sua boca e desaparecer pelo céu escuro e ar gelado. — O presidente já passou por muita coisa.

— Dá para ver, eu percebi isso só de encarar os olhos dele. — disse e sorri. — Muito obrigada por hoje. Eu realmente estou muito agradecida. — me curvei. — Vou dar duro para que o presidente não me demita antes do tempo. — tirei outra risada do homem com rosto vermelho pelo vento gelado.

— Você melhora o humor das pessoas. Isso vai ser bom para o Presidente. — deixei de sorrir. Vendo os carros passarem e as luzes do estabelecimento que estávamos se apagarem e os donos saírem. — Eu falei algo de errado?

— Ah, não! Você não disse nada de errado, só fiquei distraída mesmo. É melhor eu ir, Diretor. vá em segurança. — me curvei, saindo sem receber ou ouvir a resposta do homem.

...

— Bom dia, Presidente! — entrei na sala, deixando os blocos de papéis em cima da mesa e deixando a xícara de café perto do computador.

— Agora pode sair. — disse, bebendo o café e parando de digitar. Me curvei e me virei, andando até a porta e saindo, descendo as escadas e indo para a minha mesa, sentando na cadeira e fechando os olhos. Cansaço me definia, não foi só o Presidente que ficou a noite toda trabalhando.

Deitei de bruços, botando o casado nas costas e apoiando a cabeça nos braços e os braços na mesa, fazendo a posição ficar confortável e cochilar um pouco.

....

— Você vai ficar ao meu lado? — soou em meus ouvidos, como pétalas se desfazendo. Ele na minha frente era o meu ponto fraco. Meu pior ponto fraco de todos. — Vai me prometer? — a pergunta se esvaiu por meus ouvidos e apertou meu coração. A mão estendida na minha frente fez meu subconsciente não pensar em nada, em não escolher nada. — Se eu soltar sua mão, você vai voar para longe. — a sua mão se abaixou. — Vai desaparecer, tenho medo disso. — o seu abraço apareceu. Me agarrando e me puxando. Necessitando de mim por algum acaso, por algum motivo. Por saudade.

...

— Jennie? Acorda. O Presidente está te chamando na sala dele. Vá vá. — Taehyung me acordou quase em um desespero. Me levantei, me arrumando e ajeitando o cabelo, limpando a baba e se preparando para a primeira bronca.



Notas Finais


Desculpem qualquer erro amores.
Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...