História What if I could be happy? [ Jikook ♡] - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Chanbaek (parte Rápida ), Huhan, Jikook, Namjin, Vhope
Visualizações 176
Palavras 1.837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura amores❤
* Não revisado *

Capítulo 14 - 14.0 - Felicidade


Fanfic / Fanfiction What if I could be happy? [ Jikook ♡] - Capítulo 14 - 14.0 - Felicidade

AUTORA ON

Quando Sun Hee atirou, foi o tempo em que Sook teve um branco em sua mente, "sua alfa" tinha tomado conta do seu corpo e fez com que o tempo parasse e soltou um rosno alto , fazendo até mesmo, Jungkook estremecer e Jimin, que já estava nervoso, desmaiar, o tiro, só raspou em Jimin, Sun Hee no mesmo instante, olhou para a alfa que estava com os olhos de outra cor, estremeceu e começou a chorar no chão enquando Jungkook ia onde Jimin.

- Você sabe oque fazer com minha omma? - perguntou a alfa de Sook a ômega caída no chão. 

- E-eu sei sim, e-eu atirei nela, me desculpa, por favor.- chorava feito uma criança mas a alfa de Sook em nenhum momento mostrou fraqueza, já que era sua omma, que tinha levado um tiro, e então em um movimento rápido puxou o cabelo de Sun Hee, e a encarou.

- Minha omma está deitado ali, sabe, eu ia ter um irmãozinho, e se ele o perder, eu vou te fazer uma coisa.- chegou perto do ouvido da ômega e sussurrou - EU IREI TE QUEBRAR EM PEDACINHOS.- feito isso a ômega chorou ainda mais e levantou ainda trêmula para o carro e seguiu em direção a sua casa, iria se mudar amanhã mesmo, não iria mais procurar ninguém, nem Jimin, nem Jungkook e muito menos Sook.

Sook foi ao encontro de Jungkook e Jimin ainda com sua versão alfa.

- Appa, não se preocupe, meu irmãozinho está bem.- terminou de falar isso e desmaiou também, Jungkook pôs Jimin e Sook e no carro ainda digerindo oque havia visto ali, e foram para o hospital, Jimin estava sangrando e agora que descobriu que iria ser appa de novo, estava muito mais preocupado com Jimin, e claro, com sua filha também, pois , porque sua alfa estava daquele jeito ? Porque sua fala fez até mesmo Jungkook estremecer. Várias perguntas ficaram rondando a cabeça de Jungkook. 

(...)

Jungkook estava a 1 hora e nada de alguém ir dar alguma notícia boa ou ruim, só queria ver Jimin ou Sook até que um homem maior que si, parou em sua frente.

- Boa noite, o senhor é responsável por Park Jimin e Park Sook?- perguntou olhando pra os papéis. 

- Sim sou eu, Park Jimin é meu ômega e Park Sook minha filha.- fala rápido por causa do nervosismo. 

- Seu ômega e seu filho está bem- meu ômega está grávido? An?- fizemos um curativo na ferida e ele passa bem, sua filha também está bem, mas venha a minha sala.- fala e Jungkook o segue para uma sala na qual é cheia de livros e tinha uma mesa grande com duas cadeira em frente a mesma com vários papéis entre outras. O médico se sentou e convidou Jungkook a se sentar em frente ao mesmo e assim o fez.

- Olha, vim explicar o caso de sua filha, ela está bem, mas ela é uma alfa original, são raro os casos dela, mas ainda sim existem e como exemplo sua filha é uma, ela está acima de um alfa comum e até mesmo lúpus, eu realmente nunca vi um em tantos anos trabalho mas ainda sim, alfas nesse estado, pode ter casos com betas e engravidar ou engravida-los , e como você sabe, betas não podem gerar filhotes mas se um beta ter relações com um alfa original, pode ter filhotes. Então ela já foi tomada pela sua alfa original? - pergunta e Jungkook lembra sobre uma hora atrás e a dois anos atrás quando defendeu seu appa.

Após contar tudo pra o médico, que entendeu tudo direitinho, foi explicar o motivo de ter feito aquilo.

- A pequena simplesmente estava defendendo seu appa e sua omma, então, sua alfa ama bastante vocês. - fala o médico para si mesmo mas em uma voz boa o lúpus ouvir.- A alfa dentro dela estava protegendo, além de seu ômega, estava protegendo seu irmãozinho, espero que vocês sejam felizes.- fala o médico a minha frente.- Seu ômega e sua filha estão no quarto 0192 , coloquei ambas em um quarto duplo, pois achei melhor.- fala abrindo um sorriso. - Eles já devem está acordando.- falou se levantando.- Ah, e meu nome é Huang.- estende as mãos e Jungkook aperta a mesma.

- Irei onde meu ômega, minha filha e meu filhote que está crescendo.- falei e logo saio do quarto seguindo para o quarto onde às 3 pessoas mais importantes da minha vida estão. 

(...)

Chegando no quarto, Jungkook viu duas macas uma perto da outra, sendo separadas somente por um sofá, chegou perto da sua alfinha, que começou a fazer carinho em seu cabelo.

- Você é tão fofa, filha.- beijou sua testa e foi ver seu ômega. 

Jimin estava gerando uma vidinha dentro de si, e agora, Jungkook estará presente, e junto de seus amigos e "priminhos" , não será igual a outra gravidez que teve, sem o apoio de seu alfa e não estando perto de sua filha. Claro, Jimin não sabia que estava grávido, estava somente com 1 mês, Jungkook já havia suspeitado mas nada sério, como Jimin dizia, é somente uma "virose" e por assim ficava, sua cabeça ficava lembrando de tudo de aconteceu nesses 2 anos e poucos meses, foi uma coisa tão rápida, em poucos dias, Jimin já estava nos braços de Jungkook, e os dois voltaram a se amar. Opa. Errado. Eles não voltaram a se amar e sim se encontraram, pois nunca um deixou de amar o outro.- Jungkook sorri bobo pensando em todos esses anos.- . Jungkook se aproxima de Jimin e faz o mesmo que fez com Sook, e fica durante um tempo esperando até o mesmo acordar- coisa que não demorou muito.-

- An.... Jungkook?- perguntou ainda coçando os olhinhos (foofoo) - N-noossa filha, cadê ela?Hein Jungkook?- perguntou aflito pois lembrou do que tinha ocorrido em poucas horas.

- Ela está aqui e silêncio porque estamos no hospital, Chimchim.- deu espaço para o mesmo a ver na maca ao lado.- Ela está dormindo, veja.- falou, se pôs sobre o mesmo e o abraçou com toda sua força. 

- Jungkook? Oque houve?- perguntou sem entender o abraço. 

- N-nós teremos um filhote, Jimin, um filhote, eu finalmente poderei acompanhar a gravidez do meu ômega, estou tão feliz, me desculpa por tudo que fiz no passado, agora mais do que antes, tenho certeza que te amarei, amarei nossa filha e nosso futuro filho, que virá ao mundo em alguns meses.- falou e seus olhos encheram de lágrimas e se levantou e viu o rosto de seu ômega no mesmo estado tentendo absorver tudo aquilo, ele estava grávido?Ele não estava com uma virose? Ele teria um filhote?

- J-Jungkook, n-não irá me abandonar não é?- perguntou baixinho, mas por Jungkook ser um alfa, ele ouviu.

- Claro que não, eu sempre te amei Jimin, você sabe disso.- falou levantando o rosto do mesmo.- Eu te amo, nunca pense que irei lhe deixar, ok? Eu te amo muito pra fazer isso.- sorriu ladino com as lágrimas já caindo por suas bochechas e Jimin o abraçou e sentiu uma dor incômoda em seu ombro.- Não faça muito esforço, seu ombro está ferido, cuidado porque pode abrir a ferida, pode dormir, estarei aqui quando acordar. - falou e Jimin assim o fez, quando Jungkook viu que ambos estavam dormindo, se pôs a dormir no sofá e se embrulhar com uma manta -um pouco maior que si- que a enfermeira lhe entregou.

(...) 

Pela manhã.

Jungkook tratou de ligar para seus amigos logo de manhã e contou a notícia que estaria sendo pai pela segunda vez, e claro, contou oque havia ocorrido naquela madrugada, seus amigos ficaram felizes e zangados ao mesmo tempo por não contarem a eles sobre oque havia ocorrido, mas eles tinham entendido que Jimin e Jungkook não poderiam contar e também não estavam tendo tempo para lhes contaram. E foi assim, seus amigos foram para o hospital, com seus filhos, claro, no colo, Taehyung cantarolava vários nomes que poderia dar para o filho de Jimin, no qual tinha somente algumas semanas - sendo que irá ser um menino, como a alfa de Sook disse - ,Jin ia conversando com Namjoon o quanto Sun Hee irá sofrer e também se perguntando onde ela poderia está e Yoongi junto de sua namorada que por sinal era uma fofa , além de ser muito engraçada, fazendo todos gostarem dela, é... todos merecem um final feliz.

No quarto de onde Jimin e Sook estavam , se ouviu vários e vários risos, de felicidade, Sook estava com Luhan no colo e Sehun estava perto da mesma quase que rosnando, por estar fazendo carinho em "Seu Ômega" e claro, uma hora ou outra Hoseok e Namjoon olharam para os pequenos e se encaravam com o olhar de " Meu filho não se casará com seu" ,mas quem são eles para separar oque está planejado desde cedo? O amor deles são verdadeiros, porque nasceram pra ficar juntos, e ficariam, se dependesse de suas omma's. Tirando a parte do ciúmes dos filhotes, estavam todos rindo ali, mas faltava uma pessoa... Jungkook, que saiu quando os amigos haviam chegado, e isso está com quase 2 horas.

Quando Jungkook chegou no quarto, foi com um buquê de flores,e uma caixinha de veludo vermelho. Jimin travou naquele momento, ficou olhando para Jungkook que se ajoelhou em frente a maca fazendo Jimin se ajeitar na mesma e ficar de frente para o mesmo.

- Jimin, eu sei que passamos 6 anos longe, passamos por várias coisas juntos, nem por um segundo eu fiquei sem pensar em você, não sabia que você estava grávido na época, eu queria estar lá, quando penso nisso, penso seriamente em matar a Sun Hee.- Suspirou e todos riram de sua cara ao falar aquilo.- Te amo, sempre te amei, amo nossa filha e nosso filhote que está por vir, vou continuar a lhe provar meu amor, para sempre, se possível, então vamos a pergunta: Park Jimin, você aceita se casar comigo?- perguntou e os olhos de Jimin se encheram de lágrimas, ele finalmente se casaria com o amor da sua vida - eles eram namorados antes e agora são noivos, ok!- 

- Sim, claro, eu te amo Jeon Jungkook, amarei a cada segundo que me restar.- falou e Jungkook pôs a aliança e Jimin pôs a outra beijando as mesmas para trazer sorte e assim finalmente se beijando fazendo todos que estavam ali soltarem gritinhos de emoção e felicidade, e as crianças oque fizeram vendo a cena? Haha, fizeram o mesmo fazendo todos gritaram um "own" e Hoseok e Namjon discutirem mas logo rirem pois perceberam que era melhor "deixar rolar". Luhan e Sehun no momento que viram aquele beijo se enfrentaram e Sehun e aproximou de Luhan fazendo Sook chamar a atenção de todos para oque iria acontecer, e sim, Sehun beijou Luhan, era um selinho pois eram praticamente bebês, mas era como se os lobos de ambos quisesse fazer aquilo a tempos e , realmente, era muita felicidade pra um dia só. 


Notas Finais


Aaaah, eu atualizei😍😍❤👏 Próximo capítulo é o Epílogo 😭💔 Esperem ansiosos❤👏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...