1. Spirit Fanfics >
  2. ...what if i stay? >
  3. De volta ao lar

História ...what if i stay? - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oie...Mais uma obra da minha cabeça, porque eu sou a iludida.
Espero que curtam muito.
😘😘😘

Capítulo 1 - De volta ao lar


Eu dirigia devagar  pelo meu bairro Natal, o qual eu não via à 2 anos. Apesar da saudade de casa eu queria apreciar a paisagem e ver o quanto tudo havia mudado em tão pouco tempo.

Virei na rua de casa avistando como tudo parecia diferente aos meus olhos, ou talvez eu é  que estivesse acostumado com o agito e esquecido de como ali era calmo.

Estacionei em frente à casa de meus pais , eu não avisei que estaria de volta hoje então temi que não estivessem em casa.

Toco a campainha e uma senhora bem idosa vem me atender.

- Pois não?

-Erh, me perdoe. Mas eu procuro a senhora Min.

-Ah, sim deve ser o filho do casal que me alugou a casa. Falaram muito de você.  Que estava no exército servindo nosso país e voltaria dentro de 3 ou 4 anos. Muito simpáticos eles, foram muito gentis me alugando esta casa, sabe? Eu vim pra este bairro sem conhecer ninguém e logo fiz amizade com eles, você parece um tanto pálido, está com fome meu filho? entre,  Vou lhe preparar um lanche a vida no exército deve ser dureza não é...

-Senhora...? Desculpe interrompe-la. Mas eu preciso encontrar meus pais. A senhora sabe pra onde foram?

- Ah, sim claro. Sua mãe me deixou um endereço, sabe sou muito sozinha fiquei de visita-la um dia. Mas o bairro é muito chique, se eu aparecer lá com esses trajes pensarão que sou uma pedinte.

-Senhora...? O endereço por favor. Estou com um pouco de pressa.

-claro meu filho me desculpe falar muito, é que quase não tenho ninguém pra conversar.

Ela entra e volta com um papel em mãos e uma lata de biscoitos de canela.

-Tome leve isto. O bairro é um pouco distante, poderá sentir fome no caminho.

Eu agradeço e volto ao carro dirigindo agora para o novo endereço dos meus pais.

O que havia acontecido na minha ausência? Meus pais ficaram milionários? Pois nossa condição nunca permitiria que pagassemos por uma casa naquele bairro.

Eu só conhecia uma família que morava lá, uma antiga amiga minha, na verdade uma namoradinha do ensino médio  com a qual nunca mais tive contato. 

Depois que segui em missão fiquei sem contato familiar por 2 longos anos estava ansioso pra rever meus pais e amigos.

Paro em frente ao endereço que me foi dado pela senhora simpática. Era uma casa muito luxuosa muito além do orçamento dos meus pais como encanador e costureira. Será que haviam ganhado na loteria?

Eu toco a campainha e uma jovem de avental vem abrir a porta.

Ela me olha com um olhar curioso.

-Você...desculpe. O senhor é o filho do senhor e da senhora Min?

- Sim sou eu, mas pode dispensar o senhor, eu tenho apenas 24 anos. Me chame de Yoongi. Onde estão meus pais pode avisa-los que estou aqui?

Ela assente e segue adentrando a casa, eu a sigo cauteloso. Talvez eu estivesse na casa dos Mins errados.

Me surpreendo ao ver minha mãe vindo em minha direção feliz da vida.

- Meu filho...que surpresa boa. Porque não avisou que vinha? E como nos encontrou?

- Eu passei no antigo endereço. Toma isto é pra você. 

Lhe entrego a lata de biscoitos.

- Ah, a senhora kang sempre tão atenciosa.

- Mãe? O onde está o papai?

- Seu pai está na empresa. Só chega à tarde. É um homem de negócios agora.

- Empresa? Mãe  o que está havendo? E esta casa? Como pagaram por ela?

- Meu filho depois conversamos. Vá tomar um banho comer algo e descansar. Irei fazer um jantar hoje pra comemorar seu regresso.

- Mãe não precisa de nada especial.

- Claro que precisa. Chamarei a família Lee. Eles nos ajudaram muito desde que você se foi, essa casa foram eles que nos deram, ficarão felizes em ver que voltou bem.

- Mãe...Eles são nossos vizinhos não é? Reconheci a casa deles quando cheguei.

- Sim filho. Lívia vai ficar muito feliz com a sua volta. Poderão finalmente engrenar esse casamento.

- Mãe...sobre isso nós temos que conversar.

- Sim, conversaremos no jantar. Agora vai sobe. Suas coisas estão todas lá em cima, arrumamos seu quarto do jeitinho que era o outro.

Eu concordo meio contrariado mas subo. Tomo um banho e me deito para descansar.

Eu sei que eu e Liv como eu costumava a chamar,  prometemos coisas na minha partida. Mas todo esse tempo longe muita coisa aconteceu lá,  como acredito que muita coisa deve ter acontecido aqui também.

Essa história toda de casamento não passava de um desejo de nossas famílias, nós mesmo só queríamos nos divertir e não levávamos muito a sério.  

Nos conhecemos ainda crianças,  meu pai era encanador e fazia os serviços na casa do senhor Lee,  eu vinha junto porque minha mãe saia pra costurar fora. Foi aí que conheci Liv brincávamos juntos, e seus pais se apegaram tanto a mim que pagaram meus estudos me colocando na mesma escola da filha deles. 

Cuidaram pra que eu tivesse boa educação, boas roupas e frequentasse bons lugares, sempre alimentando em meus pais a ideia de que eu e Liv nos casariamos.

Meus pais claro  compraram a ideia de cara, a família Lee era podre de rica eu ficaria a frente do grupo Lee se me casasse com a filha deles.

Nossa adolescência foi meio turbulenta  Liv brigou com os pais e eu passei a ser o seu porto seguro. Ela fugia de casa mas os pais estavam tranquilos pois sabiam que ela estava comigo. Éramos muito amigos mesmo, Liv gostava de mim e eu gostava dela. Mas daí a nos casarmos sempre achamos demais.

Na minha partida ela chorou muito e me disse que me esperaria, eu prometi voltar pra ela mas eu sei que ela encontraria um cara tão legal quanto eu, assim como eu encontrei uma garota tão legal quanto ela.

Eu precisava da ajuda dela pra tirar essa idéia da cabeça dos nossos pais.  Eu tinha que ve-la antes do jantar.




Notas Finais


Gente espero que vocês curtam o desenrolar da história bjus.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...